×
Câmara de Feira / 19 de agosto de 2022 - 12H 24m

Sem água e papel higiênico, escola de Feira de Santana suspende aulas, denuncia vereador

A falta de insumos básicos – especificamente água e papel higiênico – levou mais uma escola da Rede Municipal de Ensino de Feira de Santana a suspender as aulas. De acordo com as informações do vereador Jhonatas Monteiro (PSOL), este é o caso da Escola Municipal Quilombola Luiz Pereira dos Santos, na comunidade Lagoa Grande, no distrito Maria Quitéria. Com orçamento de mais de R$ 400 milhões para a educação, o vereador disse, na sessão desta quinta-feira (18), que a falta destes insumos é “inexplicável”.
Os problemas enfrentados por esta comunidade escolar vão ainda além. Há três meses sem receber seus vencimentos, os profissionais do serviço geral trabalham com receio de represálias, acrescenta o vereador. “Nem vou pedir providências, porque já está mais do que provado que o Governo Municipal não tem nenhuma condição de providenciar algum tipo resposta adequada. A educação está um verdadeiro caos desde o ano passado”.
Entrevista / 19 de agosto de 2022 - 11H 02m

Eleições 2022: Galeguinho diz que cultura será bandeira do mandato na Câmara dos Deputados

O Blog do Velame está realizando uma série de entrevistas com os candidatos a deputado estadual e federal com domicílio eleitoral, em Feira de Santana. Cada candidato é convidado a responder 5 perguntas, que são iguais para todos e buscam apresentar ao eleitor as ideias e propostas de cada um. O nosso quarto entrevistado é o vereador, eleito em Feira com 1783 votos, Galeguinho, do PSB, que busca um mandato na Câmara dos Deputados. Na entrevista, o candidato, apesar de ser de um partido que apoia Jerônimo ao governo do Estado, declarou estar “totalmente fechado” com ACM Neto.

Confira:

1 – Caso eleito, qual será a principal bandeira do seu mandato?

Eu defendo a cultura como a minha principal bandeira, e não poderia ser diferente. Prezo que os trabalhadores da cultura sejam mais valorizados e amparados.

É edificante ao jovem, forma de personalidade, apura os seus gostos, o faz fugir do senso comum. O adolescente culto abre pra si um leque muito grande de oportunidades.

Digo isso com total conhecimento de causa: o acesso à cultura me transformou!

Foi da música que por muitos anos tirei meu sustento e foi ela quem me fez conhecido à ponto de hoje ser vereador de minha cidade. Sou muito grato e quero que essa bandeira seja cada vez mais difundida e fortificada.

2 – Feira de Santana é sua principal base eleitoral? O que pretende fazer pelo desenvolvimento da cidade?

Por ser minha terra natal, onde fiz minha fama e onde venho tendo reconhecimento pelo bom trabalho empregado como vereador na cidade, é inegável que minha grande base eleitoral venha daqui.

Quero servir de ponte entre o governo municipal e o federal, um correspondente lá em Brasília à serviço da população feirense, amplificando a voz do meu povo e fazendo chegar mais facilmente à quem possa nos ajudar em votação de projetos que facilitem a captação de recursos para obras locais.

3 – Na sua opinião, qual principal problema da Bahia atualmente e o que o senhor pode fazer pra ajudar?

A Bahia é muito grande e tem potencial imenso de crescimento. Agropecuária, indústria, mineração e turismo. Sempre estamos em destaque na região nordeste e no país quando o assunto é economia. O problema é a população acaba não aproveitando os benefícios que essa posição deveria proporcionar.

Aumento de iluminação e vigilância pública onde não há, brigar por melhores equipamentos para nossa polícia, ampliação de pavimentação das vias e construção de redes de esgoto e revitalização de áreas que hoje não são bem aproveitadas.

Dinheiro pra isso tem, mas são necessários bons projetos para convencer aos colegas parlamentares à aprovarem em plenário.

Minha função nesse caso é angariar apoio com projetos bons, eficientes e maduros, buscando recursos agora em âmbito federal para sua aplicação.

4 – Qual é a estimativa de gastos para a sua campanha?

Olha, durante meu mandato venho doando grande parte de meu salário à instituições de apoio social, e eu sei que para eles esse dinheiro fez muita diferença. Dei isso como exemplo pois é fato que esse dinheiro para Fundo Eleitoral poderia ser melhor empregado se destinado à outras coisas.

Claro que é investimento necessário para alguém que queira ser político: se fazer conhecido, fazer suas propostas de candidatura serem vistas. Porém, acho que uma campanha, pra ser vencedora, não precisa custar muito. Sobretudo hoje com nosso eleitores bem engajados nas redes sociais.

Faremos o possível para que boa parte desse investimento venha de doação de colaboradores, pessoas que acreditam e apoiam nosso trabalho, preservando ao máximo a verba do Fundo Eleitoral. O eleitor pode ficar tranquilo que a transparência que sempre houve, desde minha candidatura à vereador de Feira, sempre se manterá.

5 – Quem o senhor apoia para Governador e para Presidente?

Para governador, fechado totalmente com ACM Neto! Um excelente gestor! Nasceu e foi criado em ambiente político, sabe como se comunicar com o povo e não o deixa desamparado, leva suas pautas às altas cúpulas da política e as traduz de forma clara, por isso é, e deve ser, muito respeitado de todos os lados. O admiro muito!

Para presidente, o Lula! Não tem como eu não apoiar alguém que ao fim de sua gestão fez o mundo discutir a entrada do Brasil ao G8, fomos a 6ª maior economia do mundo. Não posso ser contrário à alguém que tão bem amparou e cuidou de nossa cultura, minha principal bandeira, com diversos incentivos e projetos. Meu voto e apoio são integralmente dele.

Câmara de Feira / 19 de agosto de 2022 - 09H 49m

Câmara de Feira convoca Anaci Paim para prestar esclarecimentos sobre falta de funcionários nas escolas

Conforme o requerimento nº 216/2022, de autoria da vereadora Eremita Mota (PSDB), os secretários Anaci Paim, de Educação, e José Marcondes de Carvalho, de Administração, devem comparecer à Câmara Municipal no dia 25 de agosto, às 10h30, para prestarem esclarecimentos sobre o motivo de as escolas estarem sem funcionários em pleno meio do ano letivo. O documento deve ser encaminhado para conhecimento do prefeito Colbert Martins Filho.

Ainda de acordo com o que consta no requerimento, esse problema é recorrente em pelo menos 10 unidades educacionais do município. Diante disso, busca-se saber o motivo por trás da irregularidade das aulas, por que as escolas estão sem professores, sendo que no ano passado houve um concurso público para contratação de professores municipais, e que já teve os resultados divulgados.

Também é solicitado dos secretários esclarecimentos sobre o porquê de a merenda escolar não estar sendo distribuída nas escolas, bem como esclarecimentos concretos sobre o Centro Interprofissional de Atendimento Educacional (Interduc), o Ginásio de Esportes Péricles Valadares e os seus respectivos investimentos.

Além disso, segundo consta no requerimento, cristalizam-se dúvidas em torno da forma de execução dos atendimentos para estudantes com deficiência e da localização dos funcionários contratados, visto que o prédio se encontra desalugado. Por isso, a presença dos secretários na Casa Legislativa será importante para elucidar tais informações, bem como a respeito da quantidade de empregados terceirizados contratados ainda quando o funcionamento era realizado na rua Castro Alves, e a quantidade atual destes.

Também requer informações acerca da concernente localização dos terceirizados supramencionados, assim como qual a razão da não existência de sinalizações nos vidros do novo complexo educacional, e para que lugar se deu fim os móveis que deveriam ser utilizados para tal espaço. A indicação correspondente à quantidade de coordenadoras também faz parte do rol de questionamentos da vereadora que subscreve o requerimento para os secretários.

Feira de Santana / 19 de agosto de 2022 - 09H 34m

Após orientação da comissão de sindicância, Prefeitura de Feira afasta acusado de assédio

O diretor do Departamento de Gestão de Patrimônio, Jair Gomes Passos, está afastado de suas funções atendendo orientação da comissão de sindicância, que apura fatos que envolvem o servidor da Prefeitura de Feira. Ele é acusado de assédio moral e sexual. A denúncia foi feita através de reportagem do Blog do Velame, na última quarta-feira, 17 de agosto. O diretor é acusado por duas mulheres, que registaram queixa na DEAM, de assédio com conotação sexual.

A decisão acatada pelo secretário municipal de Administração, José Marcondes, foi publicada no Diário Oficial Eletrônico nesta sexta-feira, 19. Jair Passos ficará afastado pelo período de 60 dias.

A sindicância é composta por Dayse Cristiane Seabra Brandão, Jamilly Helen de Lima Guerra e Diego Oliveira Silva Azevedo.

Eleições 2022 / 18 de agosto de 2022 - 22H 34m

Quatro vereadores de Feira de Santana vão disputar eleições para deputado

No próximo dia 02 de outubro, milhões de brasileiros irão às urnas para escolher os seus representantes para os cargos de presidente da República, senador, governador, deputado federal e estadual. Dos 21 vereadores da atual composição da Câmara de Vereadores de Feira de Santana, quatro tentarão uma vaga na Câmara dos Deputados e na Assembleia Legislativa da Bahia.

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

Jhonatas Monteiro, do PSOL, é candidato a deputado estadual. Esta não é a primeira vez que ele tenta uma vaga na ALBA, foi candidato em 2014 e 2018, mas não foi eleito. Declarou um carro no valor de pouco mais de 51 mil reais. Jhonatas Monteiro foi eleito vereador de Feira em 2020 com 8292 votos.

Luiz da Feira, do Avante, concorre pela primeira vez a uma cadeira na Assembleia Legislativa. Em 2018, disputou para deputado federal, mas não teve êxito. Luiz está no segundo mandato de vereador em Feira. À Justiça Eleitoral, ele declarou mais de 67 mil reais, divididos entre um carro, aplicações e outras participações societárias. No pleito municipal de 2020, recebeu 3376 votos.

Lulinha, do União Brasil, tenta, pela quarta vez, ser deputado estadual. Está no quinto mandato como vereador em Feira de Santana. Declarou 335 mil reais em bens, como carros, terrenos, casas e aplicações na poupança. Lulinha conquistou 3920 votos nas eleições de 2020.

CÂMARA DOS DEPUTADOS

Já o vereador Galeguinho, do PSB, tentará uma vaga para representar a Bahia, enquanto deputado federal. À Justiça Eleitoral, Galeguinho declarou 263 mil reais em bens, divididos em uma casa, caderneta de poupança e outros bens e direitos. Atualmente, está em seu primeiro mandato de vereador e teve 1783 votos em 2020.

Entrevista / 18 de agosto de 2022 - 08H 37m

Eleições 2022: Dayane Pimentel declara voto em Soraia Thronicke e diz que bandeira do mandato será saúde e educação

O Blog do Velame está realizando uma série de entrevistas com os candidatos a deputado estadual e federal com domicílio eleitoral, em Feira de Santana. Cada candidato é convidado a responder 5 perguntas, que são iguais para todos e buscam apresentar ao eleitor as ideias e propostas de cada um. A nossa terceira entrevistada é a deputada federal Professora Dayane Pimentel, que busca seu segundo mandato, desta vez, pelo União Brasil.

Confira:

1 – Caso eleito, qual será a principal bandeira do seu mandato?

Saúde e Educação são as pautas mais relevantes para mim a nível municipal. As pessoas precisam de atendimento digno e de uma educação de qualidade.

2 – Feira de Santana é sua principal base eleitoral? O que pretende fazer pelo desenvolvimento da cidade?

Sim. Minha base principal é Feira de Santana. Quero continuar investido na minha cidade, continuar investindo muito na Saúde, Educação, Infraestrutura e Esporte.

4 – Na sua opinião, qual principal problema da Bahia atualmente e o que o senhora pode fazer pra ajudar?

Segurança, Saúde e Educação. Continuarei direcionando emendas para essas áreas e continuarei buscando aprovar leis que tornem esses atendimentos mais eficientes para a população.

3 – Qual é a estimativa de gastos para a sua campanha?
O permitido por lei.

5 – Quem o senhora apoia para Governador e para Presidente?
Para governador Acm Neto e para Presidente Soraia Thronicke.

Feira de Santana / 18 de agosto de 2022 - 00H 00m

Feira de Santana recebe ações do projeto “Cremeb Presente!”, entre 17 e 19 de agosto

A classe médica de Feira de Santana, segunda maior cidade da Bahia, será contemplada com as ações do Cremeb Presente!, entre os dias 17 e 19 de agosto. Os médicos da cidade terão a oportunidade de participar do Seminário de Responsabilidade Médica (clique aqui e saiba mais), por exemplo, além das conversas com os corpos clínicos das unidades de saúde visitadas e da Sessão Solene que irá homenagear os médicos da região. A programação contempla ainda a oferta de serviços de Pessoa Física e Jurídica e a palestra para os estudantes de Medicina. Na oportunidade, o Conselho irá homenagear com a entrega de Diploma Honorífico quatro médicos da região:  José Eduacy Lins; Luiz Marcello Peixoto Ramalho; Normeide Pedreira França; e Antônio César de Oliveira.

A iniciativa do Conselho, que já passou por quatro macrorregiões do estado, visa se aproximar da classe médica através de diálogos presenciais, após dois anos de pandemia, onde o Cremeb realizou todos os encontros de forma virtual. “Seguimos em compromisso com a proposta do projeto, que é prestar serviços, ouvir e dialogar com os médicos. O Conselho precisa saber quais as necessidades dos colegas e estar ciente da realidade dos médicos que atuam no interior, para que se tenha uma boa execução da profissão através da ética médica”, reiterou o presidente do Cremeb, conselheiro Otávio Marambaia, sobre a missão do evento.

Após visita na região Nordeste, na cidade de Feira de Santana, os próximos municípios a receberem o Cremeb Presente!, são: Vitória da Conquista (14 a 16 de setembro), Barreiras (28 a 30 de setembro) e Juazeiro (5 a 7 de outubro).

Confira abaixo a programação do Cremeb Presente! em Feira de Santana:

Dia 17.08 (Quarta-feira)

19h30 – Conversa com o corpo clínico e posse da Comissão de Ética Médica
Local: Hospital Geral Clériston Andrade

Dia 18.08 (Quinta-feira)

8h às 17h – Mutirão de Serviços (Pessoa Física, Jurídica e Tribunal de Ética Médica)
Local: Delegacia Regional do Cremeb em Feira de Santana (R. Barão do Rio Branco, 857, Feira de Santana – BA – Centro Med. Emp. Augusto Freitas, 5º Andar)

9h30 – Conversa com o corpo clínico
Local: Hospital D Pedro de Alcântara – Sta. Casa de Misericórdia

9h30 – Visita de Fiscalização
Local: Hospital São Matheus

9h30 – Visita de Fiscalização
Local: Hospital Unimed

9h30 – Visita de Fiscalização
Local: Hospital Francisca de Sande (HAPVIDA)

14h – Visita de Fiscalização
Local: Policlínica Regional de Feira de Santana

14h30 – Conversa com os estudantes de medicina da UEFS
Local: UEFS

14h30 – Visita de Fiscalização
Local: Hospital EMEC

14h30 – Visita de Fiscalização
Local: Hospital da Mulher

14h30 às 17h – Seminário de Responsabilidade Médica
Loca: Atmosfera Hotel

19h30 – Sessão Plenária Solene Pública em homenagem aos médicos da região
Homenageados especiais: Dr. José Eduacy Lins, Dr. Luiz Marcello Peixoto Ramalho, Dra. Normeide Pedreira França e o Dr. Antônio César de Oliveira.
Local: Atmosfera Hotel

Dia 19.08 (Sexta-feira)

8h às 17h – Mutirão de Serviços (Pessoa Física, Jurídica e Tribunal de Ética Médica)
Local: Delegacia Regional do Cremeb em Feira de Santana (R. Barão do Rio Branco, 857, Feira de Santana – BA – Centro Med. Emp. Augusto Freitas, 6º Andar)

Feira de Santana / 17 de agosto de 2022 - 15H 36m

Escola de Feira de Santana suspende aula por falta de material de limpeza

O Centro de Educação Básica da Universidade Estadual de Feira de Santana, que funciona no bairro Cidade Nova, em Feira de Santana, precisou suspender as aulas por 48 horas para a realização de uma higienização do prédio da escola.

Segundo informações que foram passadas para a reportagem, alguns materiais de limpeza, como água sanitária e sabão, deixaram de ser encaminhados pela Secretaria Municipal de Educação de Feira de Santana.

A orientação da Seduc era de que esse material não fosse comprado pela própria direção da escola, porque seria adquirido via licitação. Como os produtos não chegaram, foi decidido pelo corpo docente do CEB que os materiais seriam, sim, comprados com verba federal que a escola dispõe, originalmente, para adquirir materiais didáticos e pedagógicos.

Pelas imagens encaminhadas ao Blog, é possível perceber que as salas de aula do colégio estavam com muita sujeira. As aulas no CEB serão retomadas nesta quinta-feira, 18, com os espaços limpos.

O QUE DISSE A DIREÇÃO DA ESCOLA?

Através de nota, a direção do CEB informou que, “o corpo docente da escola se reuniu e decidiu por utilizar o recurso federal do qual a escola dispõe para compra de materiais didáticos e pedagógicos para comprar materiais de limpeza que suprissem a necessidade imediata. Essa decisão contraria a orientação da Secretária de não comprar itens que a SEDUC disponibiliza, como materiais de limpeza, porém, a situação era emergencial. Comprados os materiais, nos deparamos com a dificuldade de lavar a escola com a presença dos estudantes tendo uma equipe de serviços gerais reduzida já que, das três colaboradoras que necessitamos para suprir minimamente a necessidade da escola, estamos contando com apenas duas. Fomos obrigados pelas circunstâncias a suspender as aulas por dois dias para realizar a limpeza adequada do ambiente escolar. Asseguramos que essa carga horária será compensada e os estudantes não terão prejuízo pedagógico”, informou a direção do colégio.

Sobre o assunto, nós procuramos a Secretaria Municipal de Educação, mas ainda não tivemos retorno.

Entrevista / 17 de agosto de 2022 - 15H 22m

Eleições 2022: Desenvolvimento econômico adequado será uma das bandeiras de Zé Neto na Câmara Federal

O Blog do Velame iniciou uma série de entrevistas com os candidatos a deputado estadual e federal com domicílio eleitoral, em Feira de Santana. Cada candidato deverá responder 5 perguntas, que são iguais para todos e buscam apresentar ao eleitor as ideias e propostas de cada um. Agora, vamos conhecer um pouco mais sobre o candidato a deputado federal Zé Neto, do PT, que busca a renovação do seu mandato.

Confira:

1 – Caso eleito, qual será a principal bandeira do seu mandato?

Eleito, vou continuar na linha de ação que nós temos mantido no mandato atual. Trabalhando para que o Brasil possa ter um desenvolvimento econômico adequado e, esse desenvolvimento, alcance a agricultura familiar, serviços, alcance a indústria, o comércio e possa com o fomento público recompor as absurdas perdas que nós tivemos, em áreas como construção civil, ciência e tecnologia.

2 – Feira de Santana é sua principal base eleitoral? O que pretende fazer pelo desenvolvimento da cidade?

Pretendo continuar na nossa caminhada em busca de desenvolvimento para a cidade, numa ação junto ao governo do Estado, para que possamos fazer mais investimentos na infraestrutura da cidade.

Mas, fundamentalmente, continuar a defender bandeiras como a não venda dos Correios, da Petrobras, o retorno da Eletrobras ao controle público. A garantia que nós não vamos vender a nossa Caixa Econômica, o nosso Banco do Brasil, o nosso BNDES voltar a fazer fomento em desenvolvimento como era no passado. E tudo isso tem a ver com o desenvolvimento de Feira. E acho que nesse segundo mandato de deputado federal, Lula sendo presidente, nós vamos ter condição de ajudar e muito.

3 – Na sua opinião, qual principal problema da Bahia atualmente e o que o senhor pode fazer pra ajudar?

Na minha opinião, o principal problema do Brasil, que é o principal problema da Bahia, é a falta de encaixe do governo federal, nas políticas de desenvolvimento das áreas estratégicas dos estados e não é diferente na Bahia.

Nós precisamos recompor as políticas sociais. Voltar com o Minha Casa Minha Vida, que, aliás, em Feira de Santana e na Bahia foi extremamente importante para o desenvolvimento da nossa engenharia.

O que eu acho que é muito importante, é ver a Bahia ser reintegrada nesse processo de desenvolvimento, junto com o governo federal. Melhorando ainda mais a saúde, a Bahia é o estado que mais investe em saúde, seguramente, mas com recursos próprios. Então a gente precisa de mais recursos do governo federal para que essa área seja ampliada, especialmente para hospitais filantrópicos, como a Santa Casa de Feira, que passa por uma crise profunda, que se não fosse o Estado, estava fechada.

4 – Qual é a estimativa de gastos para a sua campanha?

O que nós pretendemos é gastar o fundo eleitoral e buscar fazer campanhas de arrecadação que possam nos trazer 10% ou 15% do fundo, para complementar a nossa campanha e eu vou ver se consigo fazer alguma doação pessoal. A nossa campanha normalmente não é muito cara. E se atém mais a gastos com comunicação, gráfica, logística, gabinete e pessoal, que este ano vai estar muito mais caro. Vamos trabalhar para ter uma campanha enxuta e fazer o máximo para economizar.

5 – Quem o senhor apoia para Governador e para Presidente?

Meu candidato a presidente é o presidente Lula, com Alckmin na vice. Para governador o querido amigo Jerônimo Rodrigues, com Geraldinho na vice. Espero que possamos manter a Bahia no rumo do desenvolvimento, dando continuidade ao nosso projeto de Estado. Projeto que já venceu quatro eleições, todas elas no primeiro turno. E buscar também contribuir para que o Brasil volte a ser feliz com o presidente Lula.

Histórico

2019
set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2018
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2017
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2016
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2015
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2014
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2013
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2012
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2011
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2010
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2009
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2008
dez | nov