Bahia,
 
Página Inicial
Perfil do Velame
Adicionar a Favoritos
GALPÃO DE PEIXES E MARISCOS
 
Reportagens
Cafť das 6
Cinema
 
 
 
 

Enviado por Da Redação - 18.9.2018 | 17h33m
#Assembleia
Queda da competitividade da Bahia revela ineficiência do governo, diz Carlos Geilson

A contínua queda de posições registrada pela Bahia no Ranking da Competitividade dos Estados é consequência direta da ineficiência do governo estadual em setores importantes como educação e segurança pública, na avaliação do deputado estadual Carlos Geilson (PSDB). A nova edição do ranking, divulgada esta semana, mostra a Bahia na 22ª posição, à frente apenas do Pará, Amapá, Sergipe, Maranhão e Acre. Na comparação com o ranking do ano passado, a Bahia caiu mais duas posições, obtendo a sofrível nota 37,7 – abaixo da média do país (49,4) e distante de São Paulo, o estado em primeiro lugar no ranking, com nota 89,1. O Ranking da Competitividade dos Estados é organizado anualmente pelo Centro de Liderança Pública, em parceria com a Tendências Consultoria e a Economist Intelligence Unit, a divisão de pesquisas e análises do grupo que edita a revista inglesa The Economist. É elaborado com base em uma pontuação atribuída aos estados em 68 indicadores, agrupados em 10 pilares, entre os quais educação, infraestrutura, eficiência da máquina pública, inovação e segurança. O resultado obtido pela Bahia, que teve uma queda de oito posições no ranking, na comparação com 2016, mostra claramente, segundo Geilson, que a realidade está bem distante do mundo de fantasia apregoado pela publicidade oficial do Governo do Estado. “A queda da Bahia no ranking aponta a necessidade de mudanças nos métodos de governança, com o estabelecimento de novos programas e políticas públicas capazes de alavancar os setores mais prejudicados, visando o restabelecimento da competitividade do Estado e a melhoria dos serviços oferecidos à população”, concluiu o deputado.
 
 
 

Enviado por Da Redação - 3.9.2018 | 18h14m
#Assembleia
Nota da Bahia no Ideb continua caindo e deputado vê situação preocupante

A queda na qualidade da educação baiana, apontada pelo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), cujos resultados referentes a 2017 foram divulgados nesta segunda-feira (3) pelo Ministério da Educação, foi considerada preocupante pelo deputado estadual Carlos Geilson (PSDB). O Ideb é o principal indicador da qualidade da educação do país. Geilson disse que a situação é mais grave no ensino médio, etapa do ensino onde é maior a presença do governo estadual. Ele defendeu o direcionamento de investimentos para recuperar o setor e a implantação de uma contínua política de qualificação e valorização dos professores. No caso do ensino médio, considerando as redes pública e privada, a nota da Bahia no Ideb teve uma queda de 0,1 ponto, passando de 3,1 em 2015 para 3,0 em 2017, bem distante da meta estabelecida, que era 4,3. Mas se considerada apenas a rede estadual, responsável por cerca de 80% das matrículas nesta etapa do ensino, a nota da Bahia foi apenas 2,7, abaixo dos 2,9 alcançados em 2015, distante dos 3,5 da média nacional e muito longe da meta de 4,1 estabelecida para 2017.
 
 

Enviado por Da Redação - 31.8.2018 | 17h18m
#Assembleia
Baixo desempenho dos alunos mostra fragilidade do ensino na rede estadual, diz deputado

O baixíssimo desempenho em português e matemática dos alunos do ensino médio da rede estadual da Bahia, apontado pelo Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB), divulgado na quinta-feira pelo Ministério da Educação, foi considerado preocupante pelo deputado estadual Carlos Geilson (PSDB). Ele atribuiu o baixo desempenho estudantil a uma acentuada queda na qualidade do ensino na rede estadual observada nesses quase 12 anos de administração do PT. “Isso a despeito da intensa propaganda do governo anunciando avanços na educação que não correspondem à realidade”, observou. Os dados do SAEB sobre o desempenho dos estudantes em português e matemática mostram a Bahia com pontuação abaixo da média e nas últimas posições entre as 27 unidades da Federação. A média entre os estados foi de 259 pontos nas duas disciplinas e os estudantes baianos chegaram a apenas 243 pontos em matemática e 244 em português – bem distante do índice considerado adequado, que é de 350 pontos em matemática e 300 em português.
 
 

Enviado por Da Redação - 21.8.2018 | 16h50m
#Assembleia
Aumento de roubo de cargas mostra fal√™ncia da seguran√ßa p√ļblica na Bahia, diz Geilson

O expressivo crescimento do número de roubos de cargas na Bahia foi apontado pelo deputado estadual Carlos Geilson (PSDB) como mais uma evidência da falência da política de segurança pública do Governo do Estado. Estudo realizado em todo o país pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro e divulgado esta semana revelou que os roubos de carga tiveram um crescimento de 105% na Bahia, num período de cinco anos. Segundo o levantamento, em 2011, foram registrados 215 assaltos a veículos de carga no Estado, deixando um prejuízo de mais de R$ 13 milhões. Em 2016, o número de roubos saltou para 441, resultando em um prejuízo de quase R$ 28 milhões. “Além dos prejuízos financeiros para as empresas, há outro dado preocupante: a elevação do grau de estresse dos caminhoneiros, muitos deles vítimas de agressões durante esses ataques”, observou o deputado.
 
 

Enviado por Da Redação - 14.8.2018 | 5h57m
#Assembleia
Mototaxistas apresentam reivindica√ß√Ķes durante encontro estadual

Diversas demandas da categoria mototaxista foram debatidas nessa segunda-feira (13), na Assembleia Legislativa da Bahia, durante o Encontro Estadual de Mototaxistas. A criação de uma linha de crédito própria e a isenção de impostos estão entre as principais delas. “O transporte já está entre os mais utilizados pelos baianos e tem se fortalecido na capital e interior do estado”, destacou o deputado estadual Angelo Almeida (PSB). Para ele,  “o evento representou avanços significativos para a classe”. De acordo com o presidente da Federação de Mototaxistas na Bahia, Osvaldan Tupyassu, o atendimento das reivindicações pode contribuir para conquista de facilidades para renovação da frota, “o que proporcionará mais segurança para passageiro e condutor, como já é praticado pelos veículos de quatro rodas como os táxis”. Presente no evento, o representante da Desenbahia, Marko Svec, solicitou que a categoria monte um documento descrevendo os pleitos relacionados ao financiamento para que seja desenvolvido um produto específico para os mototaxistas. “É possível desenvolvermos uma linha de crédito mais segura e mais barata para atender as necessidades da categoria. Para isso, o papel das entidades de classe é fundamental na seleção e controle dos seus associados”, orientou. Outras demandas como a redução das taxas das vistorias, fiscalização dos clandestinos e integração com outros tipos de transporte também foram debatidas por representantes de diversos municípios como Salvador, Simões Filho, Camamu, Itacaré, Candeias, Gandu, Ipirá, Seabra, Dias D’Ávila, Camamu, Ituberá e São Francisco do Conde. A presidente do sindicato em Feira de Santana, Huda Barros, ressaltou a dificuldade que os profissionais possuem em realizar o curso de qualificação. Ainda durante o encontro, o coordenador de Segurança e Educação para o Trânsito do Estado, Carlos Moura, assegurou a formação de uma turma no município de forma gratuita através da Escola Pública de Trânsito. Já o secretário de Planejamento, Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico de Lauro de Freitas, Mauro Cardim, aproveitou para frisar que “as principais prefeituras do Estado precisam instalar pontos de mototáxis na cidade e fazer valer a regulamentação e fiscalizar os clandestinos”. Também participaram do evento o diretor geral do DETRAN, Lúcio Gomes; o deputado estadual e líder do governo na Assembleia, Zé Neto (PT); presidente da Fundação Luís Eduardo Magalhães, Maria Quitéria e diversas autoridades. Diversas entidades também estavam representadas como a Associação dos Profissionais Mototaxistas de Salvador (ASPROMOTS), Sindicato dos Trabalhadores Mototaxistas (SINTRAMOTOS), Senamotos, e Amotáxi.
 
 

Enviado por Da Redação - 14.8.2018 | 0h47m
#Assembleia
Os professores baianos v√™m sofrendo o maior arrocho dos √ļltimos 20 anos, afirma deputado

Os professores baianos v√™m sofrendo o maior arrocho dos √ļltimos 20 anos, afirma deputado
“O governo Rui Costa vem impondo aos professores das universidades estaduais o maior arrocho salarial dos últimos 20 anos”, declarou o deputado estadual Carlos Geilson (PSDB). De acordo com o parlamentar baiano, os professores vem sofrendo com a enorme defasagem nos salários do funcionalismo e com os sucessivos cortes nos orçamentos das quatro universidades estaduais, impostos pelo governo e que vêm afetando o funcionamento regular das instituições e sucateando suas instalações. Os docentes da Universidade do Estado da Bahia, a UNEB, por exemplo paralisaram as atividades por cinco dias, em protesto contra o descaso com que o governo Rui Costa vem tratando às instituições. “Na Universidade Estadual de Feira de Santana, a minha querida UEFS, onde me formei em Letras, e onde estão atualmente matriculados quase 10 mil alunos, o corte foi superior a 10 milhões de reais, só no primeiro semestre. E se a situação não for revertida, a UEFS fechará o ano com um corte orçamentário superior a 20 milhões de reais”, protesta Geilson. “Tanto os professores, como todo funcionalismo público vem amargando perdas salariais, resultantes da recusa do Governo do Estado em pagar a recomposição inflacionária dos últimos três anos. Problema, que afeta todos os cerca de 270 mil servidores estaduais”, afirmou o deputado. Os estudos do Dieese mostram que, para retomar o patamar do início de 2015 é necessária uma recomposição salarial de 21,1%. E, conforme nota publicada pela ADUNEB (Seção Sindical dos Docentes da Universidade do Estado da Bahia), apesar de o governo frisar que os cortes e contingenciamentos são necessários devido à crise financeira e a necessidade de se adequar à Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), na prática, os números da economia da Bahia mostram boa saúde financeira. Dados da Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), evidenciam que o estado fechou 2017 com alta de 0,4% na economia.
 
 
 
 

Enviado por Da Redação - 23.7.2018 | 17h44m
#Assembleia
Deputado prop√Ķe reforma em pres√≠dios com mais 20 anos de funcionamento

Todos os presídios da Bahia com mais de 20 anos de funcionamento devem ser reformados. É o que o deputado Sidelvan Nóbrega (PSC) indica ao governador Rui Costa por considerar que estas unidades “estão sucateadas e suas estruturas não oferecem condições de segurança”. O deputado afirma que “não existe fiscalização”, e que a falta de cuidado e  “instalações precárias” causam danos, “geram péssimas condições de trabalho para os agentes, risco de morte para os internos e até para as famílias, advogados e defensores públicos”. Nóbrega cita acidente ocorrido recentemente quando “a cama de concreto que funciona como beliche desabou”, matando um detento e ferindo outros. Este presídio não recebia manutenção “há 42 anos”. Por fim, o deputado considera que a condição de prisão provisória “pode agravar a situação de risco dos detentos”, porque muitos “passam mais tempo aguardando o julgamento do que cumprindo a própria pena”.
 
 
 

Enviado por Da Redação - 23.7.2018 | 17h42m
#Assembleia
Pastor Isidório discorda de exposição no ICBA

O deputado Pastor Sargento Isidório (Avante) lamentou a encenação realizada no Goethe, Instituto Cultural Brasil Alemanha, no Corredor da Vitória, considerando-a como um desserviço à cultura e à educação de povo. A instalação artística de Kleper Reis tem o título de “O Cu é Lindo” e obteve patrocínio do Governo do Estado. Ele pede a revogação do apoio da administração estadual e considera que o governador Rui Costa foi enganado com respeito a esta exposição de “tema tão esdrúxulo a nada que sugira arte, cultura ou educação”. Para o parlamentar, que é pastor evangélico, a exposição é “tresloucada” e inexplicavelmente encontrou guarita numa instituição localizada num ponto nobre como o Corredor da Vitória. Ele criticou também  o Goethe Institut por abrigar eventos desse tipo, que sequer podem ser classificados como arte, entretenimento ou humor. Ele classificou , como  espetáculo “demoníaco” de forma sorrateira e subterrânea.
 
 
 

Enviado por Da Redação - 9.7.2018 | 17h03m
#Assembleia
Deputado reclama de cortes no orçamento da UEFS

Deputado reclama de cortes no orçamento da UEFS
"A Universidade Estadual de Feira de Santana pode fechar o ano com um corte em seus orçamentos de custeio e investimento superior a R$ 20 milhões" disse o deputado estadual Carlos Geilson (PSDB), em discurso na Assembleia Legislativa, nesta terça-feira (9). De acordo com ele, essa perspectiva toma como base os seis primeiros meses deste ano, quando o Governo do Estado deixou de repassar à instituição mais de R$ 10 milhões. "É grave a situação da universidade, a minha querida UEFS, onde me formei em Letras Vernáculas, e onde estão atualmente matriculados quase 10 mil alunos em seus cursos de graduação e de pós-graduação", lamentou Geilson. O deputado ainda disse que os cortes vêm acontecendo ao longo dos últimos três anos – ou seja, durante a gestão do governador Rui Costa. E afetam também as outras três universidade estaduais – a UNEB, a UESC e a UESB –, que enfrentam dificuldades semelhantes. De acordo com Geilson, os cortes nos repasses das verbas vêm resultando na precarização de serviços importantes, como a manutenção e melhoria da infraestrutura, aquisição de equipamentos, compra de insumos para os laboratórios e melhorias na assistência estudantil. "É tão dramática a situação, que a própria Reitoria da UEFS decidiu divulgar uma carta aberta à comunidade universitária, explicando a situação. A Reitoria pede a integração de todos em um movimento de defesa da universidade. É o que estou fazendo, como ex-aluno e como deputado comprometido com o futuro de Feira de Santana e, da Bahia", frisou.
 
 
 

Enviado por Da Redação - 9.7.2018 | 10h06m
#Assembleia
Deputado indica nome de Waldir Pires para nomea√ß√£o de espa√ßo p√ļblico

Pela representatividade política e social de Waldir Pires, o deputado estadual Bira Corôa (PT) indicou ao Governo do Estado a atribuição do nome do ex-governador a alguma instituição ou espaço público. No documento, o parlamentar destaca toda a história de Waldir Pires, desde sua infância em Amargosa à mudança para Salvador, onde ingressou na Faculdade de Direito, participou da União dos Estudantes da Bahia e iniciou, aos 24 anos, sua vida pública ao assumir o cargo de secretário no então Governo Régis Pacheco. Filiado ao Partido dos Trabalhadores (PT), Waldir Pires faleceu no último dia 22 de junho. Na indicação, Bira ressalta ainda os mandatos de deputado estadual e federal, a candidatura a vice-presidência do Brasil, a chegada ao governo na Bahia, a chefia da Controladoria Geral da União no Governo Lula, onde implementou diversas e importantes políticas de controle da Administração Pública e de prevenção e combate à corrupção, e, por fim, sua eleição para vereador de Salvador aos 85 anos. “Waldir Pires deixou para nós o exemplo de um homem íntegro e de uma vida dedicada ao coletivo. São aproximadamente 65 anos dedicados á construção de um país de justiça e igualdade. É salutar que seu nome fique registrado, garantindo assim a vivacidade daquilo que sua trajetória de vida nos deixou”, diz Bira Corôa.
 
 

Enviado por Da Redação - 13.6.2018 | 19h05m
#Assembleia
Deputados Estaduais votam 10 projetos na Assembleia Legislativa

Os deputados estaduais aprovaram, em sessão realizada na última terça-feira (12), na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), 10 Projetos de Lei. Do executivo foram quatro projetos, que tratam, por exemplo, de facilitar as operações de crédito contratadas com o extinto Banco do Estado da Bahia - BANEB e cedidas ao Fundo de Desenvolvimento Social e Econômico (Fundese), - PL./22.766/18. Esse projeto vai viabilizar redução de dívidas junto a Agência de Fomento do Estado da Bahia (Desenbahia). Houve também duas importantes sessões de direito real de uso, uma para o Instituto Federal Baiano (IFBA), o Projeto de Lei nº 22.768/2018 e outra para o município de Castro Alves, o Projeto de nº 22.853/2018, que vai viabilizar, inclusive, uma ampliação da fábrica de calçados Pegada, que hoje já gera 150 empregos e a tendência é gerar mais empregos e mais desenvolvimento para o município. Nesta mesma tarde no plenário, também foi votado um aprimoramento da previdência do servidor do Estado - PL./22.775/2018. No âmbito do Ministério Público, dois projetos foram votados, um deles, esperado há muito tempo pelos servidores, que altera a Lei nº 8.966 de 22 de dezembro de 2003 e que dispõe sobre o Plano de Carreiras e Vencimentos dos Servidores do Ministério Público. Essa é uma pretensão antiga, e o Sindicato dos Servidores do Ministério Público da Bahia (Sindsemp-BA) tratava deste assunto com diversos deputados, inclusive, com a liderança. Quatro projetos foram votados, dentre eles o que mais teve destaque foi a de criação de um Projeto de Lei de autoria do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), que cria nove vagas de desembargadores na Corte. O PL./22.860/2018 indica ainda a criação de cargos de assessor de desembargador e assistente de gabinete. O deputado Zé Neto (PT), líder de governo na Assembleia comentou a sessão de votação “Sobre o Projeto de Lei dos desembargadores, inclusive é apenas uma Lei de criação que até o próprio Tribunal já anunciou publicamente que já não seriam criados agora, nesse momento de crise, mas que estariam autorizados de forma legal, com a norma Estadual, o que cria uma prevenção de legalidade sem que haja problemas para, no futuro, os desembargadores fazerem parte do quadro dos magistrados de segundo grau em nosso Estado”, finaliza.
 
 

Enviado por Da Redação - 13.6.2018 | 17h59m
#Assembleia
Deputado quer banir fogos de artifícios sonoros na Bahia

A tradicional queima de fogos comum durante os festejos juninos no Nordeste afeta a qualidade de vida dos animais. Por isso, o deputado estadual Marcell Moraes (PSDB) quer banir os fogos de artifício sonoros na Bahia com o projeto de Lei 21381/2015.  A matéria proíbe a “comercialização, uso, queima, soltura e manuseio de fogos de artifício, artefatos pirotécnicos, rojões e foguetes que causem poluição sonora como estouro e estampidos”. A proibição estende-se a todo o território do Estado da Bahia, em recintos fechados e ambientes abertos, em áreas públicas e locais privados.  "Será que se fosse nós seres humanos que estivéssemos sofrendo alguma desordem à saúde por causa do barulho desses fogos já não teriam encontrado uma solução para diminuir as consequências? Então, porque os animais - seres vivos - têm que continuar penando para que uma tradição seja mantida?", questiona o parlamentar. Segundo a proposta, em caso de descumprimento a pena será a prisão de três meses a um ano e multa, aplicada em dobro em caso de reincidência.  O texto visa promover também o bem-estar de idosos, crianças, pessoas com hipersensibilidade auditiva, pessoas dentro do espectro autista.  O deputado ressalta que o projeto não tem a intenção de acabar com os espetáculos e festejos realizados com fogos de artifícios. "A problemática apenas visa em proibir que sejam utilizados e/ou comercializados artefatos que causem barulho, estampido e explosões, causando risco à vida humana e dos animais. O benefício do espetáculo dos fogos é visual e é conseguido com o uso de artigos pirotécnicos sem estampido, também conhecidos como fogos de vista”, conclui.
 
 
 
 
 

Enviado por Da Redação - 5.6.2018 | 8h01m
#Assembleia
Postos que não baixam preço do diesel contribuem para agravar crise, diz Geilson

A resistência dos donos de postos de combustíveis em baixar o preço do óleo diesel nas bombas, repassando ao consumidor o desconto de R$ 0,46 centavos no valor do litro cobrado nas refinarias, foi apontada pelo deputado estadual Carlos Geilson (PSDB) como fator de agravamento da crise aberta pela paralisação dos caminhoneiros, em discurso na tribuna da Assembleia Legislativa, nesta segunda-feira (4). Segundo Geilson, tomando-se como base o valor médio do diesel no dia em que a greve dos caminhoneiros foi desencadeada, a Agência Nacional do Petróleo diz que, com o desconto, as bombas de Salvador deveriam estar cobrando R$ 3,17 o litro do combustível. “Não vi, no entanto, nos postos que visitei pela manhã, em Feira de Santana e em Salvador, nenhum deles cobrando este valor ou menos. Pelo contrário, encontrei posto vendendo o diesel a R$ 3,89”, salientou. Para o deputado, os donos de postos que ainda cobram este valor pelo diesel, desafiando o governo e despertando a ira dos caminhoneiros, “são os que querem ver o circo pegar fogo ou querem, eles mesmos, botar fogo no circo”.
 
 

Enviado por Da Redação - 5.6.2018 | 7h58m
#Assembleia
Deputado prop√Ķe divulga√ß√£o de pre√ßos de combust√≠vel em plataformas digitais

Uma medida simples, de baixo custo e com impacto positivo para o mercado de consumo de combustíveis. É o que propõe o deputado estadual Angelo Almeida (PSB), autor de um projeto de lei que sugere a divulgação dos preços dos combustíveis praticados nos postos da Bahia em plataformas digitais como site e aplicativo. A proposta já foi apresentada na Assembleia Legislativa da Bahia. O objetivo do projeto, segundo o deputado é proporcionar maior controle no valor de revenda da gasolina, etanol, diesel e GNV (Gás Natural Veicular). Angelo Almeida acredita ainda que órgãos como PROCON (Programa de Proteção e Defesa do Consumidor) também podem contribuir com a funcionalidade da medida, motivada pela crise em torno do preço dos combustíveis que o país tem vivido nas últimas semanas.  “O combustível hoje no Brasil atingiu valores inaceitáveis, e além de lutarmos pela redução precisamos de medidas resolutivas para o consumidor final. A ideia da plataforma é tornar a política de preços mais acessível para as pessoas e, ao mesmo tempo, aumentar a fiscalização evitando que sejam praticadas cobranças abusivas como acontece em inúmeras cidades da Bahia, principalmente no interior do estado”, explicou o parlamentar. A ideia é que com a implantação do projeto o consumidor possa acessar do celular ou computador um sistema que relacione todos os postos e os preços praticados por eles, por cidade, ajudando o consumidor a identificar aquele que oferece o menor custo. Os cadastros podem ser realizados com apoio da ANP (Agência Nacional de Petróleo) e os dados atualizados no sistema pelo próprio estabelecimento.
 
 

Enviado por Da Redação - 23.5.2018 | 18h21m
#Assembleia
Geilson defende redução do ICMS para baixar preço de combustíveis

A redução da alíquota do ICMS incidente sobre os combustíveis, de modo a baixar o preço final desses produtos para o consumidor, foi defendida nesta quarta-feira (23) pelo deputado estadual Carlos Geilson (PSDB). Ele disse que, na Bahia, o ICMS representa quase um terço do preço da gasolina e do diesel. Geilson lembrou que em dezembro de 2014 a alíquota do ICMS sobre os combustíveis foi aumentada para 30%, com a aprovação pela Assembleia Legislativa de um projeto de lei encaminhado pelo então governador, Jaques Wagner, sob a alegação de que era preciso deixar caixa para Rui Costa, que assumiria o governo estadual em janeiro. “A oposição foi contra, mas o rolo compressor da bancada governista aprovou o projeto, às vésperas do Natal, verdadeiro presente de grego para o povo baiano”, recordou. O deputado tucano disse considerar justas as reclamações dos caminhoneiros contra a elevação do diesel e que, por isso, apoia a greve realizada pela categoria em todo o país, desde a última segunda-feira (21). “Mesmo sabendo da necessidade de realinhamento dos preços dos combustíveis para tirar a Petrobras do buraco onde os governos petistas a colocaram, acredito ser possível encontrar alternativas para minorar o efeito da alta da gasolina e do diesel, como a redução da carga tributária”, explicou.
 
 
 
 


 
 
 

 

 

 

 

 

 

 

 
2018
Out | Set | Ago | Jul | Jun |
Mai | Abr | Mar | Fev | Jan |
 
2017
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2016
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2015
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2014
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2013
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2012
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2011
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2010
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2009
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2008
Dez | Nov |
 
 
 
A Tarde
Abordagem Policial
Acorda Cidade
Agora na Bahia
Agravo
Bahia J√°
Bahia Notícias
Bahia.ba
Barbarella Moderna
Bebi Esse
Bicho do Tomba
Blog Daniele Barreto
Blog de Mário Kertész
Blog do Gusm√£o
Blog do Jair Onofre
Blog do Kuelho
Boc√£o News
Bom dia Feira
Calila Notícias
Carlos Geilson
Central de Polícia
Cl√°udio Humberto
Congresso em Foco
Correio da Bahia
Correio Feirense
Edson Borges
Eduardo Leite
Em Busca do Sim
Feirenses
Fernando Torres
Folha do Estado
Generación Y
Improbabilidade Infinita
Josias de Souza
Klube do Rafa
Luiz Felipe Pondé
Observatório da Blogosfera
Opinião e Política
Pimenta na Muqueca
Polícia é Viola
Política Livre
Por Escrito
Por Simas
Reginaldo Tracaj√°
Reinaldo Azevedo
Ricardo Noblat
Sala de Notícia
Segurança em Foco
Sid Caricaturas
Tabuleiro da Maria
Tribuna da Bahia
Tribuna Feirense
TV Geral
Valter Vieira
Viva Feira
Vladimir Aras
   
 
 
 
Perfil   Arquivo   Contato   Anuncie   Webmail
Assine o RSS
  Copyright © 2018 Blog do Velame. All rights reserved. by Tacitus Tecnologia  
Página Inicial