×

Busca

(902) registro(s) encontrado(s) para a busca: Câmara de Feira
Foguetinhos Velamados / 03 de dezembro de 2019 - 15H 41m

O sujo falando do mal falado

O presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana, José Carneiro (PSDB), fez valer a expressão “o sujo falando do mal lavado” essa semana durante discurso no plenário.  O presidente reclamou do valor do guincho que removeu o carro da esposa que estava estacionado em local proibido. Segundo ele, os R$ 200 cobrados pelo guincho é um valor muito alto. “É uma máquina de fazer dinheiro”, disse.  Carneiro provavelmente deve ter esquecido dos R$ 2 milhões que a gestão dele gasta com limpeza, dos R$ 3 milhões que usa com vale alimentação, dos gastos dispensáveis com diárias, iogurtes, celulares e do reajuste do próprio salário. Ou seja: uma máquina de gastar dinheiro.

Política / 28 de novembro de 2019 - 16H 05m

Irmão de vereadora é preso transportando droga em carro oficial

O carro de uma Câmara Municipal baiana foi apreendido transportando drogas, ao invés de vereadores, nas proximidades da cidade de Remanso. José Freitas de Araújo, o irmão da vereadora Maria Aparecida de Araújo (MDB), e Denilson Sousa Ferreira foram flagrados com 31 gramas de cocaína quando passavam com o carro em um posto de combustível. O carro pertence a Câmara de Vereadores de Casa Nova, cidade do norte da Bahia. Por meio de nota, a Câmara da cidade informou que abriu um processo administrativo para apurar a situação. A previsão é que a conclusão do processo ocorra em até 20 dias. Em 2017, uma denúncia de venda de drogas dentro da Câmara Municipal de Feira de Santana foi feita pelo vereador Ron do Povo (PTC). O assessor de um vereador, que teve sua identidade ocultada, teria oferecido drogas ilícitas a ele dentro das dependências da Casa.  O vereador fez a denúncia durante um discurso, mas o caso acabou em pizza. Clique AQUI e relembre.

Câmara de Feira / 13 de novembro de 2019 - 12H 01m

Mandato ameaçado

O vereador Isaías de Diogo recebeu a indesejada visita de um oficial de justiça durante sessão na Câmara de Vereadores de Feira de Santana. O edil foi intimado pela Justiça Eleitoral, entretanto não quis explicar para imprensa o motivo da notificação. Isaias recentemente mudou de partido, trocou o PSC pelo PDT e por conta disso o suplente Romualdo Vieira da Silva, conhecido como “Bahia do Ônibus” quer assumir a vaga na Câmara baseado na lei de fidelidade partidária.

Política / 08 de novembro de 2019 - 05H 47m

Deputados pedem retomada de obras de duplicação da BR-116

Os deputados João Carlos Bacelar (PL-BA) e Cacá Leão (PP-BA) defenderam nesta quinta-feira (7) a retomada, o mais rápido possível, da duplicação da rodovia BR-116 em Feira de Santana, na Bahia. Segundo eles, essa via é importante para o escoamento da produção e impacta também o trânsito na capital, Salvador. Os trabalhos pararam no final de 2018, quando foram incluídos na lista de obras e serviços com indícios de irregularidades graves. Em setembro, a duplicação desse trecho da BR-116 foi retirada dessa relação por decisão do Congresso Nacional. Em audiência pública na Comissão Mista de Orçamento (CMO), representantes do Tribunal de Contas da União (TCU) e do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) informaram que avançou a discussão para a liberação da obra, que deve atrasar. Parte do trabalho terá de ser refeito. João Carlos Bacelar apresentou fotografias tiradas nesta quinta-feira que mostram trechos prontos para receber o asfalto já cobertos pelo mato. A preparação para drenagem está deteriorada, com bueiros entupidos. “É um absurdo”, disse, ressaltando que, além dos prejuízos para a população, os custos vão aumentar. No ano passado, a duplicação da BR-116 entrou nessa relação por decisão dos integrantes da CMO antes mesmo que o TCU se manifestasse sobre o assunto. Quando o fez, o TCU entendeu que não havia necessidade de interromper a obra. Bacelar sugeriu que, neste ano, a CMO discuta exaustivamente as sugestões para incluir obras e serviços com indícios de irregularidades graves em anexo da proposta orçamentária para 2020 (PLN 22/19), devido aos riscos envolvidos. A CMO realizou a audiência pública a pedido do deputado Filipe Barros (PSL-PR), que é coordenador Comitê de Avaliação das Informações sobre Obras e Serviços com Indícios de Irregularidades (COI), que integra o colegiado. (Agência Câmara)

Brasília / 06 de novembro de 2019 - 15H 28m

Comissão aprova piso salarial de R$ 2,5 mil para professores de escolas particulares

A Comissão de Educação da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (6) projeto que institui piso salarial de R$ 2.557,74 para os professores de educação básica das escolas particulares com formação em nível médio na modalidade normal. O valor será pago para a jornada semanal de trabalho de 40 horas em um mesmo estabelecimento de ensino. O valor será reajustado, na mesma data de referência e no mesmo valor com que for corrigido o piso do magistério público, que foi definido pela Lei 11.738/08. O texto aprovado é o substitutivo do deputado Bacelar (Pode-BA) ao Projeto de Lei 5223/13, do deputado Lincoln Portela (PL-MG). O novo texto ampliou o valor do piso, que na proposta original está em R$ 1.567,00. Bacelar disse que o projeto corrige uma injustiça, já que a lei que criou o piso salarial do magistério restringiu-se a educação pública. “Aqui não se faz qualquer distinção entre profissionais que trabalham no serviço público ou em instituições particulares. Importa que são profissionais do mesmo ofício, de igual e grande relevância, lidando com a mesma complexidade de trabalho”, disse. O projeto tramita em caráter conclusivo e será analisado agora pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ).

Brasília / 24 de outubro de 2019 - 06H 43m

CCJ aprova proposta que permite a policial acumular cargo público

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovou, nesta quarta-feira (23), a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 179/12, do deputado Roberto de Lucena (Pode-SP), que permite a acumulação de cargo de policial federal ou estadual com a de cargo público de professor ou de cargo público privativo de profissionais de saúde. A acumulação desses cargos também será permitida aos guardas municipais, segundo o texto. A Constituição permite, atualmente, a acumulação de dois cargos públicos de professor; de um cargo de professor com outro técnico ou científico; ou de dois cargos ou empregos privativos de profissionais de saúde. Fora essas exceções, a acumulação remunerada de cargos públicos é proibida. O relator, deputado Léo Moraes (Pode-RO), apresentou parecer pela admissibilidade da PEC. Ele também votou pela admissibilidade da proposta que estava apensada (PEC 211/16), que permite a acumulação remunerada de cargos de guarda municipal ou de agente de trânsito com cargo de professor, cargo técnico ou científico, e empregos privativos de profissionais de saúde. Uma comissão especial deverá analisar o tema. Se aprovada, a modificação ainda depende de análise do Plenário.

Feira de Santana / 22 de outubro de 2019 - 16H 47m

Secretaria de Saúde gasta mais de R$ 4 milhões com vale refeição

A prefeitura de Feira de Santana homologou no dia 19 de setembro a contratação da empresa NutriCash para fornecimento de vales refeições. Vencedora do pregão eletrônico 130-2019, a empresa vai fornecer vales no valor de R$ 15,00 (quinze reais) e R$ 5,00 (cinco reais) cada, mais taxa de administração. Segundo consta no Diário Oficial, a contratação visa atender as necessidades das Unidades de Saúde, Policlínicas, Vigilância Epidemiológica, Samu, Caps e a Secretaria Municipal de Saúde. Assinado pela secretária de saúde, Denise Mascarenhas, o contrato tem valor total de R$ 4.015.980,00. Recentemente o Blog do Velame revelou também os gastos da Câmara com vale alimentação que ultrapassam os R$ 2 milhões anuais e que virou alvo de investigação no Ministério Público Estadual. Clique AQUI e relembre.

Câmara de Feira / 22 de outubro de 2019 - 14H 54m

Vereador propõe bustos para Santa e ex-prefeitos

Ao usar a tribuna da Câmara Municipal, o vereador Lulinha da Conceição (DEM) propôs que a confecção de bustos de personalidades que “contribuíram para Feira de Santana” seja incluída no pacote de obras da Prefeitura. Lulinha sugeriu que sejam colocados nas praças e vias públicas os bustos de João Durval, José Falcão, Colbert Martins da Silva, Dival Machado e Maria Quitéria, além do busto da primeira santa brasileira, Dulce dos Pobres. “São pessoas históricas que têm que ficar na lembrança de Feira de Santana, pessoas que trabalharam pelo progresso e pelo desenvolvimento”, explicou.

 

Câmara de Feira / 21 de outubro de 2019 - 17H 17m

Vereador questiona contratação de empresa para combater transporte clandestino

Na sessão ordinária desta segunda-feira (21), na Câmara Muncipal, o vereador Roberto Tourinho (PV), discorreu sobre a licitação realizada, pela Prefeitura de Feira de Santana com o intuito de contratar uma empresa para combater o transporte clandestino no município. Tourinho informou que a licitação no valor de R$ 1, 117 milhão prevê a contratação de 16 seguranças, pelo período de 12 meses. Cada segurança receberá mensalmente R$ 4.644,00, já o salário do supervisor será de R$ 6 mil. “O valor só de pessoal, deste contrato, será R$ 891 mil”, contabilizou. “A prefeitura de Feira de Santana tão só, e, simplesmente, para beneficiar as empresas de transporte coletivo, vai contratar mais uma empresa, além das que já existem, para combater o transporte clandestino. E o BRT?”, indagou. O edil ainda colocou em dúvida o anúncio feito pelo Governo Municipal que o BRT ficará pronto em dezembro de 2019. Segundo ele, em relação as obras dos terminais de embarque e desembarque – que vão compor o Sistema BRT (Bus Rapid Transit) – na avenida Nóide Cerqueira e na avenida Ayrton Sena “muito pouco, ou quase nada foi feito”.

Bahia / 19 de outubro de 2019 - 11H 36m

Governadores do Nordeste repudiam declarações de presidente

Em carta divulgada na noite desta sexta-feira (18), os governadores do Nordeste repudiam as declarações do presidente da República, Jair Bolsonaro, sobre o governador de Pernambuco, Paulo Câmara. Por informar, em peça publicitária, que o Governo de Pernambuco pagará a 13ª parcela do programa Bolsa Família com recursos estaduais, Paulo Câmara foi chamado de “espertalhão” em postagem nas redes sociais de Bolsonaro e acusado de se aproveitar do programa federal. Porém, em Pernambuco, o projeto de pagamento do 13º foi aprovado em novembro de 2018, antes de o presidente assinar a medida provisória que o institui no âmbito federal. Assim, como explicam os governadores no texto, foi o governo pernambucano quem primeiro garantiu o beneficio. Para os gestores do Nordeste, “é profundamente lamentável que a missão confiada ao atual presidente seja transformada em um vergonhoso exercício de grosserias e, neste caso, também na propagação de falsidades”. Além disso, acrescentam os governadores, “o Brasil precisa de seriedade, solidariedade, espírito público e entendimento. O país precisa de reunião de esforços para superar enormes desafios. É fundamental que este compromisso, que todos esperamos ver cumprido pelos gestores públicos, não seja debochadamente ignorado por alguém que deveria ser uma de suas maiores referências”

Feira de Santana / 09 de outubro de 2019 - 14H 17m

Vereador divulgador de fake news recebeu cinco processos nos últimos 15 dias

Atenção advogados desempregados: um vereador de Feira de Santana pode ter oportunidade de trabalho para vocês. Nos últimos 15 dias, Edvaldo Lima (PP) recebeu cinco processos judiciais. Em pronunciamento, o fundamentalista evangélico alegou que está sendo perseguido por conta da sua religião. “Eu recebo esses processos e vejo como a maior perseguição aos cristãos em Feira de Santana. Os processos falam da minha crença, são discriminatórios, tentam calar a minha voz como cristão na Casa da Cidadania”, disse. Segundo ele, todos cinco processos são do mesmo cidadão. “Lucas Correia Lima. Não conheço esse cidadão, mas quem é ele para querer me parar? Eu estou muito nem preparado, pois sou coberto pela autoridade espiritual e alicerçado por mais de cinco mil votos que tive em Feira de Santana. Sou respaldado, as pessoas dizem que sou a voz delas na Câmara Municipal”. O vereador declarou ainda não se intimidar. “Esse grupo não vai calar a minha voz. Eu estou muito tranquilo quanto a isso, a minha fé ninguém remove. Isso acontece, pois barrei cartilha gay, exposição imoral, ideologia de gênero, casamento gay, mas Deus é comigo e eles não conseguirão me parar”, finalizou. Faltou apenas o vereador esclarecer como ele barrou a cartilha gay, se ela nunca existiu e o casamento gay, que foi autorizado e reconhecido pelo Supremo Tribunal Federal. Edvaldo é conhecido por divulgar Fake News na tribuna da Câmara, como no caso em que citou que o ex-deputado Jean Willys queria fazer alterações na bíblia.

Feira de Santana / 07 de outubro de 2019 - 16H 00m

Vereador reclama da falta de organização na eleição para conselheiros tutelares

Durante pronunciamento na sessão ordinária desta segunda-feira (07), na Câmara Municipal, o vereador Roberto Tourinho (PV) reprovou a organização da eleição do Processo de Escolha Unificada dos Conselhos Tutelares do Quadriênio 2020/2023 realizada domingo (06), no Instituto de Educação Gastão Guimarães. “Como cidadão eu compareci, para que também pudesse exercer minha cidadania e escolher pessoas que tivessem compromisso na defesa, no trabalho e na luta do jovem e do adolescente, aqueles em situação de risco e de abandono no município de Feira de Santana. Eu fiquei estarrecido, perplexo com a falta de organização, a maneira desencontrada que foi realizada”, criticou. O parlamentar afirmou que foi, erroneamente, conduzido a duas filas, mas na hora de votar descobriu que seu nome não constava. E acrescentou que muitas pessoas foram embora sem “conseguir votar”. “Um grande número de pessoas abandonando o Colégio Gastão Guimarães, pois não encontravam seus nomes nas respectivas sessões”, contou. “Os organizadores desta eleição pecaram e pecaram feio. Pessoas sem nenhum tipo de preparo para condução daquele processo eleitoral. Não vou aqui falar do que ouvimos em relação a manipulação política daquele processo”, finalizou

Feira de Santana / 01 de outubro de 2019 - 06H 01m

Megaleilão do pré-sal precisa fazer justiça social a estados e municípios, diz Rui em Brasília

Cresce, em Brasília, a expectativa para finalização das discussões sobre a cessão onerosa do pré-sal, com a partilha de recursos entre os entes federados. Nesta segunda-feira (30), o governador Rui Costa esteve na capital federal para levar a posição da Bahia. Governadores e senadores do Nordeste e Norte se reuniram com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, e com o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, para o fim das negociações. Senadores das regiões e líderes partidários também participaram do encontro.

A Câmara deve apreciar agora no mês de outubro a parte da proposta que falta ser votada — a divisão do bônus de assinatura com Estados e Municípios. O percentual a ser arrecadado com o megaleilão do pré-sal, previsto para novembro, é de 15% para estados e de 15% para municípios, descontado a parte da Petrobras. Este é o maior leilão da história do país, em que devem ser arrecadados R$ 106 bilhões.

“Nós pedimos que seja mantido e respeitado o acordo feito em relação à cessão onerosa, inclusive com os valores e a forma de rateio: 15% para estados e 15% para municípios, distribuídos conforme o FPE [Fundo de Participação dos Estados] e o FPM [Fundo de Participação dos Municípios]. Foi esse o combinado e é isso que esperamos que seja cumprido para fazer justiça a todos os brasileiros”, disse Rui.

Parte da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da cessão onerosa já foi promulgada pelo Congresso Nacional na última quinta-feira (26). Com isso, foi dado sinal verde ao governo para a realização do tão esperado megaleilão.

O governo, por meio de Onyx, assegurou nesta reunião que o entendimento do Senado será cumprido. Caso a Câmara vote de modo diferente, foi acordado com os governadores a emissão de uma Medida Provisória (MP) contemplando estados e municípios com o mesmo percentual (15% cada). A MP seria, assim, uma última alternativa.

Após a reunião, Rui postou uma foto nas redes sociais, ao lado do governador Wellington Dias, do Piauí, e escreveu: “sorriso de quem acredita que a luta travada até aqui para distribuição de recursos do megaleilão do pré-sal será justa e para o bem de todos os brasileiros”.

30 de setembro de 2019 - 06H 32m

RenovaBR capacita alunos candidatos da região Nordeste

O RenovaBR selecionou e está capacitando 269 alunos da região Nordeste que desejam entrar para política em 2020. São pessoas comuns que pretendem concorrer às Câmaras Municipais e às Prefeituras. As aulas presenciais aconteceram durante no dia 28 de setembro e servem tanto para quem quer se candidatar a vereador e prefeito como para quem deseja atuar em cargos técnicos. Para capacitar cidadãos, a escola de formação política optou por um modelo de aprendizado online e multiplataforma. O conteúdo é diversificado e a carga horária total é de 96 horas – 24 horas de exercícios e atividades eletivas. Mais de 31 mil pessoas se inscreveram no novo curso de formação do RenovaBR e 1.400 foram selecionadas – neste ano o número de alunos é dez vezes maior que o registrado no primeiro programa de capacitação.  Da Bahia 50 pessoas foram selecionadas. O selecionado de Feira de Santana pelo RenovaBR, o advogado e ex-secretário de saúde Rafael Pinto Cordeiro falou ao Blog do Velame sobre o curso. “A responsabilidade de ser um dos escolhidos para participar do RenovaBr é muito grande, pois trata-se de uma escola de formação de líderes por excelência. O conteúdo das aulas e o assessoramento são fantásticos. ” A prioridade do RenovaBR é capacitar gente disposta a dialogar e que tenha comprometimento ético. O RenovaBR foi fundado em outubro de 2017 e formou 133 lideranças políticas. Desse total, 17 foram eleitas em 2018, inclusive um Senador da República.

Feira de Santana / 19 de setembro de 2019 - 18H 55m

Colbert tem audiência com ministro do Desenvolvimento Regional

Recursos federais para obras da área de mobilidade urbana (especialmente obras de pavimentação) estarão sendo liberados nos próximos dias para Feira de Santana, a partir do Ministério do Desenvolvimento Regional. A garantia foi obtida nesta quinta-feira, 19, pelo prefeito Colbert Martins Filho, em visita a Brasília, onde esteve em audiência com o ministro da pasta, Gustavo Canuto.

“Tivemos uma reunião bastante produtiva, para tratar de algumas pendências importantes na área de mobilidade urbana da nossa cidade. Muito em breve teremos resultados concretos”, disse o prefeito, otimista com a receptividade do ministro.

A viagem do prefeito a capital da República teve também a finalidade de participação em uma sessão solene promovida pela Câmara dos Deputados em homenagem aos 186 anos de emancipação política de Feira de Santana. Além do chefe do Executivo local, estiveram no evento representantes de diversos segmentos da sociedade feirense (comércio, indústria, serviços, etc) e alguns profissionais de comunicação desta cidade.

Política / 19 de setembro de 2019 - 16H 00m

Vergonha alheia em Brasília

A Sessão Solene em homenagem ao aniversário de Feira de Santana, realizada na Câmara Federal, em Brasília, foi bastante concorrida. Pelo menos três dos pré-candidatos a prefeito em 2020 estiveram presentes. O anfitrião, deputado federal Zé Neto (PT) e o prefeito Colbert Filho (MDB) e a deputada Dayane Pimentel (PSL) fizeram parte da mesa. O marido da deputada, Alberto Pimentel, presidente do PSL na Bahia, não foi convidado para compor a mesa, mas ficou em pé o tempo inteiro na frente do plenário buscando ser notado. Pós-evento, o casal Pimentel passou por mais um episódio estilo “vergonha alheia”. Foram vistos almoçando numa famosa churrascaria onde também estava o Ministro da Economia, Paulo Guedes. Entretanto, ao estenderem a mão para cumprimentar o “posto Ypiranga” de Jair Bolsonaro acabaram não correspondidos. A cena constrangedora foi presenciada por diversos conterrâneos do casal presentes no restaurante.

Feira de Santana / 11 de setembro de 2019 - 12H 24m

Ministro garante a Colbert que anel de contorno é prioridade para 2020

A duplicação de mais um trecho do anel rodoviário de Feira de Santana, entre o viaduto próximo ao antigo Clube de Campo Cajueiro e o Complexo Viário Deputado Miraldo Gomes, acesso a BR 116 norte (Feira-Serrinha) é prioridade do Ministério da Infraestrutura para o ano que vem. É o que afirma o próprio titular da pasta, Tarcísio Freitas. A declaração foi dada por ele ao receber em audiência em seu gabinete, em Brasília, o prefeito Colbert Martins Filho e o deputado federal João Roma , na noite de segunda-feira, 9. Acompanharam o prefeito na viagem ao Distrito Federal os presidentes da Associação Comercial, Marcelo Alexandrino, e da Câmara dos Dirigentes Lojistas, Luiz Mercês, que reforçaram os apelos ao ministro, representando os segmentos da economia de Feira de Santana. Já está assegurado no Ministério, para este fim, a quantia de R$ 47,8 milhões. O ministro, o deputado e também o prefeito Colbert Filho trabalham, agora, para buscar mais recursos junto ao Orçamento da União, com o objetivo de ampliar este valor, uma vez que a obra completa deve custar cerca de R$ 120 milhões. “O resultado dessa visita é muito positivo para Feira de Santana, pois conseguimos confirmar um compromisso do ministro com a cidade”, diz o deputado. Segundo ele, esta não é “obra de uma pessoa só”, mas, de sua parte, quer colocar o mandato “junto deste movimento, para ajudar no que estiver ao meu alcance”. O prefeito Colbert Filho lembra que o presidente Jair Bolsonaro, em visita à Bahia para inauguração do aeroporto de Vitória da Conquista, recentemente, comprometeu-se de realizar a obra, mas agora o ministro responsável pelo investimento “não apenas confirma isto, como coloca como uma prioridade, o que para nós, de Feira de Santana, é algo que significa muito”. O chefe do Executivo Municipal considera fundamental o apoio do deputado João Roma neste esforço. “Ele está conosco e terá papel crucial como parlamentar da bancada baiana que quer ajudar a nossa cidade. A duplicação do nosso anel rodoviário é uma das maiores metas da nossa mobilidade urbana, com impacto em toda uma macroregião”.

Feira de Santana / 11 de setembro de 2019 - 09H 49m

Juiz declara suspeição para julgar aumento do salários dos vereadores

O juiz Gustavo Hungria da 2ª Vara de Fazenda Pública de Feira de Santana se declarou impedido de julgar a Ação Popular que questiona a legalidade do aumento do salário dos vereadores, secretários e do prefeito. Proposta pelo advogado Rafael Pinto Cordeiro e pelo empresário Tiago Martins, a ação impetrada em 15 de julho, tem como réu o presidente da Câmara, José Carneiro Rocha. Hungria justifica que no dia 22 de agosto de 2019 recebeu da Câmara de Vereadores, o título de Cidadão de Feira de Santana, que foi uma homenagem proposta por José Carneiro. “Na forma do art. 145, § 1º, do Código de Processo Civil, a fim de afastar qualquer arguição que diga respeito a imparcialidade da Justiça, valor importante e caro à toda sociedade, convém a nossa declaração de suspeição, por motivo de foro íntimo, para que o processo seja processado e julgado em juízo diverso e na melhor forma de direito”, escreveu em sua decisão. Na ocasião da homenagem, o juiz Gustavo Hungria chegou a fazer elogios ao presidente da Casa da Cidadania. “Homem generoso, justo e acolhedor”, disse em seu discurso de agradecimento a José Carneiro. A ação agora deve seguir para a 1ª Vara da Fazenda Pública.

PODCAST / 05 de setembro de 2019 - 15H 03m

Jornalista lança Podcast para abordar política feirense

Abordar a política baiana, especialmente a de Feira de Santana, de uma maneira leve, descontraída, mas não menos analítica. Esta é a ideia principal do Podcast “Para Quem Merece” criado pelo jornalista baiano Rafael Velame. O primeiro episódio da ferramenta foi lançado esta semana e será atualizado todas as quintas-feiras na plataforma de streaming Spotify. “Falar sobre política e da importância que ela exerce no cotidiano sempre foi uma das motivações do meu trabalho. Tornar esse assunto acessível abordando-o com uma linguagem bem humorada, amplia o debate tão necessário no atual cenário político. O Podcast permite fazer uma análise mais aprofundada e o usuário pode escutar quando e onde quiser, no computador, no celular ou no tablet”, explica Rafael.

A Câmara Municipal é o tema do primeiro episódio que passeia pela trajetória da Casa da Cidadania desde a sua instalação. Fatos recentes, a exemplo da aprovação da concessão do título de Cidadão Feirense ao presidente Jair Bolsonaro, são abordados de uma maneira diferente no dispositivo. “Analisar de uma perspectiva distinta e menos óbvia o cenário político local serão a tônica do conteúdo”, avisa o jornalista que é âncora do programa Café das 6, exibido na Rádio Globo e autor do Blog do Velame.

As novidades também alcançam o blog, criado em 2008. Especializado em política, o veículo ganha novo layout, mais clean e adaptável a leitura em qualquer dispositivo. “Fizemos uma reformulação que deixasse a leitura ainda mais simples, principalmente porque a maioria dos leitores acessam através de celular”, finaliza.

Quem desejar baixar o podcast, basta baixar o Spotify ou na seção Podcast do blogdovelame.com

Clique AQUI para ouvir o primeiro episódio. 

Política / 04 de setembro de 2019 - 20H 39m

Eleitores pedem explicação a Dayane Pimentel por voto favorável ao “fundão eleitoral”

Com voto favorável da deputada Dayane Pimentel (PSL), o plenário da Câmara Federal aprovou texto-base de uma proposta que traz novas regras para aplicação e fiscalização do Fundo Partidário. O texto também recria a propaganda partidária na TV, que havia sido extinta para custear as campanhas políticas, autoriza o uso de dinheiro público para pagar advogados de investigados e institui regras mais flexíveis para a contratação de dirigentes partidários. A lei foi apelidada de “lei Lula Livre” por conta da autorização de do uso de dinheiro público para pagamento de advogados. A rede social da deputada foi invadida por eleitores pedindo explicação e ela teve que fazer um video argumentando o voto. “Não votei a favor do fundão nem a favor de advogados de presidiário. Votei a favor da flexibilizarão de alguns pontos”, justificou. A parlamentar disse ainda que o texto pode ser modificado nesta quarta-feira (4), quando serão analisados os destaques e ai sim ela votará não. O projeto passou com o apoio de 263 deputados. Outros 144 votaram contra. (Rafael Velame)

Histórico

2019
set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2018
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2017
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2016
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2015
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2014
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2013
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2012
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2011
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2010
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2009
dez | nov | out | set | ago | jul | jun | mai | abr | mar | fev | jan
2008
dez | nov