Bahia,
 
Página Inicial
Perfil do Velame
Adicionar a Favoritos
TEATRO VAI AOS BAIRROS
 
Reportagens
Viva Voz
Cinema
 
 
 
 

Enviado por Da Redação - 25.3.2017 | 6h26m
#Cultura
Grupo Matita Perê lança CD Reino dos Encourados em Feira de Santana

Grupo Matita Perê lança CD Reino dos Encourados em Feira de Santana
A tanger notas e aboiar melodias. É com esse espírito de sertão musical que nasce o primeiro álbum oficial do grupo Matita Perê, Reino dos Encourados. O  lançamento está marcado para os dias 29, às 19 horas, no restaurante Casa do Sertão, em Feira de Santana, e 7 de abril, às 19h30, no Espaço Gonzaguinha, do restaurante Gibão de Couro, em Salvador. Gravado e mixado entre fevereiro e novembro de 2016, na Princesinha do Sertão e na capital baiana, o disco vem com uma especial homenagem ao pintor e compositor feirense de alma Giberval Melo (1939-2006). Formado pelos músicos e compositores Borega, Luciano Aguiar e Rafael Galeffi, o Matita – que está há 17 anos na estrada e é uma referência pela incrementação harmônica e pelos arranjos originais – buscou numa fantasia sertaneja a inspiração para o seu mais novo trabalho. O disco nasceu de um desafio lançado pelo presidente do jornal Tribuna Feirense, o médico César Oliveira, que queria apoiar um registro fonográfico de composições de Giberval, pai de Borega. O grupo aceitou a peleja e passou a desenvolver um álbum em que a obra matita dialogasse com a do homenageado, artista de olhar especial para as temáticas do vaqueiro e da existência humana diante da aridez do sertão, como bem exemplificam as toadas Andarilho e Carro de Boi e a guarânia de sotaque nordestino Velho Sertanejo, que integram o CD. Foi a partir dessa atmosfera que surgiu o Reino dos Encourados, reverência aos ritmos de grande apreço ao nordestino e também ao Portal do Sertão, Feira de Santana, antigamente conhecida como Santana dos Olhos d’Água, por conta das lagoas que abasteciam tropeiros e boiadas. A cidade foi o nascedouro do projeto e local onde a maior parte dele foi realizada. O também feirense Borega interpreta quase todas as melodias do pai. A exceção é o samba-canção Desejos, que recebeu a voz mais grave de Rafael Galeffi, e o xote Timidez, no qual Borega divide os vocais com o irmão Luizinho Melo, vocalista da banda Geração Nômade. Carregado de simbolismo, Reino dos Encourados já nasce premiado, pois a faixa Baião Bachiado, de Borega, foi vencedora do Festival da Educadora FM 2016, como Melhor Música Instrumental. Também é marcante, no disco, um pequeno trecho de Andarilho na voz de Giberval Melo, resgatado de uma gravação caseira em que o autor é acompanhado ao violão por seu irmão Marcelo Melo (1949-1984).
 
 

Enviado por Rafael Velame - 24.3.2017 | 5h15m
#Foguetinho
Vereador “máquina de requerimentos”

Vereador “máquina de requerimentos”
O vereador Lulinha (DEM) é um dos mais atuantes do legislativo feirense. Prova disso é que só essa semana, ele teve mais de dez requerimentos que foram votados e aprovados na Câmara Municipal de Feira de Santana. Entre os requerimentos estão desde solicitações à Coelba e Embasa em busca de energia e água para comunidades carentes até possíveis intervenções na Micareta 2017. O documento de nº 61, por exemplo, pede ao secretário Municipal de Cultura, Esporte e Lazer, Edson Borges, que tome conhecimento do projeto de lei de nº 34/2012, que proíbe o uso de recursos públicos para a contratação de artistas que em suas músicas, danças ou coreografias desvalorizem, incentivem ou exponham as mulheres a situação vexatória ou contenham manifestações de homofobia, discriminação étnica ou apologia ao uso de drogas ilícitas. A lei é de autoria do próprio Lulinha.
 
 
 

Enviado por Da Redação - 23.3.2017 | 8h51m
#Feira de Santana
Colbert Filho vai coordenar Grupo de Trabalho Projeto Feira 2030

Colbert Filho vai coordenar Grupo de Trabalho Projeto Feira 2030
O vice-prefeito Colbert Martins Filho vai coordenar o Grupo de Trabalho Projeto Feira 2030, criado pela Prefeitura de Feira de Santana, por meio do Decreto 10.219, de 20 de março de 2017. Terá o objetivo de acompanhar, coordenar, supervisionar, executar e propor políticas públicas para a implantação de um Programa de Desenvolvimento Sustentável no município, como mecanismo de alcançar resultados de desenvolvimento social, econômico, e ambiental, através de metas aplicáveis, com indicadores quantitativos e qualitativos. Caberá ao grupo selecionar órgãos, ações, projetos ou propostas que serão objeto de análise e estudos; criar subgrupos temáticos destinados a propostas vinculadas; convidar representantes de órgãos e entidades públicas, assim como membros da sociedade civil organizada para participar e discutir as propostas apresentadas para execução dos trabalhos, inclusive nos subgrupos; e requisitar dos órgãos e entidades públicas as informações necessárias à efetivação de seus objetivos. A participação no Grupo de Trabalho ou em seus subgrupos será considerada prestação de serviço público relevante, não remunerada.  O Grupo apresentará relatórios de suas atividades ao Chefe do Executivo a cada 90 dias. Formarão o Grupo, Antônio Carlos Borges Júnior – que exercerá as funções de Secretário-executivo; Carlos Brito, secretário de Planejamento; Claudenir Moreira Machado, do Instituto Pensar Feira e Sérgio Carneiro, secretário de Meio Ambiente.
 
 

Enviado por Agência Câmara - 23.3.2017 | 5h57m
#Brasília
Câmara aprova terceirização para todas as atividades da empresa

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou, nesta quarta-feira (22), o Projeto de Lei 4302/98, que permite o uso da terceirização em todas as áreas (atividade-fim e atividade-meio) das empresas. Foi aprovado um substitutivo do Senado para a matéria, que também aumenta de três para seis meses o tempo do trabalho temporário, prazo que pode ser alterado por meio de acordo ou convenção coletiva de trabalho. O texto será enviado à sanção presidencial. A matéria foi aprovada com parecer do deputado Laercio Oliveira (SD-SE), que excluiu do texto uma anistia para as empresas – tanto contratantes quanto de terceirização – relativa a multas e penalidades impostas com base na legislação modificada e não compatível com a nova lei. Outra mudança no parecer, relacionada ao trabalho temporário, inclui trecho da redação aprovada anteriormente pela Câmara para deixar claro que essa modalidade poderá ser usada nas atividades-fim e nas atividades-meio da empresa. Quanto às obrigações trabalhistas, o texto aprovado estabelece a responsabilidade subsidiária da empresa contratante em relação à responsabilidade da empresa de serviços terceirizados pelas obrigações trabalhistas. A redação anterior da Câmara previa a responsabilidade solidária. Todas as mudanças ocorrem na Lei 6.019/7. Saiba mais. 
 
 

Enviado por Da Redação - 23.3.2017 | 5h14m
#Brasília
Lídice propõe projetos na área de gestão das águas

 Lídice propõe projetos na área de gestão das águas
No Dia Mundial da Água, a senadora Lídice da Mata (PSB-BA) apresentou, no Senado, dois projetos para conservação dos recursos hídricos. O primeiro estabelece a obrigação, para os prestadores de serviços de abastecimento de água potável, de dar informações constantes e atualizadas aos consumidores sobre os volumes disponíveis nos reservatórios; projeções de consumo; planos de expansão e cronogramas de obras em andamento.  O segundo altera a Lei nº 9.433, de 1997, e inclui o conceito de segurança hídrica no âmbito da Política Nacional de Recursos Hídricos, transformando-o em um de seus pilares. Além disso, propõe como diretriz geral a articulação dos órgãos de recursos hídricos com os de proteção e defesa civil. Lídice chamou a atenção para a longa estiagem enfrentada pelos estados nordestinos.“O Nordeste enfrenta o sexto ano de uma das piores secas de sua história. As principais bacias e reservatórios da região apresentam situação crítica que já compromete o abastecimento em várias localidades”, alertou. Na Bacia do São Francisco, os reservatórios de Sobradinho, Itaparica e Três Marias, apresentam índices de volume útil aproximado de 15%, 19% e 33%, respectivamente. “A situação da Bacia do São Francisco não é isolada. E a crise hídrica, além de devastar a produção rural do semiárido nordestino, ameaça também o abastecimento de água para consumo humano. É preciso revitalizar o rio urgentemente”, disse.  Autora de um projeto de revitalização já enviado para a Câmara dos deputados, Lídice defende a preservação do rio e afluentes; recuperação de matas ciliares, saneamento básico nas cidades, fiscalização ambiental e criação de novas unidades de conservação. A parlamentar baiana também demonstrou preocupação com o volume de água armazenado na Barragem de Pedra do Cavalo, a maior da Bahia e que responde por mais de 60% do abastecimento de água de Salvador e Região Metropolitana, que caiu para 23%, uma redução de 3,7% em apenas um mês. “É o menor volume dos últimos 20 anos, resultante da pior seca da região da Bacia do Rio Paraguaçu desde fevereiro de 2008”, assinalou a senadora que ressaltou as ações efetivas do Governo do Estado no combate à seca com aquisição de bomba de reversão para aumentar o volume de captação das barragens, além de campanhas de conscientização, fiscalização e combate ao desperdício. Atualmente, a Bahia se encontra com 217 cidades em situação de emergência, com mais de 4 milhões de pessoas afetadas. Por fim, Lídice denunciou o desmonte de instituições que atuam no combate à seca como DNOCS e Sudene
 
 

Enviado por Da Redação - 22.3.2017 | 16h18m
#Câmara de Feira
Vereadores aprovam aumento da Previdência Municipal

Vereadores aprovam aumento da Previdência Municipal
O projeto de lei de nº 02/2017, de autoria do Poder Executivo, que altera dispositivos da Lei Complementar nº 25, de 18 de agosto de 2005, que dispõe sobre a alteração de custeio do Regime Geral da Previdência Municipal foi aprovado por maioria, em segunda discussão, nesta quarta-feira (22), na Câmara de Vereadores de Feira de Santana. O projeto recebeu os votos contrários dos vereadores Isaías de Diogo (PSC), Alberto Nery (PT), José Menezes Santa Rosa – Zé Filé (PROS), Edvaldo Lima (PP). Esta Lei Complementar entrará em vigor na data da sua publicação, revogando-se as disposições em contrário e produzindo seus efeitos a partir do prazo de 90 dias após a publicação. Na discussão do projeto, o vereador oposicionista Alberto Nery (PT) reclamou que os servidores terão que pagar a mais pela Previdência Municipal e que o Governo quer vender a imagem de que o valor será pouco. “Os representantes do Poder Público Municipal querem vender uma imagem de que o que o servidor público pagará pouco. Os professores reivindicam concurso e não a contratação de estagiários como hoje acontece. Os estagiários não pagam a Previdência”, criticou. Já o vereador Luiz Augusto de Jesus – Lulinha (DEM), discordando do vereador Alberto Nery (PT), que de acordo com ele discriminou os estagiários que prestam um bom serviço à cidade. “Tenho certeza que a maioria dos professores que estão aqui foram estagiários do Município e que com isso conseguiram se estabilizar”, afirmou. Lulinha ainda lembrou que no governo do ex-prefeito Tarcízio Pimenta houve concurso e que o prefeito José Ronaldo já chamou até os reservas do mesmo. O vereador José Menezes Santa Rosa – Zé Filé (PROS) destacou que aumentar o desconto no salário do trabalhador hoje não influenciará em nada no futuro. “Os 13% vão cobrir o rombo? Não vão! Aí futuramente eles trarão um novo projeto para aumentar ainda mais o desconto”, criticou. O líder do Governo na Casa, vereador José Carneiro (PSDB) explicou que não aprovando o projeto, no futuro serão os que hoje se aposentam os prejudicados com a Previdência Municipal falida. “Se a Previdência quebrar os ativos migram para o INSS e os que estão inativos migram para onde? Não há sensibilidade para olhar para os que já estão aposentados”, disse. O vereador Edvaldo Lima (PP) ressaltou que a Casa deveria parabenizar os professores presentes já que eles eram a essência da educação do Município. Ele ainda achou desnecessária a presença da Guarda Municipal, já que eles demonstram respeito. “Em nenhum momento eles vieram para badernar”, afirmou.
 
 

Enviado por Da Redação - 22.3.2017 | 16h10m
#Assembleia
Políticos bandidos querem aprovar lista fechada, afirma deputado

Políticos bandidos querem aprovar lista fechada, afirma deputado
O deputado estadual Targino Machado (PPS) demonstrou indignação, em discurso na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), ao falar sobre a discussão sobre o sistema eleitoral que pode ser adotado nas eleições de 2018. O parlamentar explicou que o sistema eleitoral vigente é o sistema proporcional, no qual o eleitor vota no candidato que escolhe, examinando a vida pregressa, a atuação e os ideias do candidato. Mas, de acordo com Targino, os políticos bandidos querem aprovar o sistema eleitoral com voto em lista fechada. “A opção que a bandidagem está excitada para aprovar é o sistema eleitoral com voto em lista fechada, no qual o eleitor não vota em um candidato, não vai para a sessão eleitoral após examinar e escolher um candidato para votar no número dele. Nesse sistema de lista fechada, o eleitor vai votar no partido que aquele candidato está. Mas o eleitor vai enganado, porque o partido escolhe uma lista de nomes dos candidatos que, conforme a vontade das direções partidárias, receberão uma ordem na lista e as vagas poderão ser até vendidas.  Infelizmente vai virar um mercado persa. Esse sistema promoverá isso na política brasileira”, detalhou. De acordo com o deputado, há políticos bons e ruins e o eleitor ainda pode escolher votar nos bons. Mas nesse sistema de lista fechada não será assim. “Imaginem, por exemplo, o PMDB do Rio de Janeiro. A lista já está fechada: Eduardo Cunha, Rodrigo Maia e até Moreira Franco que, mesmo sem votos, vão querer ser candidatos porque podem ser candidatos e serão eleitos nessa lista fechada, que é uma imoralidade. O que iremos esperar dessa classe política, dessa Câmara Federal? Se gritar pega ladrão, não fica um”, finalizou.
 
 

Enviado por Da Redação - 22.3.2017 | 16h00m
#Feira de Santana
Sebrae apresenta ferramenta voltada para empreendedores locais

Nesta sexta-feira, dia 24, das 9h às 12h, o Sebrae detalha à imprensa de Feira de Santana uma nova ferramenta para identificar oportunidades de negócios locais. A solução Radar Sebrae, lançada este mês em todo o Estado, é gratuita e traz informações estratégicas para os que estão iniciando no mundo empresarial. O encontro será realizado na sede da instituição, localizada na Rua Barão do Rio Branco, 1225, Centro. Na ocasião, também será feito o lançamento do programa Sexta de Oportunidades. Com início em abril, potenciais empreendedores poderão participar de encontros gratuitos, toda sexta-feira, com oficinas que duram duas horas cada, para elaboração de planos de negócios e orientações diversas. O encontro também irá oportunizar o contato com dados sobre o empreendedorismo em Feira de Santana, como identificação dos setores mais promissores; principais negócios por atividade econômica; visão geral da região; mapa de oportunidades e concorrência; indicadores de desempenho de perfis de negócios e informações socioeconômicas do perfil dos clientes de cada segmento. Estarão presentes no evento a coordenadora do Radar na Bahia, Marta Cardoso, e representantes de diversas entidades de Feira de Santana, como: Câmara de Dirigentes Lojistas de Feira de Santana (CDL); Associação Comercial e Empresarial de Feira de Santana (ACEFS); Instituto Euvaldo Lodi (IEL); Prefeitura de Feira de Santana; Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS); Sindicato dos Comerciários; Serviço Social da Indústria (SESI); bem como outras entidades do programa Feira Empreende.
 
 
 

Enviado por Da Redação - 21.3.2017 | 18h32m
#Câmara de Feira
Foi um “verdadeiro atropelo”, afirma Nery sobre votação da previdência

A sessão que marcou a votação do Projeto de Lei nº 02/2017, de autoria do Poder Executivo, sobre as mudanças no Custeio do Regime de Previdência dos Servidores Municipais, foi no mínimo agitada. Depois de um protesto caloroso da categoria, um tumulto na Galeria com direito a cadeira no ar, o projeto foi aprovado pela maioria. Mas tem vereador que pretende mudar isso. Segundo o edil Alberto Nery, que compõe a bancada de oposição da Casa, a votação foi “um verdadeiro atropelo” para acelerar a aprovação, e pretende pedir sua anulação. “A sessão foi suspensa quando eu iria fazer o uso da tribuna para debater a matéria, ainda na fase de discussão. Quando a sessão foi retomada, já com a presença da Polícia Militar no plenário, o projeto foi direto para a votação, diferente do que o Regimento Interno da Casa determina. Tentei garantir minha fala, sem êxito. Enquanto isso, a votação que se deu no painel, nem contou com o meu voto. Um verdadeiro atropelo. Vou questionar a legitimidade da votação, no que diz respeito ao regimento, buscando inclusive a anulação dessa sessão’, informou o petista. Até lá, o projeto segue na pauta e deve entrar na Segunda Discussão na pauta desta quarta-feira (22). Essa quarta-feira promete!

Assista o vídeo da confusão. 

 
 

Enviado por Rafael Velame - 21.3.2017 | 18h26m
#Câmara de Feira
Ronny justifica ausência em sessões tumultuadas

As duas últimas tumultuadas sessões na Câmara de Feira de Santana não contaram com a presença do presidente do legislativo, o vereador Ronny (PHS). Ao blog do Velame, o vereador informou que sua família passa por um momento delicado e por isso está ausente das sessões. O cunhado do vereador teve uma complicação médica ao realizar cirurgia bariátrica e está internado em estado crítico no Hospital da Bahia, em Salvador. “Minha família precisa da minha presença nesse momento, ele é como um irmão pra mim”, justificou. A sessão desta quarta-feira (22) também será presidida pelo vice-presidente, o vereador Tom (PEN).   
 
 
 

Enviado por Rafael Velame - 21.3.2017 | 17h38m
#Câmara de Feira
Previdência: confusão, cadeirada e pedido de anulação na Câmara de Feira

Previdência: confusão, cadeirada e pedido de anulação na Câmara de Feira

Apesar da confusão causada pelos professores manifestantes, foi aprovado em primeira discussão na sessão desta terça-feira (21), o Projeto de Lei que altera o valor da alíquota da previdência municipal em Feira de Santana. A segunda votação deve acontecer nesta, quarta-feira (21), e caso seja aprovado os servidores passaram a contribuir com 13% até 2019.  Liderados pela presidente da Associação de Professores (APLB), Marlede Oliveira, alguns professores subiram na bancada destinada a imprensa e ameaçaram quebrar o vidro que separa a galeria do plenário. Um professor não identificado chegou a arremessar uma cadeira no vidro e logo depois fugiu. Foi necessária a intervenção da Polícia Militar para que os ânimos se acalmassem.   O projeto recebeu voto contrário do vereador Isaías de Diogo (PSC) e a abstenção da vereadora Eremita Mota (PSDB). O vereador Alberto Nery (PT) informou ao Blog do Velame que vai entrar com um pedido de anulação da sessão. A sessão foi suspensa enquanto ele discursava contrário ao projeto e retomada já com votação aberta no painel, sem que o oposicionista tivesse votado. 


 
 

Enviado por Da Redação - 21.3.2017 | 16h55m
#Política
Angelo Almeida representa AL em seminário sobre Síndrome de Down

Angelo Almeida representa AL em seminário sobre Síndrome de Down
O deputado estadual Angelo Almeida (PSB-BA) participa, nesta terça-feira (21), do seminário “IR e VIR com independência - Empoderamento de Pessoas com Síndrome de Down”, no Senado Federal, a convite do senador Romário (PSB-RJ). O deputado baiano é presidente da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos e Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência da Bahia. De acordo com Angelo sua participação no evento, realizado no Dia Internacional da Síndrome de Down, possibilitará a troca de experiências e contribuirá com ideias que poderão subsidiar os trabalhos da Frente Parlamentar. “O senador Romário tem a causa das pessoas com deficiência como uma bandeira de luta e isso se assemelha ao nosso mandato, que vem dialogando com os autistas, as Apaes e outras entidades da sociedade civil. Portanto, o nosso papel com a Frente Parlamentar é o de fazer a interlocução com o governo do Estado para garantir que as políticas públicas cheguem para quem mais precisa ”, destaca o deputado. Para o senador Romário essa é a oportunidade de abrir os microfones para que pessoas com síndrome de Down falem sobre como conquistaram autonomia na vida profissional e pessoal. Ele cita o exemplo de sua filha Ivy, que completa 12 anos este mês, e tem um canal no youtube. “Eu acompanho de perto o desenvolvimento da Ivy e de outras pessoas com a síndrome. Não há barreiras que as impeçam de evoluir. Então, temos que compartilhar com outros pais essa fórmula de incentivo que permita o pleno desenvolvimento de uma vida plena”, declara o senador.
 
 

Enviado por Agência Câmara - 21.3.2017 | 9h25m
#Brasília
Motorista pode ficar isento de pedágio dentro de período de 20 minutos

Proposta em análise na Câmara dos Deputados isenta o usuário de rodovia privatizada de realizar novo pagamento de pedágio dentro de um período de 20 minutos. A medida está prevista no Projeto de Lei 5366/16, da deputada Renata Abreu (PTN-SP). Segundo o texto, contratos de concessão de rodovias federais em vigor deverão ser adaptados para a nova regra, fixando penalidade ao concessionário de rodovia federal pelo descumprimento da medida. “O usuário que comete um engano na rota que deveria cumprir e precisa retornar ao ponto de onde havia partido não deveria ser obrigado a pagar uma vez mais pela travessia na praça de pedágio, se o fez há muito pouco tempo”, argumenta a deputada. Para Renata Abreu, não é justo que o motorista que se se enganou seja “punido” com novo pagamento de tarifa, embora a contribuição para a ocupação e o desgaste da rodovia continue sendo rigorosamente a mesma, em comparação com a outra situação descrita. “O tempo, embora um pouco mais longo do que o usualmente adotado para liberar os motoristas do pagamento por uso de alguns estacionamentos públicos ou de shopping centers, cerca de quinze minutos, está em patamar adequado, de vez que não é fácil realizar manobra de retorno em vias expressas”, avalia a autora. O projeto tramita em caráter conclusivo e será analisado pelas comissões de Viação e Transportes; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.
 
 

Enviado por Da Redação - 20.3.2017 | 17h14m
#Câmara de Feira
Tourinho não se intimida com ameaça de CPI e critica vereador

Tourinho não se intimida com ameaça de CPI e critica vereador
Na sessão ordinária desta segunda-feira (20), na Câmara Municipal de Feira de Santana, o vereador Roberto Tourinho (PV) repercutiu a intenção da abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito- CPI, solicitada pelo edil Isaías de Diogo (PPS) para apurar a construção de um supermercado nas mediações da Lagoa do Subaé.  A construção aconteceu na época que Tourinho era secretário de Meio Ambiente. Segundo Tourinho é de suma importância que a Casa da Cidadania dê continuidade aos atos iniciados em plenário. “O vereador Alberto Nery anunciou que deu entrada no Ministério Público sobre as obras construídas nas mediações da Lagoa Subaé. Gostaria de solicitar que o colega faça um requerimento pedindo ao MP empenho na averiguação dessa obra”, pediu. Em aparte, o vereador Alberto Nery (PT) afirmou que deixará os requerimentos feitos por ele ao MP nos anais da Casa. Tourinho sugeriu mais que o pedido de CPI, solicitado por Isaías de Diogo, tenha continuidade. “Não posso permitir que alguém use suas digitais a serviço de outrem que gostaria de fazer, mas é mais conveniente fazer por aquele que tem mãos solícitas. A este vereador eu digo: muitos são os chamados, mas poucos são os escolhidos”, pontuou. Roberto Tourinho disse não ter dúvida sobre a transparência do Governo e deseja que, após a aprovação da CPI, ele seja o primeiro a ser ouvido. “Com certeza serei ouvido, até porque sou parte neste processo. Mas, gostaria de esclarecer às pessoas que não têm domínio do assunto que não estamos falando de área pública, não estamos falando de área de lagoa, o que existe é uma construção num área denominada pelos técnicos de área molhada, ou seja, aérea próxima à lagoa, sendo respeitado o que se determina a Lei”, explicou.   O edil insinuou que Isaias usou o argumento da CPI a mando de alguém para intimida-lo já que votou contra emenda que permite novamente reeleição da mesa diretiva da Câmara. “Não me colocam sob suspeita e carecem de legitimidade porque os verdadeiros autores não têm coragem de aparecer e usam pessoas como o senhor, que têm mãos solícitas, para fazer papel ‘sujo’. Existe isso em todos os parlamentos. Digo mais que no dia da votação do pl ouvi um vereador dizer a este colega para tratar sobre a área da lagoa. Portanto, espero que esta Casa aprove esta CPI e que seja instaurada e todos possam ser ouvidos”, disse. Isaías, por sua vez, preferiu declinar o tempo que tinha direito para responder e ouviu calado tudo que foi dito. 
 
 
 

Enviado por Da Redação - 20.3.2017 | 17h00m
#Política
PSOL realiza seminário regional em Feira de Santana

O Seminário Regional do PSOL Bahia, que vem ocorrendo desde junho do ano passado em diversas localidades do estado, será realizado na região de Feira de Santana no dia 25 de março. A atividade contará com a presença da militância partidária de 10 municípios diferentes, além de pessoas não filiadas, interessadas no PSOL ou nas temáticas colocadas para debate e que desejam participar. Integram esta edição do Seminário os municípios de Feira de Santana, Conceição da Feira, Conceição do Jacuípe, Coração de Maria, Santo Estevão, Monte Santo, Serrinha, Santa Bárbara, Valente e Castro Alves. Através da reflexão sobre questões locais de cada região e municípios e do compartilhamento de ideias e experiências, o Seminário articula e consolida redes entre a militância partidária de todo o estado. Esse movimento fortalece as frentes de luta e a capacidade de enfrentamento político do PSOL em cada localidade e colabora com o aprofundamento da compreensão sobre a realidade baiana. Dividida em dois momentos, a atividade debaterá, inicialmente, a temática "O que é socialismo e o que temos a ver com isso?" e, em seguida, o tema "Direito à cidade: gênero, educação e reforma urbana". O Seminário ocorrerá no Auditório do Colégio Agostinho Fróes da Mota, na Rua Álvaro Simões, s/n, Centro (próximo ao Fórum Desembargador Filinto Bastos), das 08:30 às 17:00.
 
 
 
 
 


 
 
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 
2017
Mar | Fev | Jan |
 
2016
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2015
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2014
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2013
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2012
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2011
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2010
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2009
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2008
Dez | Nov |
 
 
 
A Tarde
Abordagem Policial
Acorda Cidade
Agora na Bahia
Agravo
Bahia Já
Bahia Notícias
Bahia.ba
Barbarella Moderna
Bebi Esse
Bicho do Tomba
Blog Daniele Barreto
Blog de Mário Kertész
Blog do Gusmão
Blog do Jair Onofre
Blog do Kuelho
Bocão News
Bom dia Feira
Caldeirão do Paulão
Calila Notícias
Carlos Geilson
Central de Polícia
Cláudio Humberto
Congresso em Foco
Correio da Bahia
Correio Feirense
Edson Borges
Eduardo Leite
Em Busca do Sim
Feirenses
Fernando Torres
Folha do Estado
Generación Y
Improbabilidade Infinita
Interior da Bahia
Jeitosa
Josias de Souza
Klube do Rafa
Luiz Felipe Pondé
Observatório da Blogosfera
Opinião e Política
Pimenta na Muqueca
Polícia é Viola
Política Hoje
Política Livre
Por Escrito
Por Simas
Reginaldo Tracajá
Reinaldo Azevedo
Ricardo Noblat
Segurança em Foco
Sid Caricaturas
Tabuleiro da Maria
Teia de Notícias
Transa Revista
Tribuna da Bahia
Tribuna Feirense
TV Geral
Valter Vieira
Viva Feira
Vladimir Aras
   
 
 
 
Perfil   Arquivo   Contato   Anuncie   Webmail
Assine o RSS
  Copyright © 2017 Blog do Velame. All rights reserved. by Tacitus Tecnologia  
Página Inicial