×

Busca

(353) registro(s) encontrado(s) para a busca: Feira de Santana
Câmara de Feira / 20 de maio de 2020 - 16H 04m

Novato assume mandato na Câmara Feira de Santana

O suplente de vereador Josafá Ramos dos Santos (sem partido) tomou posse na manhã desta quarta-feira (20), na Câmara Municipal de Feira de Santana. Josafá assume a cadeira abdicada pelo vereador licenciado Pablo Roberto, que atualmente é secretário Municipal de Desenvolvimento Social. No juramento de posse, Josafá prometeu exercer com dignidade e dedicação o mandato popular que lhe foi confiado, observando as Constituições Federal e Estadual e a Lei Orgânica Municipal, bem como as leis nacionais e municipais, trabalhando para o engrandecimento e bem geral do povo. Josafá foi empossado após o deferimento favorável de um recurso que anulou a posse de Robeci da Vassoura, o quarto suplente da coligação. Apesar de ter sido candidato a vereador pelo PHS, Josafá terá o prazo de 10 dias para se filiar a um partido. Isso porque ele é policial militar e, a partir do momento que não consegue se eleger, é obrigado a se desfiliar para continuar na corporação.

Feira de Santana / 17 de maio de 2020 - 17H 17m

Colbert diz que Feira de Santana continua em último plano para o Governo da Bahia

Anunciadas há dois anos, as obras do novo Hospital Geral Clériston (HGCA), em Feira de Santana, se arrastam até hoje, enquanto, no mesmo período, cinco novos hospitais foram inaugurados pelo governador Rui Costa. “Isso é que deveria estar preocupando o secretário de Saúde, Fábio Vilas-Boas, principalmente nesse momento tão crítico”, cobra o prefeito Colbert Martins. “Esta é uma prova irrefutável que Feira de Santana, a maior cidade do interior, está em último plano para o Governo do Estado. Cinco hospitais foram inaugurados em Salvador e no interior, mas o nosso Município está ficando por último, pois não há nem previsão de inauguração do novo Clériston”, afirma o prefeito. Colbert Martins acrescenta que, além dos cinco inaugurados, o Hospital Metropolitano, em Lauro de Freitas, está com 97% das obras concluídas, conforme “comemora o próprio governador, mas as obras do novo Clériston continuam se arrastando”. De 2017 até hoje, o governador Rui Costa inaugurou o Hospital Regional Costa do Cacau, no município de Ilhéus; o Hospital da Mulher Maria Luzia Costa dos Santos, o novo Couto Maia e Hospital Geral 2, em Salvador; e o Hospital da Chapada, em Seabra.

Feira de Santana / 13 de maio de 2020 - 10H 48m

IBGE diz que Feira de Santana tem 9,1 leitos de UTI para cada 100 mil habitantes

Levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgado neste mês de maio forneceu dados do sistema de saúde nos municípios de todo Brasil, no que diz respeito a quantidade de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), enfermeiros, médicos e o número de respiradores. As informações da pesquisa foram  geradas com a colaboração da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), com o auxilio da base de dados do Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (Cnes) e contribuirão com as ações de enfrentamento à Covid-19. As informações tem como parâmetro números até o ano de 2019. Segundo a pesquisa, Feira de Santana tem 9,1 leitos de UTI, 36 respiradores, 173 médicos e 156 enfermeiros para cada 100 mil habitantes. A população de Feira de Santana é estimada em 614.872 habitantes. Em comparação com Salvador, a capital baiana tem 308 médicos, 219 enfermeiros, 52 respiradores e 32 leitos de UTI por 100 mil habitantes em uma população de 2.872.347. A Bahia, com 14.873.064 habitantes tem 135 médicos, 124 enfermeiros, 20 respiradores e 10 leitos de UTI por 100 mil habitantes. A base de dados da pesquisa revela que em Feira de Santana são 56 leitos de UTI (30 na rede pública) – o estudo não leva em consideração os leitos abertos para Covid-19 no Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), 10 e no hospital de campanha Mater Dei – que ainda não entrou em operação, com 10. Equipamento de grande importância no tratamento da Covid-19, são 222 respiradores pulmonares. No segundo município mais populoso da Bahia, são 1.067 médicos e 964 enfermeiros. Em 2019, a Bahia tinha seis municípios onde não havia nenhum médico: Souto Soares, São José do Jacuípe, Nova Ibiá, São José da Vitória, Lajedinho e Catolândia. Todos eles são municípios pequenos, com menos de 17 mil moradores. Lajedinho era a única cidade do estado sem nenhum enfermeiro. Já os equipamentos de saúde eram bem mais concentrados. Menos da metade dos 417 municípios baianos tinham respiradores. Eles existiam em 182 cidades (43,6%). E apenas 25 municípios no estado tinham leitos de UTI em 2019 (6% do total). (Jornal Folha do Estado)

Feira de Santana / 07 de maio de 2020 - 07H 21m

Governo do Estado afirma ter 160 leitos em Feira de Santana para pacientes com Covid-19

Desde o primeiro caso confirmado de coronavírus na Bahia, há cerca de dois meses, o Governo do Estado tomou diversas medidas para conter as taxas de transmissão da doença, como a suspensão das aulas da rede estadual de ensino e restrições no transporte intermunicipal. Uma estrutura com 2.685 leitos de referência entre clínicos e UTIs, adultos e pediátricos, está sendo implantada para o atendimento de baianos infectados pelo vírus. “Nós utilizaremos o recurso que for necessário para garantir a vida das pessoas que estiverem precisando de atendimento”, afirma o governador Rui Costa. Segundo o último boletim divulgado pela Secretaria da Saúde (Sesab), o estado registra 4.301 casos confirmados da doença, com 918 pacientes recuperados e 160 óbitos. De acordo com o titular da pasta, Fábio Vilas-Boas, as medidas tomadas pelo governo têm contribuído para impedir o colapso do sistema de saúde baiano. “A Bahia começou a se preparar ainda em janeiro. Estamos aumentando nossa capacidade de atendimento com novos leitos, o que vai fazer com que vençamos esse mês de maio e possamos atravessar junho com mais tranquilidade”, destaca o secretário. Para auxiliar no enfrentamento ao novo coronavírus, 350 novos respiradores foram comprados pelo Governo do Estado para tratar pacientes diagnosticados. Os equipamentos serão distribuídos pelos municípios baianos assim que chegarem à capital baiana. A estrutura que está sendo implantada pelo Governo do Estado dispõe de 1.428 leitos na capital e 1.257 leitos no interior. No sul da Bahia, região mais afetada pela pandemia com mais de 500 casos confirmados, uma unidade de atendimento Covid-19 foi inaugurada no Centro de Convenções de Ilhéus, se somando aos Hospitais da Costa do Cacau e ao Hospital de Ilhéus, totalizando 150 leitos de UTI. Além disso, a cidade aguarda o credenciamento de mais 13 leitos no Hospital São José e outros 30 na montagem de um hospital de campanha. Em Itabuna, estão sendo oferecidos 40 leitos no Hospital Calixto Midlej, 13 leitos infantis no Hospital Manuel Novaes. Mais 48 leitos estão sendo implantados no Hospital de Base Luis Eduardo Magalhães. Na região sudoeste, o Governo do Estado contratou 40 leitos do Hospital das Clínicas (HCC), em Vitória da Conquista, para atendimento de pessoas contaminadas, duplicando a capacidade da estrutura já oferecida para o atendimento da região, com 41 leitos no Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGVC) e outros seis no Hospital Geral de Guanambi (HGG). Em Barreiras, o Hospital do Oeste irá atender os pacientes da região com 60 leitos, sendo 50 de UTI. Na região metropolitana, Lauro de Freitas dispõe de 301 vagas, sendo 91 UTIs. A maior contribuição será do Hospital Metropolitano, cuja abertura será ainda nesse mês, com 191 leitos. O município de Feira de Santana totaliza 160 vagas, que estarão distribuídas entre o Hospital da Criança, o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA) e o Hospital Mater Dei, que ainda não está em funcionamento nem tem precisão. Já em Seabra, o Hospital Regional da Chapada está dedicando 37 leitos, sendo quatro UTIs e 33 leitos clínicos. A lista completa de cidades e unidades de referência está disponível no site da Sesab. Somam-se à estrutura 285 leitos para atender pacientes de baixa complexidade, que não tenham coronavírus. As unidades localizadas na capital baiana e em São Félix são fundamentais para absorver os pacientes dos hospitais gerais. As unidades somente receberão pacientes regulados pela Central Estadual de Regulação.

Feira de Santana / 03 de maio de 2020 - 18H 44m

Lacen ainda não validou laboratórios de Feira de Santana para testes de Covid-19

A Bahia atingiu a marca de mais de 20 mil exames realizados pelo Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) para diagnóstico da covid-19. Até este domingo (3), 21.052 testes para detecção do novo coronavírus foram processados. Além disso, o laboratório já consegue realizar mais de mil exames diariamente. Segundo a diretora do Lacen, Arabela Leal, o laboratório fez 10.089 testes no período de 45 dias e outros 10.963 testes entre 15 de abril e 3 de maio. Ela destaca que os números revelam a melhoria do processo. “Nesta segunda fase, conseguimos fazer mais de 10 mil exames em 19 dias. Essa diferença representa o aperfeiçoamento do processo, que foi possível devido à inauguração da nova ala de testes do Lacen. Nessa ala, nós conseguimos colocar todos os processos em um único espaço e entregar mais rapidez”, afirma. O Governo do Estado também investe na descentralização para realização de exames que detectam a covid-19. Para isso, estão em fase de implantação unidades nos municípios de Porto Seguro, Jequié, Vitória da Conquista, Paulo Afonso e Barreiras, sendo este último em parceria com a Universidade Federal do Oeste (Ufob). O Lacen-BA também já iniciou o processo de validação de laboratórios privados. Até o momento, cinco redes de laboratórios tiveram suas técnicas de realização do exame para covid-19 validadas. Estão aptos a realizarem testes com a validação do Estado da Bahia as redes Leme, DNA, Jaime Cerqueira, Senai-Cimatec e Hospital São Rafael.  Feira de Santana tem 92 casos confirmados da doença, mas ainda não foi contemplada. Os municípios alcançados por esses laboratórios validados são Salvador, Itabuna, Santo Amaro, Itabuna, Lauro de Freitas e Camaçari. De acordo com a diretora do Lacen, é necessário que os laboratórios interessados na validação encaminhem e-mail para [email protected] Ela ressalta que a validação não é aplicada para os testes rápidos baseados em anticorpos. “Nesse contato por e-mail, os laboratórios precisarão informar o responsável técnico, estrutura física, entre outros critérios para que possam ser validados. Lembrando que esta validação dos laboratórios é para testes de RT-PCR e não testes rápidos, que são aqueles que furam o dedo”, explica Arabela Leal.

Feira de Santana / 29 de abril de 2020 - 11H 03m

Projeto aponta que Feira de Santana tem nível baixo em transparência na pandemia

A Prefeitura de Feira de Santana divulgou essa semana pesquisa que aponta cerca de 90% de aprovação da população nas ações referentes ao combate do coronavírus na cidade. Entretanto, levantamento do projeto Dados Abertos de Feira mostra que a gestão municipal está devendo transparência aos feirenses. Segundo Ana Paula Gomes, coordenadora do projeto, o levantamento foi baseado na Open Knowledge Brasil, uma Organização da Sociedade Civil (OSC) sem fins lucrativos e apartidária que criou um índice para avaliação do nível de transparência para estados e municípios. Os critérios de avaliação são baseados em três dimensões: o conteúdo, a granularidade e o formato. A coleta dos dados leva em consideração as últimas postagens em portais oficiais. Utilizando a mesma metodologia e critérios da Open, os especialistas da Dados Abertos chegaram conclusão que Feira de Santana em uma escala de 0 a 100, o índice de transparência no município é 17 — considerado Opaco. “O Dados Abertos de Feira já havia entrado em contato com a prefeitura para sugerir que os dados fossem disponibilizados em formato aberto, seguindo o padrão do Brasil.IO. A solicitação foi enviada em 23 de Março desde ano e, apesar de duas tentativas, ainda não fomos respondidos a respeito da demanda. São quase 40 dias sem uma conclusão — uma clara violação a Lei de Acesso à Informação”, relata Ana Paula. Clique AQUI para ver o estudo completo.

Feira de Santana / 24 de abril de 2020 - 06H 46m

Colbert determina uso obrigatório de máscara em Feira de Santana

Decreto publicado no Diário Oficial desta sexta-feira,24, torna obrigatório o uso de máscara em Feira de Santana.  Para incentivar o uso, a Prefeitura criou campanha “Eu me protejo e protejo você”. A determinação vale para usuários do transporte público, motoristas de carros particulares e pedestres. Os estabelecimentos públicos e privados ficam obrigados a exigir o uso de máscaras, mesmo que artesanais, de seus colaboradores, a partir da data de publicação do decreto e  durante todo o período declarado como de situação de emergência em saúde pública. “O poder público deverá articular e coordenar rede de voluntários entre cidadãos, empresas e entidades da sociedade civil para a produção, distribuição e entrega de máscaras para a população, em especial de baixa renda e integrantes do grupo de risco”, diz trecho do decreto assinado pelo prefeito Colbert Filho (MDB).

Feira de Santana / 23 de abril de 2020 - 07H 16m

Pirelli vai doar 8 mil pneus aos estados onde atua e Feira de Santana será contemplada

O prefeito Colbert Martins informa que a Pirelli está doando 8 mil pneus para os estados onde possui fábrica no Brasil: São Paulo Rio Grande do Sul e Bahia. Para a Bahia devem ser doados 2 mil pneus para veículos diversos não apenas ambulâncias. Um repasse direto será para Feira de Santana e a Prefeitura agradece a este gesto. O prefeito de Feira diz que toda ajuda neste momento é muito bem vinda e as empresas que podem, devem realmente colaborar. A Pirelli já vem ajudando Feira de Santana nesta crise, mas não permitiu divulgação. Colbert vê uma proximidade muito positiva da indústria com o município. A Pirelli custeou a elaboração do Plano de Mobilidade Urbana Sustentável de Feira de Santana. E no ano passado, levou o prefeito da cidade e o secretário de Planejamento a um seminário de nível mundial em Lisboa, com as despesas pagas pela empresa. O evento resultou em contatos comerciais importantes para esta cidade, inclusive no custeio de um projeto na área de tecnologia para o município. A empresa portuguesa GBI S.A está investindo 2 milhões e meio de reais na elaboração deste projeto, que pode dar origem a uma Parceria Público Privada para um grande empreendimento “startap” para Feira e região.

Feira de Santana / 21 de abril de 2020 - 17H 50m

Escolas de Feira de Santana receberam chromebooks

Aulas mais interativas, criativas, estudantes e professores cada vez mais próximos da tecnologia em sala de aula. Para favorecer este cenário, a Secretaria Municipal de Educação acaba de adquirir mil unidades de chromebooks que serão distribuídos entre as escolas da Rede Municipal de Feira de Santana. Nesta quarta-feira, 22, às 15h, 60 professores participam, em modo virtual, da aula inaugural da primeira etapa de formação para estimular o uso do novo recurso. Dentre os 60 profissionais estão coordenadores pedagógicos, gestores escolares e também técnicos da Seduc que, num segundo momento, serão multiplicadores da capacitação intitulada “Chromebook em sala de aula: ampliando o uso da ferramenta Google for Education”. O objetivo do encontro virtual, através de uma ferramenta do próprio Google, é favorecer e estimular a utilização dos chromebooks no ambiente escolar. Eles são aparelhos parecidos aos notebooks, porém, com a especificidade de acessar apenas a “nuvem”. Ou seja, tudo que é produzido e guardado através do equipamento deve estar na Internet. Ao invés de irem até os laboratórios de informática, os estudantes terão contato com o equipamento em sala de aula. Os professores que participam da formação serão orientados sobre as diversas formas interessantes e divertidas de utilizar os chromebooks nas salas de aula. Eles devem aliar as práticas às ferramentas do Google For Education, como o Hangout, Google Earth e o Google Sites, além de diversos outros aplicativos. “A principal vantagem do chromebook é ter tudo salvo na nuvem. Mesmo que professores e estudantes trabalhem nos aplicativos da Google, que são diferentes do Windows, tudo pode ser convertido e acessado facilmente em um notebook ou computador”, destaca Luíza Selis Santana, coordenadora do Núcleo de Tecnologias Aplicadas à Educação da Seduc. A expectativa é que a Rede Municipal de Educação conte com 5 mil equipamentos, com o intuito de atender melhor a todas as escolas. Os chromebooks serão entregues em kits, organizados em armários com rodas que favorecem o transporte entre as turmas da mesma escola. A formação para os 60 professores será totalmente online e terá a duração de três meses. Os encontros serão divididos em duas etapas: a primeira, que é obrigatória, aborda o uso dos equipamentos, explorando conteúdos do G-Suite for Education – um conjunto de ferramentas desenvolvido para que professores e estudantes aprendam e inovem juntos. Já a segunda, que é opcional, será para que os interessados recebam a certificação Google Internacional, com acompanhamento e agendamento individual das avaliações.

Feira de Santana / 20 de abril de 2020 - 08H 41m

Duas mulheres diagnosticadas com Covid-19 em Feira de Santana

A exemplo dos registros da sexta-feira e do sábado, mulheres foram diagnosticadas com coronavírus em Feira de Santana neste domingo, 19. O dia registra mais duas pessoas do sexo feminino que testaram positivo para a Covid 19, uma de 35 e outra de 34 anos de idade. O total de casos confirmados na cidade é 59. As informações são da Secretaria Municipal de Saúde, através da Vigilância Epidemiológica. Nove pessoas que estavam sob suspeita da doença no município receberam o resultado do exame, todos negativos. As altas hospitalares do dia foram duas. Em Feira de Santana, 4 pessoas se encontram em internamento hospitalar, recuperando-se do coronavírus.

Histórico

2019
set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2018
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2017
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2016
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2015
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2014
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2013
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2012
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2011
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2010
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2009
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2008
dez | nov