×

Busca

(23) registro(s) encontrado(s) para a busca: Foguetinhos Velamados
Foguetinhos Velamados - Eleições 2024 / 12 de abril de 2024 - 11H 30m

Foguetinhos Velamados

CENTRÃO DO FEIRAGUAY

O Progressistas foi quem se saiu melhor na cooptação de vereadores. Conseguiu atrair 7: Luis da Feira, Paulão, Eremita Mota, Pedro Cícero, Pastor Valdemir, Ron do Povo e Emerson Minho. E o partido é daqueles bem ecléticos, sabe? É tipo um centrão do Feiraguay, onde tem de tudo um pouco! Tem vereador apoiando o Zé Ronaldo (UB), outros torcendo por Zé Neto (PT).


QUASE SOBROU

Passada uma semana do término do prazo para novas filiações partidárias, muita gente ainda não digeriu as reviravoltas do jogo político. Uma das mais inesperadas foi a saída da vereadora Lú de Ronny do MDB. Ao ser “limada” do partido, do qual chegou a ser cogitada até para candidata a prefeita, ela acabou desembarcando no PV, legenda que está federada com o PT.

QUASE SOBROU II

Outro que ficou sem saber para onde ir até os 45 minutos do segundo tempo foi o polêmico vereador Edvaldo Lima. Chegou até a cogitar uma vaguinha em um partido aliado do deputado federal Zé Neto, mas acabou sendo “aceito” pelo União Brasil, do ex-prefeito José Ronaldo. A chegada do religioso de extrema direita desagradou os pré-candidatos do partido, mas eles foram contidos sob a promessa de titularidade em secretarias municipais em caso de suplência.

PAIM BY MAINHA

Quem deve tentar retornar à Câmara Municipal é o ex-vereador Luciano Paim. Filho da secretária de educação Anaci Paim, ele foi eleito em 2004, aos 23 anos, o vereador mais votado de Feira de Santana com mais de 6 mil votos. Entretanto, após um mandato apagado, acabou não sendo reeleito em 2008 e desapareceu da política. Agora, em 2024, Paim se filiou ao Avante. O irmão dele, Luzico Paim, também está filiado e é o plano B da secretária.

A OBSERVADORA

A saga política de Dayane Pimentel é como uma montanha-russa. Em 2018, ela surpreendeu todo mundo sendo eleita como a deputada federal mais votada da Bahia. Parecia que o mundo político estava aos seus pés, mas aí veio 2020 e ela resolveu dar uma voltinha na montanha-russa municipal, concorrendo à prefeitura de Feira e conhecendo a derrota. Ela decidiu então voltar para a montanha-russa federal em 2022, mas parece que as curvas e loopings da política estavam um pouco mais desafiadores dessa vez e não conseguiu a reeleição. E assim, em 2024, Dayane ganhou uma nova perspectiva política: a de observadora. Mas não se enganem. Ela jura que essa pausa para observar não é um adeus, é só uma pausa antes do retorno em 2026.

QUASE FELIZ

No off, diversos aliados do governador Jerônimo saíram desiludidos com as atrações anunciadas pelo Governo do Estado na Micareta 2024. Entretanto, ninguém teve coragem de expressar o descontentamento para o governador, que, em uma entrevista, chegou a dizer que não participou das escolhas das atrações, apenas pediu que priorizassem os artistas locais.

CANDIDATOS EXÓTICOS

Findado o prazo para filiação partidária, começamos a descobrir quem são as “personalidades feirenses” que vão tentar uma das 21 vagas na Câmara de Feira de Santana. Famoso no Instagram, o irreverente Magrinho do Feira Diferente vai se aventurar na política pelo PSB. Já Lete Simões, ex-apresentadora da TV Subaé e que voltou a ser lembrada recentemente por aparecer em vídeos acampada no 35BI em apoio a Bolsonaro, se junta ao União Brasil, ao lado de Carlos Lino, médico que ficou conhecido ao se vestir de mulher após um caso de homofobia durante um atendimento de uma paciente. Alan Barro, motorista de aplicativo e líder comunitário conhecido por fazer bem-humoradas denúncias através do Instagram, será um dos candidatos do PMB.

BRODERAGEM

Um agitador cultural feirense fez uma observação a esta coluna sobre uma das atrações da Micareta de Feira anunciada pelo Governo do Estado durante o evento no Amelio Amorim. Segundo ele, o único mérito que justifica a pessoa estar na grade da folia feirense é ser da patota do secretário estadual de cultura, Bruno Monteiro.

Foguetinhos Velamados / 29 de março de 2024 - 08H 00m

Foguetinhos Velamados – Eleições 2024

PRESENTE?
No dia 31 de março, é o aniversário do deputado federal Zé Neto, pré-candidato a prefeito de Feira de Santana pelo PT. Coincidentemente – ou não – nesta mesma data, será divulgada a primeira pesquisa eleitoral registrada no TSE da eleição feirense. Resta saber se o “presente” será do agrado do petista, que tentará vencer Zé Ronaldo pela primeira vez.

CARGO COBIÇADO
Derrotado por duas vezes na tentativa de chegar à Câmara Federal, o empresário Zé Chico se filiou esta semana ao PDT. Apesar de ter recebido R$ 3 milhões do “fundão eleitoral” em 2022, oriundos do União Brasil, e ter saído chateado da eleição, inclusive alegando falta de compromisso de “pessoas do grupo” com sua candidatura, Zé segue sonhando em fazer parte da chapa do seu xará, Zé Ronaldo. Mas a tarefa não deve ser fácil, pois no próprio PDT existem outros cotados ao cargo de vice-prefeito, vide Sérgio Carneiro.

OS FULEIROS
À medida que o prazo de filiação se aproxima, os dirigentes partidários estão aprendendo da pior forma possível que confiar na palavra de muitos pré-candidatos a vereador é como brincar com fogo. Tem aspirante a político que se oferece em casamento para três partidos diferentes, prometendo fidelidade eterna até que a próxima oportunidade apareça. Mas não se preocupem, até o dia 6 de abril, esses “candidatos fuleiros” serão expostos em todas as suas farsas, para o deleite público.

PSB EMPODERADO
O deputado licenciado e Secretário Estadual de Desenvolvimento Econômico, Angelo Almeida, passou a semana em Feira de Santana organizando o PSB para as eleições municipais. Junto com Beto Tourinho, presidente da legenda na cidade, ele tenta formar uma chapa qualificada para conseguir, ao menos, duas vagas na Câmara Municipal. Nomes como o ex-vereador Alberto Nery, a ex-deputada Eliana Boaventura, a advogada Jamille Santana, o empresário e desportista Tiago Aras, a estilista Flavia Sacramento, o fotojornalista Reginaldo Tracajá e o médico Gileno Júnior devem compor a chapa.

SILÊNCIO FEMININO
No lamentável episódio em que o vereador Zé Carneiro tentou homenagear um feminicida na Câmara Municipal, chamou atenção a falta de posicionamento das mulheres da Casa. A presidente Eremita Mota chegou a pedir o nome do cidadão que seria homenageado, sem se atentar à barbaridade que aconteceria caso permitisse o minuto de silêncio solicitado por Carneiro. Lú de Ronny nada disse. Coube a Jhonatas Monteiro espinafrar o absurdo que acabaria virando pauta no noticiário nacional.

JOGO DUPLO
O PL de Feira de Santana anunciou a filiação do ex-vereador Marcos Lima. Suplente do Democratas com 3.776 votos, ele chega com status de favorito no partido comandado por João Roma, na Bahia.  O fato de estar enraizado no Governo Colbert como diretor-presidente da Funtitec parece não ter sido obstáculo para o desembarque na legenda bolsonarista, que promete ter o deputado Capitão Alden como candidato a prefeito em Feira de Santana.

RIFA DA VERGONHA
Rifa é o novo passatempo favorito na Bahia, onde tudo, desde motos até Lamborghinis, está sendo sorteado. Mas uma rifa em particular está chamando a atenção, não pela extravagância dos prêmios, mas pela triste realidade do desdém pela educação em Feira de Santana. Pais e professores da Escola Municipal Antonio Carlos Pinto de Almeida estão se humilhando ao promover uma rifa para pagar pela instalação de ar-condicionado nas salas de aula. Mais uma vez, a gestão questionável da professora Anaci Paim mostra sua verdadeira face de descaso e negligência com o futuro das crianças da cidade.

DANÇA DOS ZÉS
Em ano de eleição, a Micareta de Feira de Santana se transforma no palco perfeito para políticos sedentos por atenção. Sem a festa, Zé Neto e Zé Ronaldo, os principais candidatos à prefeitura, já têm sido flagrados dançando de maneira constrangedora. Agora, durante a folia momesca, tudo indica que podemos esperar um espetáculo ainda mais patético. Se você quiser se entreter com essa vergonha alheia, basta acompanhar a página do Feira Diferente no Instagram, onde os responsáveis se esforçam para transformar os passos desajeitados dos candidatos em entretenimento.

Foguetinhos Velamados - Eleições 2024 / 22 de março de 2024 - 11H 38m

Foguetinhos Velamados – Eleições 2024

DE VOLTA

Foguetinhos Velamados estão de volta com mais emoção do que nunca! Caros leitores, fiquem atentos, pois estamos retornando com nossa coluna dedicada aos bastidores da política de Feira de Santana e região! Preparem-se para mergulhar em uma lagoa (salgada) de intrigas, alianças estranhas e inesperadas – tudo embrulhado em um pacote de humor político irresistível. Estejam os políticos prontos ou não, estamos prestes a lançar foguetinhos que caem como verdadeiras bombas na política da terra de Maria Quitéria.

PEPISMO

Sob a liderança do empresário Yuri Guimarães, o Partido Progressistas de Feira de Santana está se consolidando como uma força política significativa para as eleições municipais de 2024, atraindo diversos vereadores com mandato para compor sua chapa. Segundo fontes da coluna, a legenda já conta com Paulão do Caldeirão, Ron do Povo, Pastor Valdemir, Eremita Mota, Jurandy de Carvalho, Luiz da Feira, Emerson Minho e Pedro Cícero. Entretanto, apesar de todo esse movimento feito pelo filho de Eremita, oficialmente o partido ainda é presidido pelo apagado Rafael Cordeiro, que em 4 anos, não deu nenhuma projeção à legenda.

DE FORA

O ex-presidente da Câmara de Feira, o vereador Fernando Torres, anunciou que não vai disputar a reeleição em 2024. Conhecido pelas polêmicas, Torres deve apoiar o ex-vereador Sebastião Bastinho, liderança do bairro Queimadinha. Entretanto, engana-se quem pensa que ele vai ficar de fora da política feirense. Nos bastidores, ele tem prometido influenciar na escolha do próximo presidente da Câmara, em 2025.

SERÁ?

Wilsinho Falcão e Sérgio Carneiro estão de camarote apenas observando até onde vai a coragem, para não dizer cara de pau, do ex-prefeito José Ronaldo ao insistir em afirmar que nada tem a ver com o governo Colbert Filho. Pessoas próximas do prefeito dizem que caso essa deselegante postura se mantenha, Wilsinho ou Sérgio podem ser alçados ao posto de candidatos a prefeito com apoio do Governo Municipal, leia-se staff Colbertzista.

O MAGO

Considerado por muitos o mago da política feirense, capaz de indicar o melhor caminho para os aspirantes a vereador, o ex-deputado Humberto Cedraz está responsável por montar a chapa de 3 partidos. MDB, Agir e Avante são as legendas sob a batuta do experiente estrategista, tido como o principal responsável pela grande votação do deputado estadual Binho Galinha em 2022.

EXPECTATIVA

Especula-se que o governador Jerônimo está pronto para fazer sua grande entrada na campanha para prefeito do deputado Zé Neto. Jero estaria praticando seu sorriso político mais sincero e ensaiando seus discursos mais eloquentes para conseguir alavancar o petista na cidade. Enquanto muitos aguardam essa entrada triunfal do governador no cenário feirense, outros tantos desacreditam que isso vá acontecer. A ver.

RUIU?

Ao ser eleito deputado estadual em 2022, Pablo Roberto despontou como um dos principais possíveis candidatos a prefeito de Feira de Santana. Em março de 2024, o que se vê é uma candidatura xôxa, capenga, manca, anêmica, frágil e inconsistente. Alguns atribuem a fraqueza ao precoce anúncio de uma candidata a vice, que pouca gente conhece, mas parece ter grande influência no “pablismo”.  Pablo é filiado ao PSDB.

SANTO ESTEVÃO

Na cidade de Santo Estevão, representando a oposição, o pré-candidato a prefeito Tiago da Central saiu na frente na disputa para suceder Rogério Costa, que está suando a camisa para viabilizar um sucessor. Em recente lançamento, Tiago, que é filiado ao União Brasil, levou ACM Neto, José Ronaldo e outras lideranças de oposição ao PT para a cidade e tem apostado no antagonismo ao partido que governa o Estado e ao seu autodeclarado “sangue novo” para vencer a disputa.

SERRA PRETA

A cidade vive uma disputa para ver quem vai ganhar a eleição para o atual prefeito Franklin Leite. Com um governo considerado fraco, o ex-democrata bolsonarista tenta salvar o mandato se filiando ao Avante e postando fotos com o presidente Lula para amenizar a má imagem da gestão. Entretanto, quem conhece a política da cidade diz já ser tarde demais para uma recuperação. Vando, Igor de Aldinho, Adeil e Dr. Karlos disputam entre si quem será o próximo prefeito do município.

CONCEIÇÃO DA FEIRA

Na terra da Serra da Putuma, o prefeito João de Furão alardeia por aí seu favoritismo, que segundo ele, beira os 90% dos votos. Entretanto, a escolha do vice pode fazer essa vantagem diminuir consideravelmente. Furãozinho está tramando colocar na chapa o bacharel João Lefundes, morador de Feira de Santana, sem qualquer vínculo com a cidade. Lefundes é o braço direito dele na gestão municipal, mas politicamente é considerado um zero à esquerda. A manobra seria uma forma de garantir o controle da prefeitura em uma eventual renúncia para se candidatar a deputado estadual em 2026.

POR RAFAEL VELAME / 10 de novembro de 2022 - 08H 10m

Foguetinhos Velamados

MESTRE DOS MAGOS
O ex-prefeito José Ronaldo já avisou que só vai começar a pensar na sucessão municipal em 2023. Aos 71 anos, ele é o principal nome da política feirense e cotado para retornar à Prefeitura. Mas no grupo “ronaldista”, outros nomes correm por fora como possíveis candidatos: Fernando de Fabinho, Pablo Roberto, Carlos Geilson, Zé Chico e Gerusa Sampaio. Entretanto, tudo vai depender mesmo da vontade de Ronaldo que, nesses momentos, sempre dá uma de “mestre dos magos”  desaparecendo e aparecendo apenas quando lhe convém. Assim deixa todo mundo batendo cabeça pra entender seus enigmas.

ESTADO x MUNICÍPIO
Com a vitória de Jerônimo Rodrigues para o Governo do Estado, muita gente passou a acreditar que o deputado Zé Neto teria um favoritismo na disputa pela Prefeitura de Feira em 2024. Mas, a história mostra que o cenário estadual pouco influencia na Princesa do Sertão. Nos últimos 20 anos, mesmo com a vitória do PT nas eleições estaduais, o grupo “ronaldista” local ganhou todas as eleições municipais. Cinco no primeiro turno com Zé Ronaldo e Tarcízio Pimenta e apenas uma no 2 turno, com Colbert.

O INSISTENTE
Caso seja Zé Neto o candidato do PT na disputa pela Prefeitura de Feira em 2024, será a sexta vez que ele entra na disputa pelo cargo. Em 1996 ele foi o quinto colocado na eleição vencida por Zé Falcã; Em 2004, 2012 e 2016  foi derrotado no primeiro turno por Zé Ronaldo e em 2020 perdeu para Colbert Filho no segundo turno.

O INSISTENTE 2
Caso se candidate e consiga se eleger, Zé Ronaldo será prefeito de Feira pela quinta vez. Contando que foi o responsável direto pela eleição de Tarcízio Pimenta (2008) e Colbert Filho (2020), será o sétimo mandato com influência dele. Serão 28 anos no poder. Por conta disso, pensando em renovação, já se iniciou no próprio ninho ronaldista um movimento denominado “se aposenta Zé Ronaldo”. Mas, por enquanto, o movimento permanece em off.  Isso porque ninguém quer se indispor com o líder, sendo o primeiro a falar publicamente sobre o assunto.

SONHO x REALIDADE
Além de Zé Neto e Zé Ronaldo, candidatos manjados de toda eleição municipal feirense, outros nomes seguem sendo ventilados na tentativa da criação de uma “terceira via”. Uns com mais consistência eleitoral-partidária como Angelo Almeida, José de Arimateia, Roberto Tourinho, Jhonatas Monteiro, Dayane Pimentel e Fernando Torres. Outros mais sonhadores como os vereadores Galeguinho e Zé Curuca.

DE OLHO NO $
Tem vereador doido pra ver logo a hora de Fernando Torres deixar a presidência da Câmara. O motivo é a ânsia por cargos e vantagens que a presidência pode proporcionar, mas que durante os 2 anos de gestão de Torres foram cortados. A expectativa é que com a eleição de Eremita Mota, a primeira mulher a presidir o legislativo feirense, os tempos sejam de mais generosidade com os edis. Veremos.

ALEATORIEDADES DO PAULÃO
A sessão da Câmara Municipal em homenagem aos radialistas de Feira de Santana teve dois momentos hilários proporcionados pelo vereador Paulão do Caldeirão. O primeiro quando, ao encontrar o professor Josué Mello, ex-candidato a prefeito de Feira em 1996, o questionou se já havia aprendido onde ficava o “Ovo da Ema”. Em outro momento, ele interrompeu a sessão para pedir ao presidente que convidasse a Diretora do Fundação Hospitalar, Gilbert Lucas, a adentrar ao plenário. O problema é que Gilbert não estava presente na galeria. Uma sósia, causou a confusão, e após gargalhadas do público presente, Paulão não perdeu a pose e convidou a Gilbert “fake” pra ocupar uma cadeira reservada para homenageados.

POR RAFAEL VELAME / 02 de novembro de 2022 - 14H 58m

Foguetinhos Velamados

PRÓ DAY 
A professora Dayane Pimentel não obteve sucesso na tentativa de se reeleger para a Câmara Federal, mas anda exalando felicidade nas redes sociais. O motivo é a derrota de Jair Bolsonaro. Dancinhas, piadinhas e provocações são frequentes desde o anúncio do fracasso do presidente. Candidata pelo União Brasil, a ex-bolsonarista obteve pouco mais de 30 mil votos e vai precisar de um bom rebranding para conseguir sobreviver na política feirense.

LÁ VEM ELE DE NOVO 
A derrota de ACM Neto na disputa para o Governo do Estado trouxe para a oposição de Feira de Santana uma certeza: Zé Ronaldo será candidato a prefeito da cidade pela quinta vez. A candidatura do ex-prefeito é uma das estratégias do grupo para manter a hegemonia nas dez maiores cidades baianas. Resta saber se o povo feirense quer Ronaldo prefeito mais uma vez.

LÁ VEM ELE ENROLAR DE NOVO
Apesar da oposição ter a certeza da candidatura de Ronaldo, o ex-prefeito finge não querer voltar à prefeitura. Ele deve empurrar o anúncio com a barriga o máximo de tempo possível, como sempre fez em outras eleições. Ou seja, vai fazer com os aliados feirenses que sonham disputar a Prefeitura, o mesmo que ACM Neto fez com ele na fatídica escolha do vice-governador.

SEM SOMBRA
Um desses aliados, o empresário e presidente do Fluminense de Feira, Zé Chico, ainda não engoliu a derrota em mais uma tentativa de chegar à Câmara Federal. Tem dito em diversas entrevistas que não foi tratado como candidato do grupo, conforme havia sido prometido. O recado serve para Colbert, Zé Ronaldo e outros. O empresário, inclusive, tem sido ventilado pela oposição como um bom nome para compor uma chapa majoritária contrária a candidatura de Zé Ronaldo. Precisa só decidir se vai continuar encostado na árvore que não dá sombra pra ninguém.

ASPONE 
Advogados de Feira de Santana ficaram abismados após a circulação de print de um grupo no WhasApp nomeado “Resistência Civil”. O motivo é que um ex-presidente da OAB feirense é um dos membros desse grupo, que se organiza para manter o presidente Bolsonaro no poder, mesmo sendo derrotado nas eleições. O comentário nas rodas é que o “doutor” passou tanto tempo pendurado em cargos públicos de aspone que esqueceu os ensinamentos da faculdade.

DISPUTA ACIRRADA 
Passada a eleição, o prefeito Colbert Filho segue sem secretário de saúde, governo, comunicação e o mais grave, sem escolher um Procurador para o município. A forma atabalhoada de governar de Colbert, anteriormente comparada com a fraca gestão do ex-prefeito Tarcízio Pimenta, agora desceu um degrau. A gestão colbertzista agora é comparada ao governo de Claiton Mascarenhas, considerado o pior prefeito da história de Feira. E aí, quem é pior?

ONDE É?
Numa cidade sem comando, um secretário metido a entendido em investimentos, convenceu um prefeito atabalhoado a usar dinheiro da Prefeitura em uma aplicação muito rentável. Mas, como o diabo é sujo, essa aplicação, que nunca havia dado errado, deu ruim justamente quando o dinheiro dessa cidade foi usado para tal fim. Resultado: prejuízo de quase 1 milhão de reais. Quando o povo descobrir…

INTERVENÇÃO
Um grupo de bolsonaristas foi até o 35 BI de Feira de Santana pedir intervenção federal para mudar o resultado das eleições. Em breve, eles terão o pedido atendido, porém pra outra finalidade: o grupo poderá sim ser beneficiado com uma intervenção, mas psiquiátrica, já que no plano de governo de Lula está a criação da Secretaria Nacional de Saúde Mental. Mas antes disso, o chororô deles serve de motivo de piada e chacota na cidade.

Por Rafael Velame / 13 de outubro de 2022 - 16H 47m

Foguetinhos Velamados

PULA-PULA
Dois vereadores de partidos aliados do Governo Estadual estiveram no fatídico almoço organizado por Fernando Torres com Jerônimo Rodrigues e Rui Costa, em Feira de Santana. Logo depois, decidiram apoiar a candidatura de ACM Neto ao governo. Lú de Ronny, do MDB e Galeguinho, do PSB, pularam do barco quando o candidato petista tinha baixa intenção de votos nas pesquisas. Agora, no 2ºturno, os dois deixaram a “rebeldia” de lado e resolveram convenientemente obedecer as orientações partidárias. O motivo? Nesse momento, Jerônimo lidera as pesquisas de intenção de voto.

PATETA PATRIOTA 
O vereador-pastor Edvaldo Lima usa sistematicamente a tribuna da Câmara de Feira para vomitar asneiras. Recentemente, ele implicou com uma faixa colocada pela ADFUS na UEFS com a frase “Fora Bolsonaro”. A indignação do vereador – que já foi acusado pelo Ministério Público de praticar rachadinha com funcionários – foi tanta que ele até achou que tinha o poder de dar um prazo de 24 horas para o reitor da universidade retirar a faixa. Patético.

SEM COMANDO 
O prefeito Colbert Filho segue sem “tesão” para governar Feira de Santana. Pelo menos, é a impressão que passa. Três secretarias importantes, saúde, governo e comunicação seguem comandadas por interinos. A fundação Egberto Costa também segue, desde março, com diretor interino. Pra piorar, a Procuradoria Geral do Município segue sem titular. A cidade segue sem comando.

COM COMANDO
Por outro lado, para usar a máquina pública em favor de ACM Neto e Bolsonaro, o prefeito Colbert parece estar bem animadinho. Ele ordenou que secretários e cargos de diretoria da Prefeitura convocassem todos os funcionários contratados para uma reunião dia 14 de outubro em uma casa de eventos da cidade. O objetivo da reunião é organizar a estrutura da Prefeitura para atuar de forma que favoreça os candidatos apoiados por Colbert e Zé Ronaldo. Até o link de um formulário de cadastro através do qual se solicita, dentre outras informações, a seção e zona eleitoral dos contratados está sendo enviado nos grupos das secretarias sem o menor pudor ou receio de estarem obviamente infringindo leis eleitorais. Em resumo, os funcionários contratados estão sendo obrigados a trabalhar “voluntariamente” como fiscais no dia da eleição, dentre outras tarefas menos republicanas.

DE MAL A PIOR 
A educação municipal de Feira de Santana segue de mal a pior. Em 2022, já foram diversos malfeitos como atraso no pagamentos dos salários dos estagiários, dos porteiros, dos professores e escola sem aula até por falta de material de limpeza. Mas nada é tão ruim que não possa piorar.  Essa semana a APLB constatou uma escola no distrito de Jaguara onde a Secretaria de Educação designou uma funcionária de serviços gerais de uma cooperativa, para assumir a turma do quinto ano. Selo Paim de qualidade.

FOI TARDE
No exercício do cargo de secretário de saúde, o médico Marcelo Brito costumava ironizar e desfazer dos vereadores de Feira de Santana durante entrevistas. Em diversas ocasiões, ele desafiou os edis que o investigaram na CPI da Saúde. Agora, deixa o governo Colbert, obrigado a calçar as sandálias da humildade. Exonerado, é acusado de surrupiar mais de R$ 200 mil dos cofres públicos por conta de um contrato de consultoria, que nunca conseguiu comprovar que realizou.

FRASE DA SEMANA
“Nada é tão admirável em política quanto uma memória curta”

Foguetinhos Velamados / 30 de julho de 2021 - 16H 18m

Foguetinhos Velamados

Rachadinha

Um novo tipo de rachadinha entre vereadores baianos e assessores está sendo investigada pelo Ministério Público Estadual. Trata-se da “rachadinha consignada”. Funciona assim: o vereador obriga os assessores a contratarem um empréstimo consignado, com desconto em folha e todo valor é entregue integralmente ao chefe. Entretanto, as parcelas do empréstimo são debitadas mensalmente do salário do assessor, que perde parte da renda para a ganância política.

Eis a questão 

A atual gestão da Câmara Municipal de Feira de Santana conseguiu economizar em apenas 6 meses, cerca de 2,4 milhões. Uma quantia significativa que não tem feito nenhuma falta ao andamento dos trabalhos legislativos. A pergunta que fica é: para onde ia tanto dinheiro?

Burrocracia

A burocracia nas repartições feirenses nunca foi novidade para nenhum empresário interessado em empreender em Feira de Santana. Entretanto, a impressão que se tem é de que as coisas pioraram muito de uns tempos pra cá. Falta de servidores e de boas condições trabalhos são alguns dos fatores que contribuem com a “burrocracia feirense”.

Guerra suja

A poderosa Sustentare segue tentando se sustentar em Feira de Santana. Responsável pela coleta de lixo urbano há muitos anos, a empresa tem enfrentado verdadeiras batalhas judiciais para se manter “intocável” no gorduroso contrato de 127 milhões com a Prefeitura feirense. O mais recente episódio dessa batalha é uma decisão do Tribunal de Contas dos Municípios, que determinou a suspensão do contrato firmado entre a Prefeitura e a empresa.

O dono

A Secretaria de Educação tem realizado muitas licitações para se adaptar aos novos protocolos sanitários de retorno às aulas. Um drone informou ao Blog do Velame que essas licitações tem um dono e que esse ilustre cidadão de bem, em breve, deve fazer um belo passeio na viatura da Polícia Federal.  Já a licitação dos carros que servem à secretaria, essa venceu, e deixou os servidores a pé.

Apagão de caráter 

Uma situação obscura precisa ser esclarecida no Flu de Feira. Quem usou os dados do ex-presidente, Zé Chico, para parcelar contas de energia elétrica junto à Coelba?  O parcelamento foi feito no mês de maio de 2021, sendo que ele deixou o clube em 2019. Além de usar dados alheios, a atual diretoria deu calote na Coelba e não pagou as parcelas do acordo. Um verdadeiro apagão de caráter.

Foguetinhos Velamados / 05 de julho de 2021 - 20H 58m

Foguetinhos Velamados

Rinha de prefeitos

O atraso no pagamento dos salários de funcionários públicos municipais, que já foi muitas vezes motivo de reclamação da categoria em várias cidades da Bahia, virou coisa do passado. Pelo menos nas cidades próximas de Feira de Santana, se depender de seus prefeitos. Todos os meses é deflagrada uma verdadeira corrida para ver qual gestor vai postar primeiro nas redes sociais o card “Tá na conta”, que anuncia o pagamento antecipado dos salários dos servidores. Tomara que essa moda dure.

Sem fiscalização 

Bares, restaurantes e churrascarias  estão desrespeitando constantemente os decretos municipais e estaduais de proibição de shows e eventos. As provas do desrespeito à saúde pública estão nas redes sociais, muitas vezes com transmissão ao vivo, para quem quiser ver. Sem o menor pudor, são divulgados eventos com venda de ingressos e flagrantes aglomerações. As casas de eventos seguem sem poder funcionar, mas show em Feira de Santana é o que não falta.

Enquanto isso…

Segundo os números oficiais dos boletins Epidemiológicos da Prefeitura e do Governo Estadual,  Feira de Santana detém 20,50% dos casos ativos de covid-19 de todo o estado da Bahia. A cidade registra um total de 46.761 casos confirmados e 866 óbitos, desde o inicio da pandemia. Dados de 5 de julho.

Recordista

José Carlos Pitangueira recebeu uma moção de aplausos na Assembleia Legislativa da Bahia. A homenagem é pelos oito anos à frente do Hospital Geral Clériston Andrade. Pitangueira é o diretor com mais tempo na direção do Clériston e fez transformações no hospital.

Seis meses

O prefeito Colbert Filho completou seis meses à frente da prefeitura de Feira e algumas das principais promessas de campanha, até agora, não saíram do papel. Duplicação da avenida Artemia Pires, reforma de 50 mil casas da Zona Rural e da cidade, 10 mil vagas para primeiro emprego de jovens, criação de ciclovias e instalação de ciclofaixas, implantação de teleconsulta na saúde municipal, implantação do Programa Bolsa Mãe e mudança de local do Centro de Abastecimento são alguns dos compromissos que os feirenses aguardam o cumprimento.

Com moral

O deputado estadual Angelo Almeida esteve em Brasília assistindo a filiação do governador do Maranhão, Flavio Dino e do deputado federal Marcelo Freixo no PSB. Angelo tem trabalhado no fortalecimento do partido na Bahia e tem sido reconhecido pela presidente Lidice da Mata, como um dos bons quadros do partido para 2022.

Negacionistas 

A rejeição à vacina de alguns membros do funcionalismo público municipal está desestabilizando o ambiente de trabalho. Na Secretaria de Educação, dois funcionários dizem em alto e bom som que não irão se vacinar contra covid-19. Um deles, um idoso, pastor evangélico, costuma questionar a qualidade das vacinas.  A secretária Anaci Paim enviou ofício, exigindo que todos colaboradores da secretaria se imunizem, o mais rápido possível ou sofrerão sanções. Até o momento, ambos ignoraram. Não tomar vacina é direito deles. Entretanto, o interesse individual não pode se sobrepor ao coletivo. A recusa à vacinação pode colocar em risco a saúde dos demais empregados. A demissão desse tipo de negacionista é questão de saúde pública.

Foguetinhos Velamados / 18 de junho de 2021 - 12H 11m

Foguetinhos Velamados

C’est la vie Feira
Essa semana, o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, afirmou que sente falta de ser convidado para participar das reuniões de trabalho do presidente Jair Bolsonaro com os ministros do governo federal. “Sinto falta. A gente fica sem saber o que está acontecendo. Paciência, né? C’est la vie [é a vida], como dizem os franceses”, lamentou. Leia de novo essa nota, mas substitua Mourão por Fernando de Fabinho, Bolsonaro por Colbert Filho e os ministros pelo secretários municipais de Feira de Santana. A semelhança não é mera coincidência.

Mais um 
O deputado federal Zé Neto sofreu uma baixa no seu squad. Fiel escudeiro do petista por muitos anos, o advogado Tarcisio Branco mudou de lado e agora faz parte do grupo do deputado estadual Angelo Almeida (PSB). Por indicação do socialista, ele foi nomeado para um cargo de gestão e planejamento na Secretaria Estadual de Agricultura.  Branco foi candidato a vereador pelo PT em 2020 e teve 2.635 votos, ficando na segunda suplência.

Futuro indefinido 
A deputada federal Dayane Pimentel, ex-bolsonarista, pode ser “rebaixada de posto”. A parlamentar do PSL estaria cogitando disputar a eleição de 2022 em busca de uma vaga na Assembleia Legislativa da Bahia.  A negociação passa pelo deputado federal Elmar Nascimento, récem chegado ao PSL.  A sigla também não descarta lançar Dayane ou Elmar em uma chapa majoritária.

Futuro definido
Ex-deputado federal e atual vice-prefeito, o nome de Fernando de Fabinho tem sido cogitado para uma tentativa de retorno à Câmara Federal. Entretanto, uma fonte próxima do democrata revelou ao blog que a chance disso acontecer é zero. Fabinho “quer paz”.

Novos nomes
Os feirenses Carlos Medeiros e Tiago Martins, filiados ao Partido Novo, estão se apresentado como candidatos a deputado federal. Tiago é ex-presidente municipal do partido e Carlos foi candidato a prefeito em 2020 obtendo 7.259 votos.  O Novo decidiu não lançar candidaturas a deputado estadual na Bahia em 2022.

Professores na Globo
A Prefeitura de Feira de Santana vai pagar R$ 186 mil ao mês para que os 51.618 estudantes da Rede Municipal de Educação assistam aulas via canal de TV Aberta. O prefeito Colbert Martins e a secretária de Educação, professora Anaci Paim, assinaram essa semana o contrato com a Rede Bahia que permitirá a exibição das aulas via canal alternativo da TV Subaé. Apesar do professorado feirense agora ter status de globais, o salário continua sendo de funcionário da Rede TV.

Foguetinhos Velamados / 11 de junho de 2021 - 16H 17m

Foguetinhos Velamados

Câmara x Colbert 
O grupo de vereadores que se diz independente continua firme e forte na Câmara de Feira de Santana. Mas, o prefeito Colbert Filho não está mais ignorando os membros do G11. Pelo contrário, o alcaide começou a mapear os parentes dos edis que ocupam cargos de confiança na gestão, e está enchendo o Diário Oficial de exonerações diariamente. Tem irmão, mulher e filho de vereador perdendo a “boquinha”.

Revolta da Mamata
Com as exonerações, alguns dos vereadores estão subindo à tribuna para reclamar da retaliação do prefeito. Uns choram, outros gritam desafinados. Em comum, a sede de vingança com gosto de impeachment.  Em tempos de memes, a população feirense já apelidou o episódio de “revolta da mamata”.

Cadê o dinheiro?
O Blog do Velame passou os anos de 2018, 2019 e 2020 divulgando diversas reportagens que mostravam gastos excessivos na Câmara de Feira, sob a presidência do vereador José Carneiro. Vale alimentação, farra das diárias, contratação de funcionários fantasmas, dentre outras denúncias, foram ignoradas pelos órgãos de controle. Agora, em 2021, mesmo com arrecadação menor do que os anos anteriores, a atual gestão irá devolver mais de R$ 2 milhões à Prefeitura de Feira. A gestão “Carneiro” não devolvia nada, gastava cada centavo. Essa enorme diferença é mais do que prova da malversação do dinheiro público. Alô, MP, ainda dá tempo de agir.

Novato na área
Pode parecer estranho, mas até o momento, o candidato a deputado federal mais bem posicionado em Feira de Santana é Gabriel Nunes. Natural de Euclides da Cunha, filho do deputado Zé Nunes, o jovem sucederá o pai na política a partir de 2022 e vem se articulando forte na “Princesa”. Ele já conta com o apoio dos vereadores Lulinha (DEM), Zé Curuca (MDB), Pastor Valdemir (PV) e Jurandyr Carvalho (PL). Gabriel é filiado ao PSD.

O erro 
Muitos prefeitos, vereadores e agregados da política estão apelando para o ditado “Quem tem boca vai a Roma”, para se aproximar do Ministro João Roma, cotado para ser o candidato de Bolsonaro ao governo da Bahia. Entretanto, os desavisados devem ser informados que o ditado, na forma correta, usado na Roma antiga na verdade era “Quem tem boca vaia Roma”.

Professor Pitaya 
O deputado estadual Angelo Almeida segue empenhado em difundir a cultura da Pitaya na Bahia. Essa semana, o político feirense organizou uma apresentação online do engenheiro agrônomo Dejalmo Nolasco, o Professor Pitaya, sobre a viabilidade da cultura do fruto no semiárido baiano e em toda Bahia. Na Assembleia, Angelo já ganhou o apelido de “pai da pitaya”.

Homenagem 
A sala da Presidência da Câmara Municipal de Feira de Santana vai ganhar o nome: vereador Reinaldo Miranda Vieira Filho. Isso porque há um Projeto de Resolução em tramitação na Casa, de autoria do vereador Galeguinho SPA (PSB), para homenagear Ronny, como era conhecido o vereador na Casa Legislativa onde autuou por três mandatos. Ele morreu, aos 41 anos, em 2017. Deixou dois filhos e a esposa, Lú de Ronny, que é vereadora nesta legislatura.

Foguetinhos Velamados / 04 de junho de 2021 - 15H 09m

Foguetinhos Velamados

UFC Feira 

O clima na Câmara de Feira anda muito tenso. Há quem aposte que, não demora, um BO de vias de fato seja registrado na Casa da Cidadania. Os vereadores Correia Zezito e Paulão do Caldeirão, ambos enquadrados na categoria de peso pesado, lideram a casa de apostas. Zezito já chegou a chamar o colega de “maluco”.

Rádio “família”  

Pedofilia, abuso sexual e agressão física não parecem incomodar a Fundação Santo Antônio dos Frades Capuchinhos, que controla as rádios Sociedade News e Princesa FM. Vide o caso recente que foi solenemente jogado para debaixo do tapete pela direção da Fundação. E isso, bem antes do envolvido ser internado com covid-19, doença da qual lamentavelmente acabou sendo vítima. Para completar, o atual advogado das rádios é o ex-procurador Icaro Ivinn, que responde processo por assédio sexual e confessou ter feito sexo com uma funcionária dentro de uma repartição pública da Prefeitura de Feira.

Soar do gongo 

Falando em briga, rumores de um racha entre o prefeito Colbert e o ex-prefeito José Ronaldo seguem ganhando força nos bastidores da política feirense. Ambos negam publicamente qualquer desavença, mas quem acompanha de perto o dia a dia da dupla sabe que o nocaute na relação é questão de tempo.

Os Guardiões

Se depender de apoio jurídico, o presidente da Câmara de Feira, Fernando Torres, pode ficar tranquilo. De estilo explosivo e desafiador nos discursos, o vereador conta com um grupo apelidado de “Guardiões”. São os advogados André Novais, Tadeu Ferreira e Otávio Soares que atuam como procuradores da Casa e estão sempre na retaguarda do presidente. Além do trabalho que o explosivo chefe dá, os causídicos também são responsáveis pelos pareceres jurídicos da Câmara.

Galeguinho “Cesta Básica”

O vereador Galeguinho SPA foi ouvido pela Polícia Federal por conta da distribuição de cestas básicas, em Feira de Santana. O cantor realiza esse tipo de caridade há alguns anos e continua desenvolvendo depois de eleito. O problema é que, agora, a bondade pode ser encarada pelas autoridades como campanha eleitoral antecipada. Galeguinho, inclusive, já se declarou candidato a deputado federal em 2022.

CPI e PF

Outras autoridades também visitaram a Polícia Federal na última semana: o vereador Paulão do Caldeirão e o prefeito Colbert Filho. Ambos foram prestar esclarecimentos sobre a distribuição de cestas básicas no período eleitoral, em novembro de 2020. A investigação da PF segue firme apesar da suspensão da polêmica CPI que transcorria na Câmara Municipal.


Frase da Semana

O mundo não está ameaçado pelas pessoas más, e sim por aquelas que permitem a maldade.

Albert Einstein

Foguetinhos Velamados / 14 de maio de 2021 - 09H 55m

Foguetinhos Velamados

Entrave pro futuro 
O presidente da Câmara de Feira, Fernando Torres, tem feito recorrentes elogios ao ex-prefeito José Ronaldo e críticas ao atual, Colbert.  Torres é presidente do PSD municipal e forte aliado do Senador Otto Alencar, candidato à reeleição em 2022. Isso significa que apesar de bastante elogiado, Ronaldo não deve contar com o voto do presidente, caso se candidate ao Senado, visto que em 22, apenas uma vaga ao Senado Federal estará em disputa.

Impeachment
A tal CPI da Cesta Básica causou um burburinho sobre impeachment em Feira de Santana. É bom lembrar que segundo a Lei Orgânica do município, para afastar um Prefeito se faz necessário dois terços dos votos. Ou seja: 14 dos 21 vereadores precisam votar favorável.

Show de horrores 
Falando em CPI, a primeira reunião da comissão para ouvir o denunciante, que disse em depoimento, que não fez denúncia nenhuma, foi um verdadeiro show de horrores. Paulão entregou um CD e reportagens de jornais, sem fatos novos. O presidente da CPI, o novato e desinformado Emerson Minho, guardou as provas públicas só pra membros da comissão e deu “piti” com quem questionou.

Sem amor 
Como bem lembrou uma leitora do blog, CPI não é relacionamento amoroso, que basta confiar na palavra e pronto. A Administração Pública tem que ser transparente, adotar medidas de confiabilidade e segurança dos dados em sua posse. Vereador é empregado do povo, e não ao contrário. Viu, Minho?

O técnico  
Ainda sobre CPI da Cesta Básica, o diretor da Casa, ex-vereador Fábio Lucena é quem dá as cartas do que pode e o que não pode ser feito à Comissão. Minho, Silvio Dias e Eremita Mota são só os interlocutores. Quem esteve presente na sessão, pôde observar que Lucena era o verdadeiro condutor dos trabalhos.

Coerência 
Na Câmara de Feira, coerência anda em falta. Essa semana, o vereador Zé Curuca, membro da Comissão de Constituição e Justiça, assinou parecer contrário a tramitação de um projeto considerado inconstitucional. Entretanto, quando o parecer do projeto foi votado no Plenário, o representante do distrito de Humildes votou contra o próprio documento assinado por ele.

Foguetinhos Velamados / 30 de abril de 2021 - 14H 44m

Foguetinhos Velamados

Puxa-saco
O novo presidente do Flu de Feira, ex-secretário afastado por acusação de assédio, foi tietar Jair Bolsonaro na BR-101. Com o time rumo a 2ª divisão, o récem empossado não encontrou nada mais interessante a fazer para ajudar o clube e foi, numa aglomeração, entregar uma camisa ao presidente da república. Tudo isso, em meio a pandemia e no dia que Feira havia registrado cinco mortes por Covid-19.

Tristeza
Coincidência ou não, o técnico  Zé do Gol anunciou na terça-feira (27), um dia depois do ato irresponsável do presidente, o desligamento do Fluminense de Feira. Através de uma publicação no Instagram, o treinador informou o motivo que o fez deixar o clube. Ele revelou estar abalado psicologicamente com casos de covid-19 na família. Seu pai, José Pereira, faleceu em decorrência da doença no último dia 10 e sua mãe está na internada em UTI.

Almoço indigesto
No almoço oferecido ao presidente Bolsonaro no 35° BI, o prefeito de Feira de Santana, Colbert Filho, teve lugar à mesa. O feirense sentou ao lado do Carlos Bolsonaro, o Carluxo, durante o rega-bofe. Apesar da proximidade, os dois pouco conversaram. Carlos preferiu dar mais atenção ao celular.

Engana bobo
Ainda sobre a visita de Bolsonaro à Feira de Santana: Ele veio inaugurar um trecho de 22km dos 165km da BR-101. Ou seja, uma comitiva gigante e barulhenta para inaugurar menos da metade de uma obra iniciada no Governo anterior. Essa parece ser uma tática de marketing do Governo, já que a duplicação da BR-116 que liga Feira à Santa Barbara também já foi inaugurado duas vezes e ainda está longe de ser concluída.

Sindicato clubista
Uma repórter foi ofendida por Bolsonaro durante a passagem dele na Bahia e logo o Sinjorba se manifestou. Atitude correta do sindicado que deve proteger os jornalistas baianos. Uma pena que o mesmo sindicato ignore episódios que envolvem o governo petista no Estado. Rui Costa bloqueia jornalista nas redes sociais, o ex-governador Wagner já colocou secretário de segurança e de saúde pra intimidar jornalista e o Sinjorba, nunca se pronunciou. O famoso dois pesos, duas medidas. Clique AQUI e entenda.

Justa reivindicação
Os bancários também querem espaço na fila de prioridades da vacinação contra covid-19. Eritan Machado, vice-presidente do Sindicato dos Bancários de Feira de Santana, defendeu a posição na tribuna livre, da Câmara Municipal. Segundo ele, as agências não fecharam e estão sempre superlotadas expondo todos, ao risco de infecção. Até porque o manuseio de muito dinheiro pode – além de outros malefícios –  ser o objeto de transmissão do vírus da Covid 19.

Panela de pressão
Fato raro de acontecer em Feira de Santana é uma CPI. É tão difícil de acontecer que, quando se torna realidade, todo mundo acha que é lenda. Entretanto, um grupo de vereadores está com “gosto de leite” na boca, pronto para dar o bote nas cestas básicas da Sedeso. A CPI só não acontece se eles trocarem as cestas básicas por fartos jantares regados a bons drinks e suculentas refeições.

Foguetinhos Velamados / 23 de abril de 2021 - 08H 00m

Foguetinhos Velamados

Feiroeste
Feira de Santana é a nona cidade mais violenta do mundo. A afirmação é baseada em um estudo do Conselho Cidadão para a Segurança Pública e a Justiça Penal do México. Com taxa de 67,46 homicídios por 100 mil habitantes, a Princesa do Sertão poderia facilmente mudar de apelido para a Rainha do Crime. Além de Feira, Vitória da Conquista, na 20ª posição, e Salvador, na 28ª também figuram na lista das 50 cidades mais violentas do planeta. Essa vai pra conta do governador Rui Costa, já que zelar pela segurança pública é atribuição principalmente do Estado.  Clique AQUI pra ver o estudo na íntegra.

Buraco City 
Falando em Feira, mais uma vez a chuva afundou o Novo Centro. Vendido como moderno e futurístico, a propagandeada obra vira uma buraqueira só, após qualquer chuva mais forte. A Prefeitura de Feira precisa cobrar da empresa responsável um trabalho digno da quantia paga. Foram investidos mais de 60 milhões.

Deu ruim  
Um deputado sabidão usou a verba indenizatória pra comprar um valorizado imóvel. Pagava como se fosse aluguel, a prestação de compra de uma casa onde funcionava o escritório político. Negociação ilegal. Passaram-se alguns anos e o caso parecia que tinha passado despercebido pelas autoridades. Mas só parecia. A PF em breve deve bater na porta do sabidão para cobrar explicações. Será que foi em Feira?

Novidade 
O podcast Cidades Abertas já está no ar. Apresentado por Rafael Velame e Ana Paula Gomes, o podcast faz parte do Tramas Democráticas, um programa de intercâmbio do Goethe-Institut que busca ampliar o diálogo sobre inovações cívicas e democracia digital na América do Sul. No primeiro episódio a discussão foi sobre cidades inteligentes e dados abertos. Ouça no Spotify clicando AQUI.

Professora arrependida 
E pró Day? Já está dando aula de cinismo ao tentar se reaproximar do prefeito Colbert. Indícios de que a bolsonarista arrependida estaria buscando junto a ACM Neto, apoio para se tornar a principal candidata a deputada federal do grupo em Feira de Santana. Durante a eleição municipal, Dayane Pimentel fez duros ataques ao prefeito que tentava a reeleição. Após a acachapante derrota no 1º  turno, buscou abrigo no 2º  turno no grupo de Zé Neto e acabou derrotada novamente. Agora, busca o perdão eleitoral para tentar salvar o mandato.

Incompetência atípica? 
O bairro Jardim Brasil é invenção da construtora feirense LMarquezzo. Essa semana, após as chuvas, algumas casas do “bairro planejado” ficaram comprometidas. Para a reportagem da TV Subaé, a construtora alegou que a drenagem do condomínio afetado está funcionando normalmente, mas que a quantidade de chuva foi atípica. Diante da afirmação da LMarquezzo, sugiro que o material publicitário de venda das casas siga acompanhado do seguinte alerta: As casas que construimos só suportam até x milímetros de chuva. Assim, a empresa seria mais sincera com os compradores. Afinal, qualquer construtora que se preze sabe que chuva é um fenômeno mais do que normal.

Foguetinhos Velamados / 16 de abril de 2021 - 10H 23m

Foguetinhos Velamados

Pai da pitaya

O deputado estadual Angelo Almeida se apaixonou pela pitaya. A fruta originária do México é da espécie de cactos epífitos, muito parecida com o mandacaru e com a palma, tipos abundantes no semiárido baiano e fez com que o parlamentar a abraçasse como uma oportunidade para agricultura familiar baiana. Ele tem conversado com diversos setores do Governo do Estado sobre a importância de investir em novas alternativas para o agricultor familiar e uma delas é a produção de pitaya. A fruta tem um bom valor de mercado, não precisa de muita água para o cultivo e tem ganhado popularidade no Brasil.

Gol contra

O Fluminense de Feira vive um dos piores momentos da história. Os últimos presidentes renunciaram, o clube está atolado em dívidas e em péssima situação no Campeonato Baiano. Mas, não há nada tão ruim que não possa piorar. O ex-procurador Icaro Ivinn, afastado da Prefeitura de Feira de Santana por acusação de assédio, tem se colocado como candidato a presidente do clube. Icaro tem o carisma de um chuchu estragado e a credibilidade anda em baixa desde as aparições nas páginas policiais. Ou seja, tudo que o Touro não precisa. A eleição acontece na próxima semana e já tem gente com saudade de Tom e Deraldão.

Mudando de time

A ida de José Ronaldo aos eventos do Ministro João Roma é só uma tentativa de dizer para ACM Neto que, caso ele não queira, tem quem queira. Ronaldo já avisou que é candidato em 2022, mas ainda não disse qual cargo vai disputar. Deseja uma vaga no Senado na chapa de Neto, entretanto já sentiu que está sendo “fritado” pelo aliado e busca recolocação no “mercado”. Roma deve ser o principal representante de Bolsonaro na Bahia na próxima eleição. Resta saber como ficará Colbert nessa encruzilhada.

Otimista

Vereador eleito com apenas 1.783 votos, um dos menos votados da eleição municipal 2020, o cantor Galeguinho SPA já sonha com voos mais altos. Essa semana ele anunciou que será candidato a deputado federal. Segundo o edil, o convite para disputar uma vaga em Brasília partiu da deputada Lídice da Mata.

Feirense do feiraguay

Falando em candidato, quem segue firme no propósito de ser reconhecido como um político genuinamente feirense é Robinson Almeida. Deputado estadual apadrinhado pelo deputado federal Zé Neto, o parlamentar segue disputando espaço com José de Arimateia, Carlos Geilson e principalmente Angelo Almeida. A meta do petista é ter mais votos na cidade do que o trio feirense.

 

Foguetinhos / 09 de abril de 2021 - 09H 21m

Foguetinhos Velamados

Mal amado 

O novo secretário de saúde de Feira de Santana não é bem visto por servidores da pasta. Taxado de arrogante, o médico Marcelo Brito estaria transformando a secretaria em uma extensão do Hospital HTO, do qual é sócio, e usando funcionários privados em tarefas do município. Para piorar o clima, o secretário proibiu servidores de almoçar nas salas da secretaria e determinou que as refeições sejam feitas embaixo de uma escada.

Rua pela metade 

Moradores da rua Dr. Vicente dos Reis no bairro Papagaio não aguentam mais apelar por uma solução à prefeitura de Feira de Santana. Também conhecida como Avenida Quintas do Sol, a rua é paralela à avenida Fraga Maia e foi feita pela metade. Um trecho de cerca de 500 metros foi esquecido e segue sem pavimentação. Resta saber se o esquecimento foi proposital, ou se faltou competência/honestidade na medição.

Sem transparência 

Atitude louvável do vereador Galeguinho em doar todos os salários para a caridade. Mas, só falar que faz não é o suficiente; é necessário provar de forma transparente. Em janeiro, fevereiro e março o político neófito divulgou fotos nas redes sociais e os supostos destinos do dinheiro. Entretanto, não apresentou nenhuma nota fiscal ou comprovante de depósito que comprovasse a totalidade das doações.  A falta de transparência já começou a levantar suspeitas sobre a veracidade da boa ação.

Bom companheiro 

O deputado estadual Carlos Geilson assumiu o posto de “cão de guarda” do Governo Colbert. Mas, só quando o assunto é referente ao Governo Rui Costa.  Ressentido com o PT, Geilson tem saído em defesa do governo municipal sempre que alguma crítica é feita pelo grupo petista.  O tucano sonha em ser o “preferido” de Colbert na eleição de 2022.

Zero à esquerda 

Vice-prefeito é um cargo ingrato. É o segundo na linha sucessória municipal, mas não tem nenhum poder. No caso de Feira de Santana, o vice Fernando de Fabinho foi apresentado, durante a campanha, como um grande articulador político que ajudaria bastante o prefeito Colbert na gestão. Entretanto, o ex-deputado não tem tido influência no governo e muitas vezes nem suas ligações são atendidas pelo prefeito. Perto do poder, mas nem tanto.

Caça níquel  

Vereadores de Feira de Santana já começaram a temporada caça níquel. A tática é anunciar uma candidatura própria ou de parentes ao cargo de deputado para, futuramente, negociar desistência e anunciar apoio a outro postulante com mais chances de eleição. Tática antiga e sempre presente na Câmara feirense, que normalmente acaba em troca de cargos e favores financeiros.

Foguetinhos / 15 de agosto de 2020 - 11H 23m

Foguetinhos Velamados (eleitorais IV)

* Chegou a hora de formar os “casais” eleitorais.

*Geilson não terá direito a escolher seu par. Targino é o “pai da noiva” que o ex-deputado será obrigado a casar.

*Zé Neto vai casar por interesse. A dúvida é entre um pepista oportunista ou um pepista neófito.

*Colbert também viverá um casamento arranjado pelo pai-Ronaldo.  

*Tourinho casou com o único bom partido disponível no…partido.

*Os novistas fizeram seleção para escolher quem estava escolhida antes da seleção.

*O pastor candidato ainda procura uma varoa para espalhar a palavra.

*A pimentinha ainda arde nos olhos dos outros.

* Se você não entendeu nada reclame no Procon.

*Clique AQUI para ler os outros foguetinhos.

Foguetinhos / 07 de maio de 2020 - 09H 26m

Foguetinhos Velamados (de pandemia)

*Candidato prefeito do Partido Novo quer reabrir o Shopping.

*Candidato a prefeito do Partido Novo tem dois restaurantes no Shopping.

*O prefeito Colbert Filho não quer reabrir o Shopping.

*O prefeito Colbert Filho reabriu o Feiraguay.

*O deputado Zé Neto cobra, com razão, ações da Prefeitura de Feira.

*O deputado Zé Neto protege, sem razão, a omissão do Governo Estadual com Feira.

*A deputada Dayane Pimentel é uma das maiores críticas do Governo Bolsonaro.

* A deputada Dayane Pimentel é uma das maiores responsáveis pelo Governo Bolsonaro.

*As contradições nos definem e ao mesmo tempo nos desmantelam.

Foguetinho / 13 de março de 2020 - 08H 00m

Foguetinhos Velamados (eleitorais III)

*O PT de Feira de Santana deve ter contraído o coronavírus. Só isso explica o grau de isolamento da candidatura de Zé Neto na cidade.

*Targino Machado tentou jogar o jogo da paciência. Não conseguiu. Rasgou as cartas.

*Se conhecesse Zé Ronaldo saberia que o ex-prefeito gosta de jogar xadrez.

*Colbert não gosta de cartas, nem de tabuleiro. Prefere assistir os outros jogando.

*Carlos Geilson com a sua dificuldade de achar o caminho certo. Queria ir para Salvador de ônibus. Resultado: comprou passagem para Milagres, desceu em Santo Estevão e voltou caminhando para Feira.

*Jhonatas, o Rasta, ressuscitou no Twitter. Outubro chegando…

*PP é do leão mas anda namorando um camaleão.

*Metade do Partido Novo feirense é composto de velhos eleitores de Bolsonaro. A outra metade é de eleitor velho de Bolsonaro arrependido.

*Justiniano de Carvalho França se autoproclamou vice de alguém.

Foguetinhos Velamados / 21 de fevereiro de 2020 - 15H 11m

Foguetinhos Velamados (eleitorais II)

*Targino Machado colocou o bode na sala.

*José Ronaldo começou a preparar a buchada.

*Colbert Filho nem comeu e já teve indigestão.

*Geilson fez 60 e teve 171 da política indo comer bolo.

*Pink e Cérebro Pimentel seguem bolando um plano infalível.

*E o Rasta véi? Ninguém sabe…

*Angelo/Tourinho/Arimateria são das antigas mas querem ser o “nome novo”.

*Já o nome do Partido Novo é tão novo que ninguém nunca viu em Feira.

*Zé Neto paz e amor segue tentando convencer o feirense que mudou.

*Bom Carnaval para quem merece!

Histórico

2019
set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2018
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2017
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2016
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2015
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2014
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2013
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2012
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2011
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2010
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2009
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2008
dez | nov