×

Busca

(12) registro(s) encontrado(s) para a busca: BNEWS
Política / 17 de setembro de 2019 - 18H 17m

TRE julga processo que pode cassar mandato de Targino Machado

Após o deputado estadual Targino Machado (DEM) “sumir” para a Justiça, chegou a hora do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) julgar se retira ou não o seu mandato. No dia 23 de setembro o democrata será julgado pela corte após, supostamente, cometer o crime de corrupção eleitoral. De acordo com o site BNews, a Corte marcou a sessão para 14h30. Segundo inquérito da Polícia Federal, Targino atendia, irregularmente, eleitores em Feira de Santana. De lá, as pessoas eram transportadas ara os municípios de Cachoeira e São Félix, onde tinham acesso, irregularmente, a serviços de saúde do Sistema Único de Saúde (SUS). O candidato foi denunciado pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia. Em despacho recente, o desembargador José Rotondano reclamou do parlamentar. “Aliás, em verdade, percebe-se que o investigado não deseja cooperar com o juízo acerca das imputações a si infligidas”, escreveu. (Metro1)

Câmara de Feira / 16 de setembro de 2019 - 13H 14m

Câmara de Feira já chegou a comprar 616 unidades de iogurte de uma só vez

Dando continuidade a série de postagens que expõe os gastos da Câmara de Feira de Santana, o Blog do Velame descobriu uma despesa curiosa. Entre 2015 e 2017 os edis estavam vorazes consumidores de iogurte e sucos. Nesse período, os alimentos foram adquiridos ao custo de R$ 17.767,60 da empresa Ki-Massa. Em apenas um dos registros de compra feito pela Câmara, foram adquiridos de uma só vez 616 unidades de iogurte semidesnatado com polpa de frutas e leite pasteurizado. Em 2018, contrato praticamente igual foi firmado com a empresa Mega Start no valor de R$ 17.497,60, mas os iogurtes foram retirados do cardápio, restando apenas polpas de frutas. O café dos vereadores e frequentadores do legislativo também não sai barato. Só da empresa Alfa Empreendimentos, em 2018, foi contratado R$ 13 mil de café e adoçante. Também da empresa Mega Start a presidência da Casa contratou R$ 14.099,80 em fornecimento de água mineral sem gás. Recentemente o Blog do Velame revelou também os gastos da Câmara com vale alimentação que ultrapassam os R$ 2 milhões anuais e que virou alvo de investigação no Ministério Público Estadual. 

Histórico

2019
set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2018
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2017
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2016
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2015
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2014
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2013
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2012
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2011
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2010
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2009
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2008
dez | nov