×
Feira de Santana / 05 de maio de 2021 - 12H 39m

Embasa localiza “gato de água” em indústria de Feira de Santana 

Embasa localiza “gato de água” em indústria de Feira de Santana 
Fabrica tanques para lavagem de roupas, estava usando de maneira irregular a água da Embasa há mais de cinco.

A Embasa localizou na semana passada uma ligação clandestina de água utilizada para abastecer uma indústria no bairro Subaé.  A suspeita é que a empresa, que fabrica tanques para lavagem de roupas, estava usando de maneira irregular a água tratada da rede de abastecimento  mais de cinco anos. Fomos informados de que este imóvel estava sendo abastecido através de uma conexão indevida em uma de nossas redes distribuidoras. Enviamos uma equipe para sondagem e a ligação clandestina foi localizadaAcionamos a Polícia Civil, que periciou o local e confirmou a fraude”, revela a gerente do escritório da Embasa em Feira de Santana, Thais Dias. 

Segundo estimativas da Embasa, o volume de água consumido pode ter ultrapassado os 4.500m³, ou seja, mais de 4,5 milhões de litros de água em 12 meses.  Em termos financeiros, este volume de água corresponde a uma perda anuade quase R$ 108 mil em arrecadação”, informa o gerente regional da Embasa, Euvaldo dos Santos Neto.  A Embasa não informou o nome da indústria.

Combate ao consumo irregular – A Embasa tem intensificado as ações para identificar e coibir as fraudes no consumo de água, como as ligações clandestinas ou a adulteração de hidrômetrosNo ano passado, foram localizadas mais de 4 mil ligações clandestinas em Feira de Santana, tanto na zona urbana, como na rural.   Quando descobre a fraude, a equipe da Embasa retira a ligação clandestina da rede e aplica uma multa no fraudador. “É preciso que as pessoas entendam que furtar água tratada é crime, previsto no Código Penal Brasileiro, ou seja, quem faz uma ligação clandestina pode ser preso e ter que cumprir pena”, enfatiza o gerente regional. “Outro aspecto muito sério é que o desvio e o furto de água prejudicam o abastecimento na vizinhança onde o ‘gato’ foi feito, pela redução do volume e da pressão na rede distribuidora”, alerta Euvaldo. Qualquer pessoa pode denunciar gatos de água anonimamente. Basta ligar para o 0800 0555 195 e informar o endereço da suposta ligação clandestina, sem precisar se identificar.  

Brasília / 05 de maio de 2021 - 10H 04m

Projeto prevê detector de metal para impedir armas e celulares na cabine de votação

O Projeto de Lei 330/21 determina que o eleitor será submetido a um sistema de detecção de metal para impedir a entrada de armas, celulares e filmadoras na cabine de votação. O texto tramita na Câmara dos Deputados. A proposta é da deputada Marília Arraes (PT-PE) e altera a Lei das Eleições. Ela afirma que a medida visa coibir a violência no dia das eleições e preservar o sigilo do voto. “A obrigatoriedade de vistoria dos eleitores por meio de sistema de detecção de metal é medida normativa fundamental para assegurar o direito constitucional ao sigilo do voto e, consequentemente, a liberdade de manifestação política”, disse Arraes. Hoje, a lei já proíbe o eleitor de levar celular, máquinas fotográficas e filmadoras para a cabine de votação.

Tramitação
O projeto será analisado inicialmente pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ). Depois seguirá para o Plenário da Câmara. (Agência Câmara de Notícias)

Política / 04 de maio de 2021 - 19H 30m

Rui Costa anuncia nomes de novos secretários da gestão estadual

O governador Rui Costa anunciou mudanças no secretariado da gestão estadual, na noite desta terça-feira (4), durante transmissão do Papo Correria por meio das redes sociais. A Secretaria do Planejamento do Estado (Seplan) será comandada pelo vice-governador João Leão. Já a Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE) passa a ser chefiada pelo deputado estadual Nelson Leal. As nomeações serão publicadas na edição do Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta-feira (5). Outras mudanças serão publicadas no Diário Oficial ainda esta semana.
Assembleia / 04 de maio de 2021 - 15H 24m

Deputado destaca luta dos feirantes da rua Marechal Deodoro para se manter no local

O  apresentou, na Assembleia Legislativa, moção de aplausos à luta dos feirantes que trabalham na rua Marechal Deodoro, no município de Feira de Santana, pela mobilização em defesa do seu local de labor e do seu meio de sustento. No documento, Hilton relata que “feirantes da rua Marechal Deodoro denunciam a ameaça de expulsão que estão sofrendo por parte da Prefeitura. Segundo comunicado, as barracas serão removidas sem que tenha sido apresentada uma alternativa viável de local para as pessoas serem transferidas e sem diálogo por parte do governo municipal”. A ação é motivada pela realização das obras do projeto ‘Novo Centro’, mas as trabalhadoras e trabalhadores do local denunciam que não foi apresentado um espaço viável para que pudessem ser transferidos e continuar exercendo suas atividades”, afirma o legislador. Hilton Coelho destaca “que as supostas alternativas propostas pela prefeitura não têm condições de acomodar o contingente de pessoas expulsas, tanto pela falta de espaço físico quanto por serem locais para venda em atacado no Centro de Abastecimento, onde as feirantes não teriam clientela. Tratam-se, na verdade, de ‘soluções’ apresentadas sem nenhum critério técnico ou estudo de viabilidade, apenas para responder às críticas sobre o tratamento dispensado ao comércio popular de rua do município. Uma proposta complementar ao projeto de requalificação do centro da cidade, que garantiria a permanência das barracas de forma organizada, também já foi apresentado à Prefeitura através do mandato do vereador Jhonatas Monteiro (Psol), mas por enquanto também não há sinalização de que ela será acatada ou, pelo menos, avaliada”. O legislador acrescenta que “diversas tentativas de marcar uma audiência com o prefeito Colbert Martins vêm sendo realizadas ao longo dos últimos dois meses por parte das trabalhadoras e trabalhadores da feira, todas sem sucesso. Graças à mobilização, a Prefeitura suspendeu temporariamente a remoção das barracas e uma reunião foi marcada com diversas secretarias de governo para tratar da questão, mas por hora a situação segue sem solução”, conclui Hilton Coelho.
Feira de Santana / 04 de maio de 2021 - 09H 41m

Prefeitura de Feira divulga lista de comorbidades que dão direito à vacina contra covid-19

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Feira de Santana inseriu novos grupos na campanha de vacinação contra a Covid-19. A vacinação começou nesta terça-feira, 4 de maio e vai beneficiar grávidas, puérperas e lactantes com comorbidades (maiores de 18 anos), professores e pessoas com comorbidades – ambos devem ter 58 anos e nascidos em 1963. A vacinação para esses grupos acontece exclusivamente na UniFTC, localizada na avenida Artêmia Pires, com divisão de horários por data de nascimento. Das 8h às 12h serão vacinados aqueles que nasceram entre os meses de janeiro a junho. Das 13h às 17h os que nasceram nos últimos seis meses do ano. As pessoas com comorbidades devem apresentar um relatório médico, RG, CPF e comprovante de residência.

Veja abaixo a lista das comorbidades autorizadas:

Diabetes mellitus
Qualquer indivíduo com diabetes

Pneumopatias crônicas graves

Indivíduos com pneumopatias graves incluindo doença pulmonar obstrutiva crônica, fibrose cística, fibroses pulmonares, pneumoconioses, displasia broncopulmonar e asma grave (uso recorrente de corticoides sistêmicos, internação prévia por crise asmática); e outras doenças que causam comprometimento pulmonar crônico

Hipertensão Arterial Resistente (HAR)

HAR= Quando a pressão arterial (PA) permanece acima das metas recomendadas com o uso de três ou mais anti-hipertensivos de diferentes classes, em doses máximas preconizadas e toleradas, administradas com frequência, dosagem apropriada e comprovada adesão ou PA controlada em uso de quatro ou mais fármacos anti-hipertensivos

Hipertensão arterial estágio 3

PA sistólica ≥180mmHg e/ou diastólica ≥110mmHg independente da presença de lesão em órgão-alvo (LOA) ou comorbidade

Hipertensão arterial estágios 1 e 2 com lesão em órgão-alvo e/ou comorbidade
PA sistólica entre 140 e 179mmHg e/ou diastólica entre 90 e 109mmHg na presença de lesão em órgão-alvo e/ou comorbidade

Doenças cardiovasculares

Insuficiência cardíaca (IC): IC com fração de ejeção reduzida, intermediária ou preservada; em estágios B, C ou D, independente de classe funcional da New York Heart Association Cor-pulmonale e Hipertensão pulmonar Cor-pulmonale crônico, hipertensão pulmonar primária ou secundária

Cardiopatia hipertensiva: Cardiopatia hipertensiva (hipertrofia ventricular esquerda ou dilatação, sobrecarga atrial e ventricular, disfunção diastólica e/ou sistólica, lesões em outros órgãos-alvo)
Síndromes coronarianas: Síndromes coronarianas crônicas (Angina Pectoris estável, cardiopatia isquêmica, pós Infarto Agudo do Miocárdio, outras)

Valvopatias: Lesões valvares com repercussão hemodinâmica ou sintomática ou com comprometimento miocárdico (estenose ou insuficiência aórtica; estenose ou insuficiência mitral; estenose ou insuficiência pulmonar; estenose ou insuficiência tricúspide, e outras)

Miocardiopatias e pericardiopatias: Miocardiopatias de quaisquer etiologias ou fenótipos; pericardite crônica; cardiopatia reumática

Doenças da Aorta, dos Grandes Vasos e Fístulas arteriovenosas: Aneurismas, dissecções, hematomas da aorta e demais grandes vasos

Arritmias cardíacas: Arritmias cardíacas com importância clínica e/ou cardiopatia associada (fibrilação e flutter atriais; e outras)

Cardiopatias congênita no adulto: Cardiopatias congênitas com repercussão hemodinâmica, crises hipoxêmicas; insuficiência cardíaca; arritmias; comprometimento miocárdico

Próteses valvares e Dispositivos cardíacos implantados: Portadores de próteses valvares biológicas ou mecânicas; e dispositivos cardíacos implantados (marca-passos, cardio desfibriladores, ressincronizadores, assistência circulatória de média e longa permanência)

Doença cerebrovascular

Acidente vascular cerebral isquêmico ou hemorrágico; ataque isquêmico transitório; demência vascular

Doença renal crônica

Doença renal crônica estágio 3 ou mais (taxa de filtração glomerular < 60 ml/min/1,73 m2) e/ou síndrome nefrótica.

Imunossuprimidos

Indivíduos transplantados de órgão sólido ou de medula óssea; pessoas vivendo com HIV; doenças reumáticas imunomediadas sistêmicas em atividade e em uso de dose de prednisona ou equivalente > 10 mg/dia ou recebendo pulsoterapia com corticoide e/ou ciclofosfamida; demais indivíduos em uso de imunossupressores ou com imunodeficiências primárias; pacientes oncológicos que realizaram tratamento quimioterápico ou radioterápico nos últimos 6 meses; neoplasias hematológicas; e outras doenças que causam imunossupressão (como síndrome de Cushing, lúpus eritematoso sistêmico, doença de Chron, imunodeficiência primária com predominância de defeitos de anticorpos).

Hemoglobinopatias graves

Doença falciforme e talassemia maior; e outras doenças raras

Obesidade mórbida

Índice de massa corpórea (IMC) ≥ 40

Síndrome de Down

Trissomia do cromossomo 21

Cirrose hepática
Cirrose hepática Child-Pugh A, B ou C

Outras doenças raras que causam deficiências intelectuais e/ou motoras e cognitivas
Doenças raras que causam deficiências intelectuais e/ou motoras e cognitivas como a síndrome Cornélia de Lange, a doença de Huntington.

Feira de Santana / 03 de maio de 2021 - 15H 45m

Professores convocados pela Prefeitura de Feira cobram nomeação

Professores convocados pela Prefeitura de Feira cobram nomeação
O prefeito Colbert e a secretária Anaci Paim são alvo de cobranças por parte dos professores convocados, mas não nomeados.

Um grupo de professores aprovados no concurso público de 2018, da Prefeitura Municipal de Feira de Santana, criou um Instagram para cobrar do prefeito Colbert Filho, a prometida nomeação. 39 professores foram convocados em dezembro de 2020, segundo consta no Diário Oficial do Município. Entretanto, mesmo após passar por todo processo de entrega de exames e documentação, cujo prazo foi encerrado dia 20 de janeiro de 2021, até agora nenhum professor tomou posse.  Segundo os professores, eles foram orientados pelo setor de Recursos Humanos da prefeitura a ficar acompanhando as publicações no Diário Oficial. “Três meses se passaram e até o momento não temos nenhuma informação a respeito da nossa nomeação. Sendo assim, gostaríamos de saber, por gentileza, o que pretende-se fazer com relação a nossa nomeação e posse, visto que os cargos são existentes devido às aposentadorias e exonerações que foram e estão sendo publicadas no Diário oficial?”, questiona uma das convocadas, mas não nomeada.

Mesmo com essa pendência, a Secretaria Municipal de Educação anunciou a contratação de professores via Regime Especial de Direito Administrativo, o famigerado REDA. A decisão da prefeitura revoltou ainda mais os professores concursados.  “Secretaria de Educação alega que não pode haver convocações e nomeações de professores do concurso de 2018 porque a Rede de Educação já alcançou o limite do teto de cargos municipal. Com essa desculpa, nada pertinente, a prefeitura anuncia um REDA afirmando que os candidatos que serão contratados irão ocupar licenças, porém a Secretária Anaci Paim não prova o que afirma, omitindo o mapa de vagas da rede e, além disso, se contradiz ao falar para Comissão de Educação e Cultura que existem 170 cargos, de vaga real para professores. Lutamos pelas convocações e nomeações dos aprovados do Concurso ainda vigente. Para isso, basta que SEJA ENCAMINHADA UM PROJETO DE LEI DO EXECUTIVO PARA APROVAÇÃO NA CÂMARA MUNICIPAL QUE AMPLIE O NÚMERO DE CARGOS e, além disso, A CONVOCAÇÃO E NOMEAÇÃO DAS 170 VAGAS existentes para professores efetivos. Os empregos públicos devem ser criados por lei. No caso de cargos públicos na Administração Direta e Indireta Autárquica e Fundacional, a competência de iniciativa de lei de criação é do Chefe do Poder Executivo. Dessa forma o Cargo Público é o conjunto de atribuições e responsabilidades específicas, criado por Lei, em número certo, denominação própria e pagamento pelos cofres do Município, para provimento em caráter efetivo ou temporário. Dito isso, a prefeitura precisa realizar uma ampliação de um cargo já existente, isso já foi feito algumas vezes em outros cargos. Percebam a diferença de criação e ampliação. Criar é produzir algo inexistente e ampliar é possibilitar o aumento de algo, no nosso caso, ampliar o número de cargo para professor”, diz uma publicação recente do Instagram @professoresaprovadosnapmfs, usado para defender e divulgar as reivindicações.  Ainda segundo o grupo de professores, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação (APLB/Feira), realizou um levantamento e foi identificado que haviam 220 vagas para serem ocupadas na Prefeitura de Feira.

Questionada, ao Blog do Velame, a Secretaria de Comunicação, explicou que o concurso de 2018 foi feito para 100 vagas e desde que Colbert assumiu, já foram chamados mais de mil professores. Ainda segundo a Secom, o número de vagas chegou no limite e novas contratações não podem ser feitas. Sobre os Redas, a justificativa é  que são profissionais contratados pra substituições, e não para ocupar vagas, são professores temporários, utilizados para período de licença prêmio ou férias dos titulares, por exemplo.

Feira de Santana / 03 de maio de 2021 - 14H 27m

Prefeitura de Feira inicia vacinação de professores, grávidas e pessoas com comorbidades

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Feira de Santana inseriu novos grupos na campanha de vacinação contra a Covid-19. Grávidas, puérperas e lactantes com comorbidades (maiores de 18 anos), professores e pessoas com comorbidades – ambos devem ter 59 anos e nascidos em 1962 – podem receber a primeira dose da vacina. A vacinação inicia nesta terça-feira, 4, exclusivamente na UniFTC, avenida Artêmia Pires, com divisão de horários por data de nascimento. Das 8h às 12h serão vacinados aqueles que nasceram entre os meses de janeiro a junho. Das 13h às 17h os que nasceram nos últimos seis meses do ano.

Para os professores receberem a dose, é necessário apresentar o último contracheque ou Carteira de Trabalho ou o contrato de trabalho para Pessoa Jurídica (PJ), que comprove vínculo com a instituição de ensino, além de RG, CPF e comprovante de residência. Já as pessoas com comorbidades devem apresentar um relatório médico, RG, CPF e comprovante de residência.

Feira de Santana / 03 de maio de 2021 - 11H 03m

Infectologista destaca a importância de manter o uso da máscara

Há pouco mais de um ano, Feira de Santana vivencia redução e aumento dos casos da Covid-19. Isso faz com que a população se acostume e relaxe com os cuidados preventivos, como uso da máscara e higienização das mãos. A observação é da infectologista Melissa Falcão. “O uso da máscara é indispensável, principalmente onde não é possível manter uma distância mínima de outras pessoas. Além disso, a higiene das mãos deve ser feita com água e sabão, quando puder. Já o álcool deve ser usado sempre que não puder lavar”, orienta a infectologista, que também é coordenadora do Comitê Gestor Municipal de Controle ao Coronavírus. Ainda de acordo com a médica, outras medidas de proteção continuam sendo essenciais para diminuir a transmissão do vírus, como o distanciamento social de, no mínimo, dois metros.

Para diagnosticar a doença, a Prefeitura de Feira descentralizou a realização do exame RT-PCR – que analisa amostra de secreção nasal ou oral, 99,8% seguro – em 14 locais. São sete policlínicas, duas Unidades de Pronto Atendimento (UPA), quatro unidades de saúde e um drive-thru na sede da Secretaria Municipal de Saúde. As unidades de saúde localizadas no Centro de Saúde Social Urbano (CSU) e Rua Nova/Barroquinha atendem por ordem de chegada, das 8h às 12h. Já no turno da tarde, é possível realizar o exame na Unidade de Saúde da Família Corredor dos Araçás e Liberdade I, II e III, das 14h30 às 17h. A ampliação do acesso proporciona mais agilidade no diagnóstico das pessoas com sintomas suspeitos. A transmissão ocorre de uma pessoa contaminada a outra, por meio de gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro, por contato próximo ou aperto das mãos, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos. Caso esteja com sintomas compatíveis com a Covid-19, como febre, tosse, dor de garganta e/ou coriza, com ou sem falta de ar, a pessoa deve procurar imediatamente a unidade de saúde mais próxima para realizar o exame. Principalmente se for idoso ou doente crônico. Vale salientar que o período de sintomas determina qual exame será realizado. Todas as orientações para isolamento domiciliar, cuidados respiratórios, entre outros, serão prestados na própria unidade.

Bahia / 02 de maio de 2021 - 18H 54m

Governo do Estado prorroga toque de recolher até 10 de maio

O governador Rui Costa (PT) decidiu prorrogar a restrição da locomoção noturna de pessoas das 21h às 5h, em toda a Bahia, até o dia 10 de maio. A medida, que tem como objetivo conter a disseminação do novo coronavírus, foi publicada neste domingo (2), na versão on-line do Diário Oficial do Estado (DOE). Em 227 municípios (ver lista abaixo), o toque de recolher vale das 20h às 5h. Já nos municípios integrantes de região de saúde em que a taxa de ocupação de leitos de UTI vier a se manter igual ou inferior a 75%, por cinco dias consecutivos, a restrição na locomoção será válida das 22h às 5h. A realização de shows e festas, independentemente do número de participantes, também continua proibida até 10 de maio. No período das 18h de 7 de maio até as 5h de 10 de maio, a venda de bebida alcoólica fica vedada em quaisquer estabelecimentos, inclusive por sistema de entrega em domicílio (delivery).
Aulas
As atividades letivas nas unidades de ensino públicas e particulares poderão ocorrer, na modalidade semipresencial e conforme disposições editadas pela Secretaria da Educação, somente nas regiões de saúde cuja taxa de ocupação de leitos de UTI de Covid-19 vier a se manter igual ou inferior a 75%, por cinco dias consecutivos. Até o momento, nenhuma região de saúde da Bahia atingiu essa taxa de ocupação por cinco dias consecutivos.
Além disso, as atividades letivas devem ficar condicionadas à ocupação máxima de 50% da capacidade de cada sala de aula e ao atendimento dos protocolos sanitários estabelecidos.
Transporte
A circulação dos meios de transporte metropolitanos continua suspensa no período das 21h30 às 5h, até 10 de maio. A circulação dos ferry boats também segue suspensa das 21h30 às 5h, até 7 de maio, ficando vedado o funcionamento nos dias 8 e 9 de maio.
Até 10 de maio, as lanchinhas também não devem circular das 21h30 às 5h. Nos dias 8 e 9 de maio, a ocupação das embarcações deve ser limitada ao máximo de 50% da capacidade.
Municípios com toque de recolher das 20h às 5h:

Abaíra, Acajutiba, Adustina, Alagoinhas, Alcobaça, América Dourada, Anagé, Andaraí, Angical, Antas, Aporá, Araçás, Aracatu, Aramari, Baianópolis, Banzaê, Barra, Barra da Estiva, Barra do Choça, Barra do Mendes, Barreiras, Barro Alto, Belmonte, Belo Campo, Boa Vista do Tupim, Bom Jesus da Lapa, Bom Jesus da Serra, Boninal, Bonito, Boquira, Botuporã, Brejolândia, Brotas de Macaúbas, Brumado, Buritirama, Caatiba, Caculé, Caém, Caetanos, Caetité, Cafarnaum, Caldeirão Grande, Canápolis, Canarana, Candiba, Cândido Sales, Capim Grosso, Caraíbas, Caravelas, Cardeal da Silva, Carinhanha, Catolândia, Catu, Caturama, Central, Cícero Dantas, Cipó, Cocos, Condeúba, Contendas do Sincorá, Cordeiros, Coribe, Coronel João Sá, Correntina, Cotegipe, Crisópolis, Cristópolis, Dom Basílio, Encruzilhada, Entre Rios, Érico Cardoso, Esplanada, Eunápolis, Fátima, Feira da Mata, Firmino Alves, Formosa do Rio Preto, Gentio do Ouro, Guajeru, Guanambi, Guaratinga , Heliópolis, Iaçu, Ibiassucê, Ibicoara, Ibicuí, Ibipeba, Ibipitanga, Ibiquera, Ibirapuã, Ibitiara, Ibititá, Ibotirama, Igaporã, Iguaí, Inhambupe, Ipupiara, Iraquara, Irecê, Itabela, Itaberaba, Itaetê, Itagimirim, Itaguaçu da Bahia, Itamaraju, Itambé, Itanagra, Itanhém, Itapebi, Itapetinga, Itapicuru, Itarantim, Itororó, Ituaçu, Iuiu, Jaborandi, Jacaraci, Jacobina, Jandaíra, João Dourado, Jucuruçu, Jussara, Jussiape, Lagoa Real, Lajedão, Lajedinho, Lapão, Lençóis, Licínio de Almeida, Livramento de Nossa Senhora, Luís Eduardo Magalhães, Macajuba, Macarani, Macaúbas, Maetinga, Maiquinique, Mairi, Malhada, Malhada de Pedras, Mansidão, Marcionílio Souza, Matina, Medeiros Neto, Miguel Calmon, Mirangaba, Mirante, Morpará, Morro do Chapéu, Mortugaba, Mucugê, Mucuri, Mulungu do Morro, Muquém do São Francisco, Nova Canaã, Nova Redenção, Nova Soure, Nova Viçosa, Novo Horizonte, Novo Triunfo, Olindina, Oliveira dos Brejinhos, Ouriçangas, Ourolândia, Palmas de Monte Alto, Palmeiras, Paramirim, Paratinga, Paripiranga, Pedrão, Piatã, Pindaí, Piripá, Piritiba, Planalto, Poções, Porto Seguro, Potiraguá, Prado, Presidente Dutra, Presidente Jânio Quadros, Quixabeira, Riachão das Neves, Riacho de Santana, Ribeira do Amparo, Ribeira do Pombal, Ribeirão do Largo, Rio de Contas, Rio do Antônio, Rio do Pires, Rio Real, Ruy Barbosa, Santa Cruz Cabrália, Santa Maria da Vitória, Santa Rita de Cássia, Santana, São Desidério, São Félix do Coribe, São Gabriel, São José do Jacuípe, Sátiro Dias, Saúde, Seabra, Sebastião Laranjeiras, Serra do Ramalho, Serra Dourada, Serrolândia, Sítio do Mato, Sítio do Quinto, Souto Soares, Tabocas do Brejo Velho, Tanhaçu, Tanque Novo, Tapiramutá, Teixeira de Freitas, Tremedal, Uibaí, Umburanas, Urandi, Utinga, Várzea da Roça, Várzea do Poço, Várzea Nova, Vereda, Vitória da Conquista, Wagner, Wanderley e Xique-Xique.

Feira de Santana / 01 de maio de 2021 - 11H 36m

Prefeitura de Feira inicia vacinação de pessoas com síndrome de Down e transplantados

Pessoas com síndrome de Down (entre 18 e 59 anos) e transplantados foram  vacinados contra Covid-19 neste sábado (1°), em Feira de Santana. Para receber a dose, é necessário apresentar um relatório médico, RG, CPF e comprovante de residência. A vacinação para este público foi realizada exclusivamente em quatro Unidades Básicas de Saúde (UBSs), são elas: Cassa, Caseb 1, Irmã Dulce e Baraúnas, das 8h às 12h. A vacinação para atender outros grupos será anunciada mais adiante pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS). Além deste público, a SMS vai intensificar a vacinação para os idosos com 60 anos ou mais em todas as UBSs do município. A aplicação aconteceu por ordem de chegada das 8h às 12h.

Histórico

2019
set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2018
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2017
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2016
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2015
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2014
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2013
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2012
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2011
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2010
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2009
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2008
dez | nov