×

Busca

(9) registro(s) encontrado(s) para a busca: Café das 6
Feira de Santana / 16 de setembro de 2019 - 10H 13m

Café das 6 concorre ao prêmio de melhor programa de rádio

Café das 6 concorre ao prêmio de melhor programa de rádio
Rafael Velame, Adilson Muritiba e Robson Brito apresentadores do Café das 6. 

O jornal Noite Dia divulgou no fim de semana os indicados ao prêmio “Troféu Imprensa 2019“. A votação de diversas categorias da premiação é popular, e o público pode participar por meio do site trofeunoitedia.com.br até o dia 5 de outubro. O resultado final com os vencedores de cada categoria será divulgado em um evento no Clube de Campo Cajueiro no dia 9 de novembro. Há categorias de relacionadas a comunicação, como melhor rádio, melhor programa de rádio e melhor âncora. Entre os indicados na categoria melhor programa estão o Café das 6 (Rádio Globo), Transnotícias (Transamérica) e o Acorda Cidade (Sociedade News). As categorias relacionadas ao rádio contemplam ainda melhor emissora onde concorrem as rádios Globo, Princesa e Transamérica. Os radialistas Elsimar Pondé, Dilton Coutinho e Andresson Lima disputam o prêmio de melhor âncora. Na lista de categorias da premiação também aparece o prêmio de melhor agência de publicidade e a disputa está entre a Criatório, Ativa e Mercado. O Troféu Imprensa existe desde 1984 e foi criado o empresário e proprietário do extinto jornal Feira Hoje, Modezil Cerqueira. Em 1998, o jornalista José Carlos Pedreira, proprietário do Jornal Noite Dia, deu prosseguimento ao projeto.

04 de setembro de 2019 - 20H 25m

Café das 6

Feira de Santana / 03 de outubro de 2019 - 15H 57m

Café 500

O programa Café das 6 na rádio Globo de Feira de Santana comemora 500 edições nesta sexta-feira, 4 de outubro. O programa vai ao ar de segunda a sexta das 6h às 8h e é apresentado pelos jornalistas Rafael Velame e Adilson Muritiba, além do experiente radialista Robson Brito. Com o slogan “Informação e descontração”, o programa oferece uma visão leve e bem humorada das notícias locais e nacionais. Entrevistas sobre os mais diversos assuntos também são destaques. A rádio Globo estreou em Feira de Santana em agosto de 2017 e, desde então, tem se consolidado como uma das mais ouvidas da região, sendo indicada ao prêmio de melhor rádio no Troféu Imprensa 2019, assim com o Café das 6, na categoria de melhor programa. (Emanuela Sampaio/Tribuna Feirense)

Café das 6 / 19 de setembro de 2019 - 13H 31m

Entrevista: Luiza Moura

A escritora feirense Luiza Moura esteve no Café das 6 e falou sobre literatura, os contos que escreve e dos concursos que já foi premiada.

Café das 6 / 17 de setembro de 2019 - 10H 13m

Entrevista: professor Gersinho

O professor Gersinho bateu um papo descontraído no Café das 6 sobre a prova que tira o sono de pais e estudantes brasileiros.

 

PODCAST / 05 de setembro de 2019 - 15H 03m

Jornalista lança Podcast para abordar política feirense

Abordar a política baiana, especialmente a de Feira de Santana, de uma maneira leve, descontraída, mas não menos analítica. Esta é a ideia principal do Podcast “Para Quem Merece” criado pelo jornalista baiano Rafael Velame. O primeiro episódio da ferramenta foi lançado esta semana e será atualizado todas as quintas-feiras na plataforma de streaming Spotify. “Falar sobre política e da importância que ela exerce no cotidiano sempre foi uma das motivações do meu trabalho. Tornar esse assunto acessível abordando-o com uma linguagem bem humorada, amplia o debate tão necessário no atual cenário político. O Podcast permite fazer uma análise mais aprofundada e o usuário pode escutar quando e onde quiser, no computador, no celular ou no tablet”, explica Rafael.

A Câmara Municipal é o tema do primeiro episódio que passeia pela trajetória da Casa da Cidadania desde a sua instalação. Fatos recentes, a exemplo da aprovação da concessão do título de Cidadão Feirense ao presidente Jair Bolsonaro, são abordados de uma maneira diferente no dispositivo. “Analisar de uma perspectiva distinta e menos óbvia o cenário político local serão a tônica do conteúdo”, avisa o jornalista que é âncora do programa Café das 6, exibido na Rádio Globo e autor do Blog do Velame.

As novidades também alcançam o blog, criado em 2008. Especializado em política, o veículo ganha novo layout, mais clean e adaptável a leitura em qualquer dispositivo. “Fizemos uma reformulação que deixasse a leitura ainda mais simples, principalmente porque a maioria dos leitores acessam através de celular”, finaliza.

Quem desejar baixar o podcast, basta baixar o Spotify ou na seção Podcast do blogdovelame.com

Clique AQUI para ouvir o primeiro episódio. 

Cultura / 04 de outubro de 2019 - 05H 04m

Laurentino Gomes lança trilogia sobre a escravidão

O jornalista e escritor paranaense Laurentino Gomes lança no próximo dia 21 de outubro, em Salvador, na livraria Saraiva do Salvador Shopping, o primeiro volume de uma trilogia dedicada à história da escravidão no Brasil. Lançada pela Globo Livros, a obra cobre um período de 250 anos, entre o primeiro leilão de cativos africanos registrado em Portugal, no dia 8 de agosto de 1444, até a morte de Zumbi dos Palmares, em 20 de novembro de 1695. Os dois volumes seguintes, com publicação em 2020 e 2021, serão dedicados ao auge do tráfico negreiro, no século XVIII, em que mais de dois milhões de africanos foram transportados para o Brasil, ao movimento abolicionista e ao fim da escravidão, pela Lei Áurea de 13 de maio de 1888. Com 30 capítulos e 480 páginas em caderno de imagens, incluindo mapas e tabelas, Escravidão: do primeiro leilão de cativos em Portugal até a morte de umbi dos Palmares reúne uma série de ensaios e reportagens de campo, resultado de seis anos de trabalho de pesquisas, período em que o autor visitou centros de estudos, bibliotecas, museus e locais históricos de doze países em três continentes. Entre outros locais, foi a Cartagena, na Colômbia, maior entreposto de comércio de escravos do antigo império colonial espanhol; percorreu o sul dos Estados Unidos, cenário da Guerra da Secessão, que custou as vidas de 750 mil pessoas para que a escravidão fosse abolida nos Estados Unidos; esteve em Liverpool, na Inglaterra, de onde partiam navios para a compra de cativos na África; e morou seis meses em Portugal, de onde fez cinco viagens a oito países do continente africano (Cabo Verde, Senegal, Angola, Gana, Benim, Marrocos, Moçambique e África do Sul). No Brasil, Laurentino Gomes visitou quilombos no Estado da Paraíba; antigos engenhos de cana-de-açúcar de Pernambuco e do Recôncavo Baiano; a Serra da Barriga, em Alagoas, onde morreu Zumbi dos Palmares; as cidades históricas do ciclo do ouro e diamante em Minas Gerais; as fazendas dos barões do café no Vale do Paraíba, em São Paulo; e o Cais do Valongo, no Rio de Janeiro, maior porto de desembarque de escravos do mundo no século XIX. Previsto para começar às 19h30 o autor vai participar ainda de um bate-papo e sessão de autógrafos.

Café das 6 / 13 de setembro de 2019 - 09H 54m

Chiqueiro disfarçado de escola em Feira de Santana

Dentre outros tantos problemas morcegos, muriçocas e pardais dividem a sala de aula com os alunos. Prefeitura alega que prédio está sendo usado temporariamente enquanto uma nova sede é construída, mas a obra foi abandonada pela empresa responsável. Ouça os comentários de Adilson Muritiba, Rafael Velame e Robson Brito e entenda os motivos.

02 de setembro de 2019 - 21H 16m

Perfil

Ele podia ser repórter esportivo (por aptidão), lutador de vale-tudo (por influência familiar) ou peão de rodeio (sonho de criança). E, em algum dia de transição entre o Folha do Estado, o Fsonline, o Blog da Feira e o Bahia Agora, arrumando alguma gaveta para as mudanças, juntou tudo que podia ser na capanga do aventureiro destemido Indiana Jones.

Apresento-lhes Rafael Velame.
Profissão: jornalista.
Especialidades: política e internet.

Olhos verdes. Mais baixo do que alto. Barba sempre por fazer. Não consegue manter-se parado enquanto fala ao celular. Hoje, participa menos de cavalgadas e atividades rurais (é sempre bom evitar tocaias).
Blusa de botão para almoços de negócios. Blusa comum para dias comuns.
Sente calor facilmente.

Corre pela manhã (às vezes). Treina boxe, mas nunca conseguiu nocautear a preguiça de ir todos os dias para academia. Seu hobby preferido é trilha de quadriciclo, mas é daqueles que topa qualquer esporte radical.

Shopping é sempre uma boa opção para o almoço. P.F’s estupendos.

Rei dos títulos.

Não parece, mas tem muito mais amigos do que inimigos.

Apesar de preferir vinho, mantém um whisky no café mais badalado da cidade, afinal, o local é uma das suas centrais de articulação. Quando os foguetinhos  velamados estão quase dando “xabu”, vai almoçar no restaurante mais badalado da cidade. É notinha na certa.

Não, ele não tem medo. Afinal, o garoto tem DNA de lutador de vale-tudo e instinto de peão de rodeio. Nocauteia lenha sem qualquer instrumento cortante.
Nunca mexa com ele porque é vingativo. Na verdade, eu acredito que ele finge. Velame tem um bom coração, mas, por via das dúvidas, cada um no seu quadrado.

*Perfil escrito por Beatriz Ferreira, jornalista e amiga. (25/11/2008)

Histórico

2019
set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2018
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2017
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2016
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2015
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2014
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2013
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2012
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2011
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2010
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2009
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2008
dez | nov